17 fev 2017

Como dobrar roupas

A organização da minha casa começou a mudar quando recebemos a visita da Carol Martins. A partir daí comecei a me preocupar mais com a organização da casa. Aprendi que casa arrumada é igual a espaço de sobra. Desde então, tenho lido muito sobre organização e aprendido várias artimanhas para facilitar a vida. A Carol organizou as gavetas do Benjamin e me ensinou como dobrar roupas.

Ela me ensinou a dobrar roupas de forma que eu conseguisse ver onde estavam todas as peças, só passando os olhos. E isso ajudou também o Benjamin, contribuindo para que ele mesmo pegue a roupa que desejar, encontrando facilmente. O segredo disso é arrumar as roupas na vertical e não na horizontal. E como dobrar as roupas e arrumá-las na vertical?

dobrar roupas

Gavetas do Benjamin

As roupas precisam ficar mais compactas e isso significa ter mais dobras. Eu tive medo de deixar as roupas com muitas marcas, vincos, mas não foi o caso. E como ensina a Marie Kondo, no livro A mágica da arrumação, não é o número de dobras que causa vincos, e sim a pressão que se aplica sobre elas. Esse é mais um motivo para não guardar as roupas empilhadas, pois o peso das peças que pressionam as outras roupas que ficam por baixo.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

13 fev 2017

Planner decorado com scrapbook

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Uma das coisas que mais me deixou com vontade de possuir um Planner, foi quando vi o post Scrap no Planner, da Talita, do blog Só Melhora. Naquele momento, me bateu um desejo incontrolável de ter um Planner só para decorar com scrapbook. Passei o ano inteiro sentido aquilo. O Planner não só me ajudaria ter uma vida mais organizada, como me faria exercitar um dos meus hobby’s preferidos: scrapbook.

Quando comprei meu planner no final de 2016, a primeira coisa que fiz foi decorar as primeiras páginas com scrap.

O Planner trouxe pra minha vida aquela sensação deliciosa de quando fazíamos agenda na adolescência, lembram? Comprávamos uma agenda e nela colávamos tudo que nos trazia boas lembranças. O papel de bala que ganhamos das mãos do paquera. Um bilhetinho. O convite de aniversário de uma amiga. Um ingresso de cinema de um filme que foi bom demais. Muitos clips marcando páginas importantes. Fotos. De momentos maravilhosos…
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

18 jan 2017

A mágica da arrumação, por Marie Kondo

Marie Kondo, autora do livro A mágica da arrumação – A arte Japonesa de colocar ordem na sua casa e na sua vida é obcecada por organização desde os 5 anos de idade. Nesse livro, ela conta como a organização entrou na vida dela e explica até os motivos que levaram-na a ser obstinada por arrumar coisas. Eu pensava que desapegava das coisas, até que uma amiga indicou a leitura desse livro e depois ele começou a surgir pra mim como sinal. Numa revista que eu estava lendo ele surgia na matéria. Numa pesquisa rápida na internet sobre organização, ele aparecia no topo da lista. Até que fui comprar um presente na Livraria Cultura e lá estava ele me chamando por apenas R$15,00.

Comprei. O livro A mágica da arrumação é perturbador! Ou eu sou perturbada mesmo. Rá!

A cada capítulo que terminava, eu começava a arrumar algum determinado ambiente da minha casa. Eu sentia uma necessidade de arrumar como se não houvesse amanhã. Iniciei pelas roupas, como Marie Kondo mesma indica no livro. Fui para meu home office onde tem também as prateleiras com meus livros. Depois para o armário do corredor aonde guardava várias tranqueiras. Eu sentia um desejo de arrumar tudo no mesmo dia, como também indica a autora, mas isso é impossível pra mim. Só o closet, demorei um dia inteiro. Comecei de manhã e acabei no final da tarde. Fui realizando a organização aos poucos. E eu terminava completamente esgotada e sem energia. O negócio realmente mexe com a gente.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

04 jan 2017

Meu querido Daily Planner (Love & Peace)

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Em 2016 esqueci compromissos (meus, dos filhos, do marido, do trabalho), aniversários, coisas a fazer, a comprar e consequentemente não estava organizando bem minha vida de mãe, profissional, blogueira, dona de casa. Em 2017 quero organizar melhor os setores da minha vida e para isso decidi aderir ao Daily Planner.

