11 ago 2017

Vantagens da BabyTub

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Filhos, Saúde, Sono

Conheça algumas vantagens da BabyTub

A BabyTub é uma banheira terapêutica elaborada especialmente para bebês recém-nascidos e um modelo exclusivo para crianças até 4 anos. O banho na banheira BabyTub remete ao útero, um lugar aconchegante, quentinho e seguro. Por isso, os banhos se tornam tranquilos, relaxantes e um verdadeiro calmante para os bebês, inclusive para as crianças maiores quando usam o ofurô. É permitido usá-lo desde o primeiro dia de vida do bebê.

Aqui em casa estamos usando muito o modelo ôfuro, indicado para crianças de 1 a 4 anos. Ele possui um assento ergonômico que promove mais segurança para os pequenos e um formato interno anatômico que ajusta à coluna do bebê. Desde que recebemos esse produto, os banhos tem sido mais divertidos. E esse modelo da BabyTub tem sido muito aproveitada pela Stella, 2 anos e Benjamin, 6. Normalmente, dou banho nos dois aproveitando a mesma água. Primeiro a Stella, depois o Ben. Gosto da ideia de ter um ralinho, que possibilita abrirmos para esvaziar o ofurô.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

02 ago 2017

Como doar leite materno

por
Gabi Miranda

Bebê, Desenvolvimento, Destaque, Filhos, Saúde

doar leite materno

Se tem uma coisa incrível na maternidade, é o fato de gerar uma vida e também produzir o alimento para este novo ser. Por isso, super apoio qualquer causa que incentive a amamentação. Toda mãe pode alimentar seu filho, mas acho que faltam ações de incentivo, encorajamento e informação. Usamos o mês de agosto para conscientizar sobre a importância do aleitamento materno, mas acho que isso deveria ser feito sempre, do momento que pegamos nosso filho pela primeira vez no colo na maternidade. Quantas pessoas já ouvi falar que não tiveram orientações sobre como amamentar seu bebê. Sim, mães precisam de orientação para amamentar, sendo primeiro ou segundo filho. Assim, como precisamos de orientação de como doar leite materno. Esse é o assunto que quero abordar aqui. O leite materno também pode salvar vidas..

Se amamentar é um ato de amor, doar leite materno é um ato de amor multiplicado por generosidade e empatia. Segundo o Portal do Governo de São Paulo, existem na cidade, 50 bancos que recebem doação de leite. Diz ainda que esses bancos de leite oferecem serviços de busca em domicílio e disponibilizam um kit para garantir a qualidade do leite doado. O Brasil, possui a maior rede de bancos de leite do mundo, reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

10 jul 2017

Como fazer o bebê pegar a mamadeira

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Filhos

pegar mamadeira

Eu tinha muita resistência de fazer post sobre dicas. Esse blog nasceu com o intuito de compartilhar histórias. As nossas histórias. Com o tempo as leitoras começaram a me mandar perguntas de como eu fazia tal coisa e quando vi estava aqui dando alguma dica. Esse post inclusive, nasce de um pedido de uma leitora. Ela me procurou me pedindo uma dica para fazer seu bebê pegar a mamadeira.

Eu sou super a favor do aleitamento materno. E quem me acompanha aqui sabe o quanto eu sofri quando desmamei a Stella aos 5 meses. Vários fatores contribuem para uma mãe desmamar seu bebê muito cedo. E no meu caso, além de ter diminuído muito minha quantidade de leite, voltei a trabalhar nessa mesma época. No caso dessa leitora, o filho dela está com 1 ano e 3 meses e ela não pretende desmamá-lo, mas está muito exausta e precisa de ajuda para equilibrar a situação. Ela quer continuar oferecendo seu leite, só que na mamadeira.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

28 jun 2017

Como lidar com a criança que morde?

Dizem que faz parte do desenvolvimento, mas o que fazer com a criança que morde?

 

criança que morde

Lembro até hoje da primeira vez em que o Benjamin chegou mordido da escola. Foi uma das sensações mais ruins dessa tal maternidade. E na outra semana ele voltou com outra mordida. E depois outra. Até que eu briguei com a escola. Eles tinham que tomar alguma medida junto aos pais da criança que morde. Como resposta veio, pela primeira vez, que ele havia mordido o coleguinha.

