17 abr 2017

Nossa Páscoa no Pico do Jaraguá

por
Gabi Miranda

Destaque, Entretenimento, Família

Normalmente, estamos viajando no feriado de Páscoa, mas esse ano decidimos ficar em casa em todos os feriados do mês de abril. O nome disso: contenção de custos. Rá! E foi a melhor decisão que tomamos. Curtimos nossa casa, nossa família, tudo em meio a muita paz de espírito. Na sexta ficamos em casa. Sábado oferecemos um almoço para nossa família. Foi o primeiro almoço de Páscoa que realizamos em casa, no qual reunimos minha irmã e meus sogros. Foi um dia tranquilo e sereno. No domingo, acordamos  e estava um desses lindos dias de sol que amo. Sem nada combinado, resolvemos fazer um passeio no Pico do Jaraguá.

Pico do Jaraguá

Nunca tínhamos ido ao Pico do Jaraguá e esse lugar estava numa lista antiga de passeios que desejava fazer, quando a Stella nem existia. É conhecido como o ponto mais alto da cidade de São Paulo e oferece uma maravilhosa vista da capital. Achei uma mistura de Floresta da Tijuca com Pão de Açúcar, só que paulistano.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

tags: , ,

13 jan 2017

Dicas para evitar picadas de insetos

por
Gabi Miranda

Destaque, Família, Maternidade, Produtos

picadas de insetos

Chegou o verão e com ele os indesejáveis mosquitos. O Brasil, por ser um país tropical, vive num clima quente e úmido, o que favorece a multiplicação de insetos. Como sabemos, muitos mosquitos são transmissores de doenças graves. Entre eles, o famoso Aedes aegypti, conhecido por transmitir: dengue, Zika, chikungunya e febre amarela. Chega essa época, ficamos atentos para evitar picadas de insetos.

Veja como se proteger do Zika Vírus

.

Essa é uma época em que devemos redobrar os cuidados, principalmente nas viagens. Tive conhecimento, através do Guia do viajante da Dra. Ana Escobar, de outros mosquitos transmissores. São eles:

Anopheles: transmissor da malária. Ele vive especialmente em áreas próximas de rios e lagoas. É encontrado nos seguintes estados do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. É um mosquito que tem hábitos noturnos.

Barbeiro: nome popular do inseto que transmite a Doença de Chagas. Está presente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A Doença de Chagas é causada por um parasita, chamado Trypanosoma cruzi, que penetra no “barbeiro”, seu agente transmissor, quando este pica pessoas ou animais contaminados. O barbeiro tem hábitos noturnos. E normalmente picam o rosto das pessoas. Daí seu apelido: barbeiro. Após a picada, defecam no local, fazendo com que as pessoas se cocem. Nessa hora, o Trypanosoma penetra na pele e atinge a circulação sanguínea.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

05 dez 2016

Ensaio fotográfico de Natal cheio de bossa

Ensaio fotográfico de Natal da Família Bossa Mãe

ensaio fotográfico de natal-bossa-mãe

Sempre gostei de Natal, mas convenhamos que ao longo dos anos essa data vai perdendo o sentido lúdico. Primeiro porque vamos crescendo e nos transformando. Segundo porque a vida vai tomando outros rumos, mudanças, perdas e ganhos. Para não endurecermos, vem a vida e nos presenteia com filhos. Ah… nada melhor que a vida com filhos! Para nos trazer de volta um olhar genuíno para as coisas simples, para fazer dessa época do ano continuar sendo mágica.

E para deixar marcado essa data, resolvemos fazer um ensaio fotográfico de Natal. Ao abrir as fotos, meu coração ficou submerso de emoção. A gente ainda não tinha feito fotos assim com a Stella maiorzinha e o resultado ficou lindo! O responsável por esse trabalho é o fotógrafo Ricardo, do estúdio Fermera Fotografia, de Santo André/SP.

Foi super difícil escolher as fotos para ilustrar esse post. Eu queria postar todas, mas resisti e fiz uma seleção (ficou um monte de fotos do mesmo jeito, rs). Enquanto eu passava de uma foto para outra, ficava embasbacada com o que o Ricardo conseguiu captar das crianças e da nossa família. O olhar da Stella, um gesto do Benjamin demonstrando o afeto dele pela irmã, nossos sorrisos sinceros e legítimos, nossa família cheia de amor. Estou apaixonada!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

09 nov 2016

Das coisas sem explicação

por
Gabi Miranda

Família, Maternidade

Nem tudo nessa vida tem explicação. Mas tudo faz algum sentido.

 

explicação

Feriado de Finados. Acordei, tomei banho e sentei com a família na sala. Foi quando marido pediu ao Benjamin para falar pra mamãe aonde ele disse que queria ir. Benjamin disse mais cedo pro pai que queria ver a vovó Salete. O pai seguiu com a história que sempre alimentamos desde que ela se foi. Ela agora é uma estrela no céu. Para minha surpresa, Benjamin disse que queria ir vê-la naquele lugar com gramado e com a plaquinha com o nome dela. Pedido mais sem explicação.