Já disse que sou antiga. Gosto de papel e caneta. Sou péssima com esses lances de tecnologia, inclusive para me organizar. Nem o facebook me salva de esquecer um aniversário. Tenho saudades do tempo em que as meninas mantinham uma agenda e enfeitavam com canetas coloridas, adesivos e papeizinhos. O Planner traz de volta essa ideia. E também implanta um conceito de organização para quem é assim aversa à tecnologia como eu. Eu também já não posso depender da minha memória que a cada ano que passa parece piorar. Ah, também é uma forma de exercitar a escrita, praticar a letra cursiva que em tempos de tecnologia avançada só nos permite escrevermos através dos teclados.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

13

comente!

02 jan 2017

Comece o ano com organização

Comece o ano com organização e aposte que tudo fluirá

 

Uma das minhas metas para 2017 é ser mais organizada, ter uma casa organizada, uma vida inteira organizada. Pra isso, adquiri um planner, já organizei minha planilha financeira, estou passando por um processo intenso de arrumação da casa que envolve desapego, descarte, organização…. e estou tão empolgada para 2017! É um ano ímpar e aprendi a gostar de anos ímpares porque são os que mais acontecem coisas e mudanças legais na minha vida. (essa é a única superstição do meu marido e mais uma na minha lista. Rá!)

A verdade é que não adianta só empolgação. Para ser um ano excelente a gente tem que fazer por onde. Nossas atitudes são fundamentais para fazer um ano diferente. O querer é importante, mas tem que vir acompanhado de ações. Portanto, nada de procrastinação em 2017! Comece o ano com organização.

Veja o que tenho feito para me ajudar com a organização da minha vida:

Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

14 jul 2016

Casa organizada combina com consumo sustentável

Quantas coisas você possui e não usa? Ter consciência disso, ajuda no consumo sustentável, numa vida e casa organizada, com foco nas coisas que realmente importam

Fotos: Márcia Alves

Açao Comprando Fora Visa Carol Martins e Gabriela Miranda #comprandofora #visa #artedeorganizar #consumoconsciente Data:07/07/2016 Foto: Márcia Alves

Ação Comprando Fora Visa
Carol Martins e Gabriela Miranda
Foto: Márcia Alves

Fui convidada para participar de uma ação do site Comprando Fora, com o apoio da Visa. O objetivo da ação é promover o consumo sustentável e teve ajuda e consultoria da personal organizer Carol Martins, que esteve aqui em casa e, além de organizar o guarda roupa do Benjamin, tivemos um bate papo sobre como a organização ajuda a nossa visa e como manter a casa organizada.

Estava numa semana conturbada quando a Carol apareceu aqui em casa e deixou tudo mais leve, me trazendo também algumas reflexões. Muita gente acha que organização tem a ver só com arrumação. Eu, por exemplo, sou viciada em arrumar, não gosto de deixar nada fora do lugar (apesar de ter recebido a Carol no maior caos), tenho uma caixa de brinquedos na sala para ficar mais fácil de juntar tudo lá, e um quarto inteirinho dedicado à bagunça onde vou jogando tudo até não ter mais espaço e ter que arrumar ele também. Mas deixar a casa arrumada não significa que a casa está organizada como deveria, de forma que as coisas fiquem funcionais.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

10

comente!

14 jun 2016

Dicas para deixar o banheiro organizado e harmonioso

Banheiro, pra mim, é o ambiente mais difícil de decorar, principalmente quando são pequenos como os meus. Mas basta alguns toques e podemos transformar o espaço.

banheiro

Não sou entendida de Feng Shui, mas tenho grande curiosidade e leio bastante sobre o assunto. Para o Feng Shui a água representa uma fuga vital de energia, ou seja, é o elemento que elimina as boas energias do ambiente. Logo, o banheiro é um ponto da casa que merece cuidado especial para manter o equilíbrio energético do lar. Alguns itens e pequenas mudanças podem ajudar a energizar esse ambiente, entre eles estão: colocar espelho, manter porta fechada, incorporar o elemento fogo e terra (que no caso podem ser velas e plantas, respectivamente). Desde que nos mudamos para o apartamento, tinha a intenção de incorporar algumas ideias do Feng Shui em nosso lar e tenho feito isso aos poucos. Os ambientes que mais precisavam de atenção e, aos poucos fui fazendo mudanças, eram os banheiros.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

8

comente!

