25 abr 2017

Canal no Youtube e mais coisas sobre mim

por
Gabi Miranda

Entretenimento, Maternidade

Eis que a pessoa tomou coragem e lançou o canal no Youtube. Mas posso falar? Tá horrível! Não consigo me soltar, tô travada e pra ajudar o negócio tá bem caseiro. Por que estou lançando hoje? Porque é meu aniversário e achei que o tema Tag 36 coisas sobre mim cairia como uma luva já que estou completando 36 aninhos. Mas acontece que eu não treinei antes, respondi as perguntas tudo na hora e com medo do vídeo ficar longo, fui respondendo com a primeira coisa que me vinha à cabeça. O vídeo ficou longo do mesmo jeito, Rá! Poxa, mas aqui é vida real! Acho que vale uma passada lá pra confirmar o que digo e só pra dar um apoio moral para essa humilde blogueira. E como sou definitivamente péssima em frente às câmeras, resolvi fazer o que acredito fazer melhor: escrever. Ao invés de 36 coisas, pro texto também não ficar longo, vou dizer 10 coisas sobre mim que não foram ditas no vídeo.

  1. Não dou conta de tudo

    Muita gente me pergunta como consigo trabalhar fora, cuidar dos filhos, da casa, marido, de mim e ainda manter o blog. A verdade é que não dou conta de tudo e está tudo ok. Claro que já me martirizei por um longo tempo por causa disso, mas agora já me resolvi. Não dá pra tentar ser a mulher maravilha. Vivo num aprendizado constante para focar no que é mais importante pra mim e minha família.

  2. Meu tamanho de roupa é 36/38

    Ganhei da minha sogra, de presente de aniversário, uma calça linda. Quando experimentei veio a decepção, a calça não serviu, ficou larga. Seu número: 38. Comentando com uma amiga, ela falou “Gabi, vai se ferrar, mãe de dois filhos e precisa ser 36 a calça! Não quero mais falar com você, com essa sua magreza”. Rimos divertidamente. A minha realidade é essa, completo hoje 36 anos e uso 36. Antes da Stella eu usava 38, mas agora estou flutuando entre um número e outro, depende do modelo da roupa. Eu não faço nada, nem correr tô correndo (ops, voltei ontem, dia 24). A natureza me favorece. Obrigada, natureza! 😉

  3. Sou espirituosa

    A mesma amiga citada acima, me viu escrevendo esse texto e falou “ah, não, você tem que falar o quanto você é espirituosa“. Sinceramente, não me acho.  Mas gostei tanto do elogio – sinal de que alguém no mundo enxerga isso em mim – que achei válido colocar aqui.

  4. A maior perda que tive

    Foi quando perdi minha mãe. Isso ainda é muito forte na minha vida e não tem um dia sequer que não pense nisso. Tem gente que me pergunta “mas como você consegue lidar e parecer sempre bem?“. Bom, outro dia li uma frase e acho que ela define bem como vivo:

    Vive mais quem suporta a dor, com o sorriso estampando a fé da vida.
    (Debbie Villela)
    .

  5. Sou uma pessoa solar

    Tenho uma amiga que me deu um dos apelidos mais fofos da vida “pessoal Sol“. Amo Sol, assim como amo meus filhos. Não consigo viver sem. E sou insuportavelmente feliz nos dias de Sol.

  6. Nem sempre fui alto astral

    Acho que me tornei alto astral na vida adulta. Mais precisamente após o nascimento do Benjamin. Antes eu era mal-humorada, principalmente pela manhã. Aliás, eu odiava acordar cedo e precisava  de pelo menos uma hora quieta sem falar com ninguém. Hoje sou super alto astral e é difícil me ver pra baixo.

  7. Estou sempre lendo algum livro

    Antes de ser mãe eu lia muito mais que hoje em dia. Depois de um longo tempo de adaptação, voltei com o hábito da leitura e estou num ritmo bom para quem tem dois filhos. Na minha bolsa sempre tem um livro. Mas eu vivo com a sensação de que por mais que eu leia, ainda não conseguirei consumir tanto conhecimento e serei só um pontinho no mundo.

  8. Não sinto inveja

    Outro dia comentei isso no instagram (minha rede social preferida). Sou tão preocupada e ocupada com a minha vida que eu nem olho pro lado. E pra sentir inveja você precisa estar preocupado e antenado com a vida o outro, né? Já tenho tudo o que preciso para viver e ser feliz. E sou sinceramente grata por isso. Não preciso cobiçar o que o outro tem. Por isso que, na maioria das vezes, sou a última a saber de algum acontecimento, porque não dou a mínima para o que o outro está fazendo. O bom mesmo é alegrar-se com a conquista dos outros. Porque se o outro está ocupado em ser feliz, não tem tempo para falar da sua vida. Eu vivo ocupada sendo feliz!