Fiquei um pouco impressionada e emocionada com o pedido inesperado e sem explicação. Parece que um dia antes, Benjamin e os amigos da escola conversaram sobre isso. Fiquei surpresa com o pedido dele. Eu nem fazia ligação do feriado de finados. Aliás, minha mãe dizia que precisávamos agradecer os entes queridos e antepassados. Mas nunca a vi ir num cemitério levar flores.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

20 out 2016

Os melhores momentos no Pratagy Beach Resort

por
Gabi Miranda

Destaque, Família, Maternidade, Viagem

Os melhores momentos no Pratagy Beach Resort em fotos

Pratagy Beach Resort

Eu já disse que sou antiga. Gosto de papel e caneta. Fotografia em álbum. Adoro registrar os momentos em família, as viagens então nem se fala…

Fizemos nossa primeira viagem em família após a chegada da Stella. Até então já tínhamos ido ao Rio de Janeiro, todos juntos, mas tinha sido uma viagem mais rápida e de carro. Dessa vez fomos para Maceió – Alagoas, a convite do Pratagy Beach Resort fomos conhecer esse paraíso de lugar.

Nossa câmera quebrou durante a viagem, nos sobrando apenas o celular para registrar os momentos deliciosos que tivemos em família. Todo mundo sabe que foto de celular não é a mesma coisa, principalmente para quem gosta de revelar fotos. Ficamos sem câmera, mas não nos abatemos.

Tiramos a sorte grande porque o Pratagy Beach Resort oferece um serviço fotográfico realizado pela empresa Capsula1 que acaba sendo uma grande surpresa para os hóspedes. Os profissionais ficam andando pelo resort registrando os melhores momentos dos visitantes, resultando num álbum digital incrível, no qual o hóspede retira no último dia de hospedagem. E esse foi mais um dos mimos que o Pratagy preparou para nós.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

17 out 2016

Deixando os filhos com a babá pela primeira vez, e agora?

Pesquisa Bossa Mãe afirma: casais que saem sozinhos deixando os filhos com babá são ótimos pais

baba

Algo corriqueiro entre muitas famílias, por aqui nunca tinha saído deixando os filhos com a babá. Consequentemente eu e marido não saímos muito sozinhos. Antes eu contava com a ajuda da minha mãe. Mas como não tenho mais ela, acabou que não tinha pensado outras soluções. Essa é mais uma dificuldade dos pais de dois ou mais filhos. Um filho você ainda arruma um jeito, é possível encontrar uma pessoa familiar e de confiança para ficar com ele durante algumas horas. Lembro que uma tia minha já ficou com o Benjamin. Já dois filhos é mais difícil porque é necessário que o cuidador, seja ele familiar ou não, tenha disponibilidade e disposição. E quando tem um bebê envolvido, facilita quando ele fica em seu ambiente com tudo o que ele já conhece.

Mas nem sempre é fácil encontrar alguém disponível. Muito menos pra ir até sua casa. Cada individuo possui uma rotina de vida e mesmo que pareça ter tempo livre, precisamos estar preparados para receber não como resposta. Precisamos nos colocar no lugar da pessoa, principalmente quando ela não tem responsabilidades do tamanho de um filho. A princípio chateia um pouco receber negativas, ainda mais quando os nossos pedidos são raros. Sou a favor de usar a empatia, mesmo que não usem pensando o meu lado. É comum uma pessoa que não tem filhos não se colocar no lugar de quem os tem, não imagina a realidade em que vivemos, as necessidades que temos. Entre elas, a de que mães e pais precisam de ajuda.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

29 set 2016

Um dia de madame, toda mãe merece ter!

Um dia de madame, um dia de ryca, um dia leve… dê o nome que quiser, toda mãe merece ter!

 

madame

Férias é sempre bom. Nos proporciona momentos agradáveis e que normalmente não fazemos no dia a dia. Passei os primeiros dias no Rio de Janeiro, na casa do meu pai, como havíamos combinado. Confesso que só me lembrava que estava de férias porque estava em outra cidade. O trabalho com a Stella foi tão grande quanto ir trabalhar no escritório. Voltamos e estou dois dias em casa. Dos quais fui ao salão fazer as unhas, li um pouco meu livro, levei as crianças na escola, fui ao shopping comprar uma sunga para o filho mais velho, tirei um tempinho para almoçar com o marido, levei a Capitu ao banho, fiquei de pernas pro ar, atualizei o blog. Vida de madame.