É muito desagradável quando é o seu filho a criança que morde. Até que um dia o menino me mordeu e eu, por reação, o mordi de volta. Na teoria, é claro que não se deve responder com a mesma moeda. O fato é que o menino nunca mais mordeu ninguém.

Esse comportamento é comum entre as crianças de 1  a 3 anos. Mas não podemos deixar que isso vire um hábito como se fosse algo normal. É nossa tarefa ensinar nossos filhos a se comportarem de maneira aceitável, ninguém pode sair por aí batendo ou mordendo as pessoas.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

07 jun 2017

Quando está na hora do desfralde?

por
Gabi Miranda

Bebê, Desenvolvimento, Destaque

Dúvida comum entre as mamães: quando chega a hora do desfralde?

.

Recebemos dois bilhetes da escola da Stella indicando que estava na hora do desfralde dela. O primeiro eu fingi que não vi (quem nunca?) e o segundo eu não pude mais evitar. Lembro até hoje quando recebi o bilhete falando da hora do desfralde do Benjamin. Essa é uma notícia que chega inesperadamente, pega a gente de surpresa. O bebê cresceu!

Já me peguei ansiosa pensando no desenvolvimento infantil das crianças, mas para a hora do desfralde nunca tive pressa nenhuma. Com o Benjamin foi um processo muito tranquilo que correu sem pressa e muito bem quando iniciamos.

Embora a escola acredite que Stella esteja preparada, eu não tenho muita convicção. Stella já avisa há algum tempo que fez cocô, mas não acho que esse indício seja o suficiente para concluirmos que é a hora do desfralde e que ela está pronta para passar por esse processo. Não sou especialista no assunto, mas tenho um case de sucesso com o Benjamin e quais foram os sinais que me fizeram ter certeza que era a hora do desfralde dele?
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

29 maio 2017

Penteados infantis para meninas

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Filhos

Sempre sonhei em ter uma menina, mas juro que nunca pensei no trabalho que dá arrumar uma menina pra sair de casa. Meninos são muito mais simples. Meninas poderiam ser também, se a mãe não inventasse tanto. E eu sou dessas. Uma das coisas que tenho descoberto são os penteados infantis e adoro fazer na Stella antes de sair.

Acontece que ela não para quieta e aí tenho sempre que estar inventando algo para convencê-la a me deixar penteá-la. Até agora, duas formas deram certo. 1. Levá-la pra frente do espelho e mostrar que arrumaríamos o cabelo dela. Mas passei a achar isso meio narcisista. Sem contar que logo ela começa a ficar inquieta e brava. 2. Pentear o cabelo dela com ela penteando o do Benjamin. Essa tática é a que mais dá certo aqui em casa, mas coitado do Ben. Hihihi

Dessa forma, tenho conseguido fazer alguns penteados infantis na Stella, mas claro, tô longe de ser expert no assunto. As tias da escola são graduadas nisso e fazem penteados infantis lindinhos na pequena. Com elas que aprendo um pouquinho. Precisa de muito talento pra isso. Eu me esforço.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

24 maio 2017

Seu filho acorda no meio da noite?

por
Gabi Miranda

Bebê, Filhos, Saúde, Sono

filho acorda

O sonho de toda mãe e pai, é proporcionar ao seu filho noites de sono tranquilo. Quem dera se bastasse colocar a criança na cama no horário certo e ela dormisse direto até o dia seguinte, desde o primeiro dia de vida. Alguns pais tem essa sorte. Já outros não. Eles se perguntam: por que meu filho acorda no meio da noite?

Seu filho pode acordar no meio da noite por vários motivos. Pode estar com fome, sentir calor ou frio, pode ter tido um sonho ruim, pode ter tido um dia agitado e isso atrapalha a qualidade de sono durante a noite. É preciso investigar o motivo. E não existe receita pronta para solucionar esse problema. Mas pode sim ser solucionado.