  9. Música

    Gosto de MPB e tenho várias que aquecem meu coração. A do momento é “Trem Bala“, da Ana Vilela. Tem uma outra que tenho escutado bastante, chama Dia a Dia, Lado a Lado, da Tulipa Ruiz. E eu fiquei semanas escutando a trilha sonora da La La Land e ainda não enjoei. É difícil escolher uma música só… amo vários músicos, desde Elis Regina a Marcelo Jeneci. Tenho músicas para cada fase e história da vida. Aliás, uma que marcou minha vida é “Felicidade”, do Marcelo Jeneci.

  10. Sobre o meu Canal no Youtube (Gabis Miranda)

    Esse é um grande desafio pra mim! Daqueles cabeludos. Gente, sou tímida, embora não pareça. E tenho sérias dificuldades em frente à câmera. Sempre quis ser jornalista e sonhava em um dia apresentar um telejornal. Até que cheguei na faculdade. No primeiro dia de aula de TV, o professor propôs um exercício e levou toda turma para o estúdio. Íamos apresentar um jornal. Tinha tudo, bancada, teleprompter e os colegas como expectadores. Quando me instalei na bancada e me vi ali contracenando um sonho, congelei. Não ouvia nada e não conseguia falar nada. Quando dei por mim, saí correndo feito uma louca.

    Não fiz o exercício da aula de Televisão. Nenhuma outra vez durante os 4 anos de curso. Juro, foi um trauma na minha vida.

Tenho dificuldade com as câmeras e resolvi romper essa barreira. O primeiro vídeo do canal está lá. Não gostei 100% do resultado, porque ficou longo, porque não sei ainda mexer com edições (e aí tenho que alugar o maridão). MAAAAssss não vou desistir. Pelo contrário, coloquei ainda outro desafio! Se o Canal chegar a 50 inscritos, volto com o vídeo para finalizar a proposta original da Tag que é responder 50 tags sobre mim. Ou seja, volto pra gravar mais 14 curiosidades. Tem vários assuntos pipocando aqui nessa cachola e prometo que os vídeos terão tempo menor que o de hoje.

Então é isso, esse post é para convidar você caro leitor(a) para conhecer meu canal. Se gostar, é só seguir e curtir. Vem, gente! 😉

 

compartilhe!

10

comente!

10 respostas para “Canal no Youtube e mais coisas sobre mim”

  1. […] oportunidade veio também de encontro com um dos desafios que decidi enfrentar esse ano. Que envolve a questão de encarar as câmeras, falar em público, e até autoaceitação… […]

  2. Gabi! Adorei a iniciativa, confesso que sou mais travada que você (risos) Parabéns pelo canal! Beijo!

    • http://bossamae.com.br/novo/wp-content/themes/bossa-mae/img/img-coment.png Gabi Miranda disse:

      Ainnnn que bom que gostou. To atrasada com o próximo. Bati a meta de 50 inscritos, agora tenho que cumprir o prometido né? rs
      Super beijo

  3. OI Gabi, adorei saber mais sobre você. Eu até nem sou tão travada em frente às câmeras, mas não gosto muito de vídeo. Sou mega resistente a fazer um canal no Youtube, apesar de saber que essa é a ferramente mais poderosa das redes sociais. Sabe que quando a Sofia era pequena eu fazia uns vídeos contando histórias para ela. Mas coisa bem caseira mesmo, sem produção alguma. Do jeito que a gente estava na hora. Descabelada, de roupa de ficar em casa, coisa assim. Eu colocava os vídeos no Youtube para guardá-los simplesmente. Aí começou a ter tanta, mas tanta visualização que eu cismei que tinha parado em algum site de pedofilia, sei lá. Fui lá e coloquei tudo privado. Isso foi há 8 anos. Hoje me arrependo. Mas de qualquer forma ainda não me empolguei em voltar para o Youtube. Quem sabe eu me animo.
    beijos
    Chris

  4. Sucesso no canal!
    Muitas coisas sobre você que eu não sabia.

  5. Oba!!! Já me inscrevi e fiquei feliz em saber que poderei te ver em mais um canal 🙂
    Sucesso com o YouTube e super parabéns pelos 36!

    • http://bossamae.com.br/novo/wp-content/themes/bossa-mae/img/img-coment.png Gabi Miranda disse:

      Siiiiim, não sei nem se vou dar conta, Tá. Eu só invento pra minha vida. rs
      Obrigada pelo carinho de sempre e nos vemos em todos esses canais.
      Super beijoooo

  6. Gabis primeiro parabéns pelos 36 anos, depois pela coragem kkkk de criar o canal, acredito que logo os vídeos ficaram mais soltos o começo deve ser difícil (por isso não gravo, meu nome é Michele sobrenome Vergonha kkk)
    Adorei a tag … E torcendo pra chegar na quantidade de inscritos para gravar do 37 ate 50 coisas sobre você.

    Bjs Mi Gobbato

    • http://bossamae.com.br/novo/wp-content/themes/bossa-mae/img/img-coment.png Gabi Miranda disse:

      Obrigadaaaaaaaaaaa!Muda esse nome aí e tira o Vergonha dele. Bora, vamos nessa, começamos juntas e vai ficando menos difícil.
      Ó chegou na quantidade de inscritos no dia seguinte. Imagina minha alegria. Espero que cresça mais. rs
      Super beijo

Comente!