02 out 2013

Benjamin usou andador?

por
Gabi Miranda

Bebê, Filhos

Perguntaram-me se Benjamin usou andador e o que eu acho desse acessório. Nunca falei do assunto aqui, mas acho que algumas pessoas só por me conhecerem através do blog já devem saber minha opinião. Se sou chata com a alimentação do Benjamin, imagine quanto a objetos/mecanismos/acessórios que prometem “ajudar” no desenvolvimento dele.

Andar é só mais um ato natural que vai acontecer um dia ou outro na vida dos pequenos. Mas não, queremos fazer com que o nosso filho faça tudo adiantado. Vivemos na era do Meu Filho Fez Primeiro. Colocamos ele sentado cheio de apoios quando ele não pode sentar; colocamos ele em pé forçando suas perninhas quando ele ainda não fica em pé; dizemos que ele falou mamãe quando só soltou seus primeiros sons sonoros “mama”; e colocamos ele no andador para acelerar o aprendizado de andar. Afinal,ele já tem um ano e você não aguenta mais a pergunta se ele Já anda?.

Quando Benjamin engatinhou e emoção e a felicidade tomou conta de todos nós aqui. Era um marco na vida do meu pequeno. Sinal de que em poucas semanas isso se tornaria uma das maiores conquistas naturais do desenvolvimento de uma criança: ANDAR! E quando ele começou a andar a vibração foi maior ainda.

O processo de engatinhar já é algo que envolve toda a ação cognitiva. A criança quer chegar em algum lugar e faz mentalmente um cálculo para alcançar seu objetivo. Para andar a criança aciona vários pontos cerebrais. Basta reparar como acontece. Exige equilíbrio e uma das coisas mais curiosas (e graciosa!) é a criança andar com os braços para cima.

Usar o andador com o intuito de “estimular” ou “acelerar” esse processo só prejudica o desenvolvimento motor da criança e inibi seu comportamento natural e curioso sobre o mundo ao seu redor. Além do mais, o andador oferece vários riscos à segurança dos pequenos. Muitos acidentes são causados pelo uso do andador e os pais nem imaginam. Acidentes graves que levam, inclusive, a traumatismo craniano!!!

Ou seja, só existe prejuízos no uso de tal acessório. No começo desse ano, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), lançou uma campanha para acabar com a comercialização dos andadores. Recentemente, o Inmetro sugeriu a regulamentação e certificação do equipamento. Eu espero, sinceramente, que a SBP lute para a extinção do andador no mercado.

Respondendo a pergunta inicial, não, Benjamin não usou andador. E acho desnecessário.

*

Aqui um texto que gosto muito e que reflete bem a minha opinião sobre o assunto: Porque meus filhos não usaram andador.

compartilhe!

2

comente!

2 respostas para “Benjamin usou andador?”

  1. Vanessa disse:

    Uma forma natural do Bebê aprender a andar com segurança e se divertindo bastante é com o AndaBaby: http://www.andababy.com.br – Veja as fotos, depoimentos e vídeo, você vai gostar.

  2. Isis disse:

    Gabiiiiiiiiiis! Eu voltei!!! Tava com uma saudade de ler os blog dazamiga, escrever, polemizar. Enfim, voltei para o blog antigo mesmo. o/

    E eu tbm acho o uso do andador extremamente desnecessário. Mas a Amelie ganhou um brinquedo que não era bem um andador e que foi maravilhoso no processo dela tomar coragem para andar sozinha. Era quase como isso aqui: http://www.fisher-price.com/pt_BR/brands/babytoys/products/55920
    mas era um dinossauro. Ela só segurava e saia andando. E eu achei bem útil, porque ela tinha que fazer força, andar com as perninhas e manter o equilíbrio. =)

    Um grande beijo.

    E eu Volteiiiii hahahahahahahahaha

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.