26 fev 2016

Vida longa aos uniformes escolares

Os uniformes escolares precisam de cuidados extras, porque podem desgastar mais rápido com o uso diário e as lavagens constantes.

uniformes escolares - bossa mae

As aulas começaram e com elas as famílias tiveram um rombo no orçamento familiar com a aquisição de materiais e uniformes escolares. Itens necessários que requerem investimento financeiro porque precisam ser de qualidade para pelo menos ter vida útil ao longo do ano letivo. Algumas precauções na hora de lavar, tirar manchas e passar, podem contribuir para a vida longa dos uniformes escolares dos nossos filhos.

Veja alguns dos meus truques aqui em casa:

  1. As manchas devem ser removidas antes de os uniformes escolares irem para a máquina de lavar.
    Aplique produtos específicos para pré-lavagem ou sujeiras difíceis diretamente no local. Não deixe de molho no alvejante. Esse tipo de produto danifica o tecido conforme uso e cloro com constante uso pode deixar a roupa amarelada.
    Aqui em casa, desde quando Benjamin nasceu, usamos o bastão ecológico Tira Mancha. Ele é ótimo para tirar manchas difíceis como a de cocô quando vasa sujando toda a roupa do bebê, mas tira também mancha de caneta, guache, sangue, molho de tomate, chocolate e outras diversas. Basta passar um pouco do produto na mancha, esperar 5 minutos e esfregar.tira manchas
    Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

18 fev 2016

Máquina de lavar roupas – um caso de amor

Minha história com a máquina de lavar

washing-machine-2-1623763

Minha mãe nunca teve máquina de lavar roupas, cresci vendo ela lavar as roupas literalmente com a barriga grudada no tanque. Assim como deve ter sido com as minhas avós e outras gerações. Antigamente, máquina de lavar roupas era artigo de luxo. E antes delas existirem, as mulheres lavavam as roupas nos rios. Hoje em dia, está cada vez mais fácil equipar a casa com o que há de mais moderno. Comprei minha primeira máquina de lavar quando fui morar sozinha, presente do meu pai. Ainda era uma simples, mas quebrava o galho. Foram 8 anos de casamento! Até que em 2015 nossa família aumentou, a área de serviço do apartamento ficou pequena para secar tanta roupa e vi que era a hora de investir numa máquina de lavar roupas poderosa e desde então vivo um caso de amor com ela.

Curiosidade sobre a máquina de lavar

Site Memória da Eletricidade


Clique e continue lendo!

compartilhe!

19

comente!

23 nov 2015

Dicas para evitar acidentes domésticos

Decidimos que Stella vai para o berçário, assim como Benjamin foi desde o início. Mas confesso que dessa vez estava mais insegura e cogitei colocar uma babá para ficar com ela em casa. Pensando nos prós e contras, um dos fatores decisivos, foi pensar nos perigos que temos dentro de casa, coisas que nós vemos mas que outras pessoas podem não ver e que basta um segundo de distração para a criança sofrer um acidente doméstico. Todos os dias vemos coisas do tipo nos noticiários. Eu sabia que os perigos existiam, no entanto não imaginava que são inúmeros os riscos que bebês/crianças correm dentro do próprio lar. Foi no evento da Saúde4Kids, Criando um ambiente seguro para o seu filho, que descobri: os perigos são maiores do que pensamos e toda a atenção do mundo é pouca.

Acidentes domésticos podem só passar de um susto, mas podem também trazer consequências graves. Segundo dados do Ministério da Saúde, no Brasil, acidentes representam a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos. No total, cerca de 4,7 mil crianças morrem e 122 mil são hospitalizadas anualmente. A cada morte de uma criança, outras quatro ficam com sequelas graves – o que pode gerar consequências emocionais, sociais e financeiras para as famílias.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

Página 1 de 41234