Desesperados, alguns pais acabam se comparando com outras famílias ou até aceitando os conselhos e técnicas que para essas famílias deram certo. A verdade é que o que deu certo para uma criança, pode não dar para sua. Cada situação deve ser avaliada individualmente. E aí entra o serviço de consultoria do sono materno-infantil. Um atendimento personalizado em que o especialista em sono avalia a rotina atual da família e da criança, identifica os fatores que estão impedindo a criança de dormir melhor, orienta os pais sobre como funciona o sono, o que é comum e o que não é, monta um plano de sono e orienta esses pais sobre o que fazer em casa.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

19 maio 2017

Seu leite pode salvar vidas

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Filhos, Maternidade

A Baby Dove lançou na semana passada uma campanha em defesa da doação de leite materno, “Seu leite pode salvar vidas“. O projeto é realizado em parceria com o Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros e com a Uber, incentiva mulheres a doarem leite maternos e sensibiliza a sociedade sobre a importância da doação.

Seu leite pode salvar vidas

O fato é que poucas pessoas conhecem a função dos bancos de leite. E poucas sabem que o leite humano é mundialmente aceito como a primeira fonte de nutrição, sendo um importante alimento para frear a taxa de mortalidade e ajudar a salvar a vida de bebês prematuros.

O objetivo da campanha “Seu leite pode salvar vidas” é sensibilizar e inspirar através de uma mensagem positiva para aumentar o número de mães que doam leite materno, contribuindo assim para salvar a vida de milhares de bebês prematuros no país.

Desde seu nascimento, em 2014, a marca Baby Dove fala da ansiedade vivida pelas mães ao terem seu primeiro filho, causada pela pressão de serem ‘mães perfeitas’. E acredita que as mães que conseguem se libertar dessas pressões e confiam em sua intuição e em sua forma de cuidar de seus filhos, são mais felizes e seguras.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

17 maio 2017

Dica: como tirar o hábito da chupeta

por
Gabi Miranda

Bebê, Comportamento, Filhos

como tirar o hábito da chupeta

Chupeta é daqueles acessórios que tentamos evitar, mas ao primeiro choro desesperador do bebê, é o primeiro item que nos vem à cabeça. A gente até tenta fugir, mas acabamos usando para acalmar o bebê. Às vezes o bebê não aceita e a gente insiste. Foi o que aconteceu aqui em casa. Stella recusava e eu empurrava o treco até que um dia ela pegou. Não sou contra chupeta, acho que ajuda em muitas ocasiões. Todo bebê tem necessidade de sucção, recurso que o acalma, gera um sentimento de prazer e segurança. A chupeta é uma forma de estimulação oral e de relaxamento.

Leia também: chupeta, use com moderação

.
Defendo o uso moderado da chupeta e de qualquer outro acessório que possa tornar o bebê dependente, pois, quando retirado, pode causar alguma sensação de angústia ao bebê. Além disso, chega um determinado período em que a chupeta se torna prejudicial à formação bucal da criança. Segundo a odonto da nossa família, o uso da chupeta começa a ser prejudicial para a arca dentária a partir dos dois anos de idade.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

tags: , ,

12 abr 2017

A mãe dedicada

Não basta ser a mãe dedicada, você também tem que seguir tudo do jeito que os outros falam

 

a mãe dedicada

O bebê nasce e ao nosso lado estão avós, vizinhos, tias, médicos, enfermeiras, todo mundo palpitando em como você deve cuidar do seu filho. A criança cresce mais um pouquinho e sempre tem um palpiteiro de plantão dizendo “ah, ela tá com fome”. “está com sono”. “coloca ela pra dormir”. “essas crianças não saem de frente da televisão”. “ixi, o nariz está escorrendo, ele está ficando gripado”. “compra comida pra essa criança”. “essa criança vai ficar mal acostumada” e blá blá blá. Claro, as pessoas tem a melhor intenção do mundo! Parece que a mãe é que não tem.

É sempre mais fácil alguém apontar o dedo do que levar seu filho mais velho para passear, enquanto você fica com o recém-nascido. Ou palpitar em como você deveria cuidar melhor dos seus filhos, quando poderiam oferecer-lhe ajuda. Há algo que as pessoas não se dão conta! Mães, de primeira viagem ou não, sabem cuidar de seus filhos e o fazem muito bem. Porque a mãe se dedica a essa tarefa. Ela se prepara durante 9 meses e quando seu filho chega em seus braços, a mãe está pronta, embora não pareça, para dedicar-se à missão que tem pela frente.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

Página 1 de 10123456...Última