13 set 2017

Sexo no casamento (com filhos)

por
Gabi Miranda

Casamento, Destaque, Maternidade

sexo no casamento

Como vai o sexo no casamento com filhos? É o que faltam perguntar naquela lista infindável de perguntas quando se tem um relacionamento. Sabe aquelas perguntinhas? Quando vocês casam? Quando chega o primeiro filho? E aí, vai ter o segundo? Então… As pessoas também ficam curiosas para saber como anda o sexo no casamento alheio. As que são solteiras, querem saber para se certificar se o sexo muda mesmo após o casamento ou não. As que já são casadas, querem saber se só elas estão fora daquela famosa média brasileira de sexo 3 vezes por semana.

Você não faz sexo 3 vezes por semana? Nem duas? Tem semana que passa em branco?! Deixa eu te contar uma coisa, acontece na maioria dos casamentos com filhos e tá tudo bem. Um estudo feito pela Universidade de Chicago em 2012 revelou que 15% dos casais estão entre dois e seis meses sem sexo. E o cansaço é uma das maiores queixas. Atualmente exige-se demais do casal. Eles tem que ser ótimos pais, esposa(o), profissionais, cuidar da casa, acordar de madrugada para atender a criança que acordou berrando de um pesadelo e ainda fazer sexo diariamente. São tarefas domésticas, maternas, profissionais…  E não basta ser sexo. Tem que ser O SEXO. E como fazer sexo com qualidade estando exausto? Porque nessa área, acredito que a qualidade seja tão mais importante do que a quantidade. Não?!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

tags: ,

16 ago 2017

Como ser feliz no casamento com filhos

por
Gabi Miranda

Casamento, Destaque, Maternidade

Tenho pensado muito na relação do casal após os filhos. Como ser feliz no casamento quando se tem filhos. Penso, penso, penso e tento tomar cuidado para não cair na expressão que a maioria das pessoas afirmam: filhos estragam o casamento. A vida do casal muda completamente com a chegada dos filhos, mas dizer que filhos estragam o casamento é um tanto injusto. Com eles. A verdade é que quando temos filhos, a atenção acaba voltada para os filhos. Um perigo. O casal deixa de ser homem e mulher, para serem pai e mãe das crianças. Esquecemos de desempenhar junto os dois papeis: o de esposa (o) e pais.

Leia também: Como harmonizar maternidade com a vida sexual

Muitas pessoas comentam que acham incrível a minha relação com o marido. Nas redes sociais é tudo lindo! Eu não contei a vez que surtei esse ano e pela primeira vez saí de casa com mala e cuia. Era um domingo, estava fazendo almoço, Stella pendurada no meu pé chorando e pedindo colo. Até aquele dia, era sempre assim quando eu ia pra cozinha. Eu ficava brava porque acho a cozinha perigosa quando se tem fogão ligado, porque achava que não podia contar com a colaboração do marido. E ele pronunciou que eu sempre estragava o final de semana. Estourou uma linha tênue no meu cérebro e no coração. Já que eu sempre estragava o final de semana deles, não fazia sentido eu estar ali. Foi esse o raciocínio que me fez tomar a decisão de sair de casa.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

04 fev 2015

Como harmonizar maternidade com a vida sexual de forma segura

por
Gabi Miranda

Casamento, Entrevista, Maternidade

vida sexual

Desde que o mundo é mundo (ou é coisa da mulher pós-moderna?!) nós mulheres sabemos que após o pós-parto, entramos numa verdadeira crise sobre nosso papel entre ser mãe e mulher. Com a chegada do bebê, nos vemos diante de uma nova vida e diferentes descobertas. Nosso corpo está modificado, os hormônios à flor da pele. Vivemos concentradas em função do bebê, um ser dependente de nós para tudo – das necessidades mais básicas à alimentação. Vivemos a experiência da amamentação. Ganhamos um aumento da ocitocina, hormônio que produz o vínculo afetivo com o bebê e que inibe o desejo sexual pelo parceiro. A vida sexual fica um gelo. É tudo conflitante, mas não é o fim do mundo, é natural sentirmos tudo isso.

Fui a campo para entender melhor todas essas transformações e como harmonizar a vida sexual. Conversei com o Dr. Eliano Pellini, ginecologista, chefe do Setor de Saúde e Medicina Sexual da Faculdade de Medicina do ABC Paulista, que destacou três componentes hormonais que entram em ação no pós-parto e favorecem todas essas alterações físicas e emocionais que nos arrebatam. São eles: 1) a queda do hormônio feminino após a saída da placenta. Isso faz com que a vagina fique ressecada, promovendo a redução da receptividade feminina, ocasionando a diminuição do interesse pelo parceiro – fato comum também na menopausa; 2) o aumento da prolactina, hormônio produtor de leite, altamente inibidor da sexualidade; 3) a queda da serotonina, responsável pelos quadros depressivos pós-parto. Sintoma que nem toda mulher apresenta, mas que existe e é comum.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

26 mar 2012

Reserve um tempo para você e seu marido

por
Gabi Miranda

Casamento, Maternidade

Sabemos que depois do nascimento dos filhos fica complicado arrumar um tempo para o casal, mas isso é algo tão importante quanto respirar. Se não cuidamos da relação, ela desanda e sabemos onde vai parar. A chegada dos filhos altera toda a vida de casal. Deixamos de ser dois para sermos três (às vezes quatro…), sendo que a terceira pessoa exige de nós necessidades completamente diferentes, principalmente, rotina.

Acho que fica mais difícil o casal sair quando o filho ainda é um bebê. Ok, mais difícil pra mãe que fica pensando mil e uma coisas, além da culpa que sente em deixá-lo para ir se divertir. A primeira vez que eu e o Marido saímos, o Ben tinha um pouco mais de três meses. Deixamos tudo pronto e tínhamos três horas para voltar, ele ainda mamava no peito e eu fazia questão de cumprir isso. Bem antes do tempo estimado, Benjamin que não é de chorar, abriu o berreiro. Fizemos o caminho da festa até minha casa, ligando a cada um minuto e meio pra minha mãe – que estava cuidando dele. Ai foi horrível, do celular eu ouvia o choro dele e me sentia a PIOR mãe do mundo. Depois desse episódio traumatizante não saímos mais. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!