Madame no seu significado mais puro: mulher rica, casada que não precisa trabalhar e vive apenas para seus mimos. Não é o meu caso. Apesar de ser casada, preciso trabalhar e muito para manter alguns dos meus caprichos. Obviamente, também não é o caso de muitas mulheres mães que não trabalham fora. Nem todo mãe que não trabalha, é madame. Mas toda mãe, merece ter um dia de madame, um dia de ryca, um dia leve.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

02 set 2016

Uma Semana de Ecoaventuras urbanas – com Ecosport

Era uma vez, uma família que foi escolhida para testar um ótimo carro por uma semana, para levar e trazer as crianças pra lá e pra cá, para acelerar, pegar trânsito, Sol, chuva, asfalto, estrada e poeira. A família existe, somos nós! E o carro também, a Ecosport, da Ford!

Fizemos uma semana de test-drive e olha no que deu… confira no nosso diário de bordo

ecosport5

Por Roberto Piffer, marido da Gabis, pai do Benjamin e Stella

1º dia, quarta-feira: A chegada… primeiras impressões, primeiras sensações

O carro foi entregue durante o dia, mas só pude pegá-lo à noite. Ao vê-lo, que carro bonito! Lindo! Muito louco!! O carro é fantástico, por fora e por dentro. Branco! Chic!

Logo ao desligar o alarme, o carro já brilha todo, lâmpadas LED… muito bonito. O painel nem se fala, todo iluminado, tecnológico… que design! Cheio de funções que demoro a entender pra que funcionam. Central Multimídia impressionante! Minutos de adaptação, vambora… Ligar o carro, motor novinho para dar a 1ª volta, ir até nossa casa… Carro alto, muito legal, diferente. Branquinho, parece que chama a atenção no trânsito.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

29 ago 2016

Não sinto falta da minha vida antes da maternidade

É um tal de “filho cansa, não consigo ser a mãe que quero, estou exausta, sinto falta da vida sem filhos” e por aí vai… Não discordo de nada disso, mas não sinto falta da minha vida antes da maternidade

maternidade-bossa-mãe

 

Confesso, tenho meus momentos de baixo astral, mas prefiro sempre ver o lado bom da vida, seja ela materna ou não. Não sinto falta da minha vida antes da maternidade. Acho que tudo vivido antes dos filhos foi demais e aproveitei na intensidade necessária para deixar lembranças agradáveis, tanto que só tenho boas lembranças. Eu não trocaria nada nessa vida para voltar no tempo, não sinto saudade a ponto de me lamentar.

O contraditório disso tudo é que nunca me imaginei casada e com filhos. Sempre achei que essa tal de maternidade não era pra mim. Eu sonhava em desbravar o mundo. Mas a vida é muito louca e toma rumos inexplicáveis. E hoje eu não imagino a minha vida sem filhos. Casei com um cara que conheci num desses encontros às escuras. Quase isso. Eu trabalhava numa assessoria de imprensa que atendia a empresa para qual ele trabalha. Então nos falávamos todos os dias por telefone e e-mail, até que um dia ele começou a me chamar para sair. A história é longa… resumidamente, ao vê-lo, por nenhum segundo passou pela minha cabeça que viveríamos tudo o que já vivemos juntos. Nosso encontro virou uma paixão, que se transformou em amor e quando vimos não tínhamos mais para onde fugir, não adiantava resistir. O amor foi crescendo, crescendo, crescendo e… transbordou. Transbordou em forma de filhos. Estamos indo para um casamento de 8 anos. E quando olho para trás não consigo sentir falta da minha vida antes dele e de nossos filhos.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

16 ago 2016

Filhos: um é pouco, dois é bom, três…

Um filho é pouco, dois é bom, três… ensinam muito mais!

 

Filhos-um é pouco-dois é bom- três-bossa-mae

Imagem Google

Já faz algum tempo, conheci uma mamãe de muitos. Ela tem 7 filhos e esbanja um sorrisão de orelha a orelha. Pensei: para essa aí um é pouco, dois é bom, sete é melhor ainda! Conheço algumas mães de três. Além das amigas blogueiras Diiirce e Marina, no trabalho tenho uma colega mãe de três e, recentemente, minha melhor amiga, minha irmã de coração, madrinha da Stella, anunciou sua terceira gravidez – muito desejada já há algum tempo.

Aqui em casa, tínhamos um combinado: se a segunda gestação viesse um menino, teríamos o terceiro só para ver se vinha uma menina. Marido tremia na base até que nasceu Stella e ele deu por encerrado esse assunto. Mas a mamãe aqui, para assombro do papai, começou a dizer que precisava vir um desempate, que um terceiro filho fecharia o ciclo familiar. É comum tremular após o primeiro, quem dirá após o segundo filho. É claro, depois que passamos todo aquele perrengue de enjoos nos 4 primeiros meses de gestação, noites mal dormidas, fraldas, choro, dentes nascendo, os primeiros 6 meses de vacinas intermináveis, aquela ansiedade toda… quem quer enfrentar o terceiro filho?!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

8

comente!

Página 1 de 3123