18 fev 2016

Máquina de lavar roupas – um caso de amor

Minha história com a máquina de lavar

washing-machine-2-1623763

Minha mãe nunca teve máquina de lavar roupas, cresci vendo ela lavar as roupas literalmente com a barriga grudada no tanque. Assim como deve ter sido com as minhas avós e outras gerações. Antigamente, máquina de lavar roupas era artigo de luxo. E antes delas existirem, as mulheres lavavam as roupas nos rios. Hoje em dia, está cada vez mais fácil equipar a casa com o que há de mais moderno. Comprei minha primeira máquina de lavar quando fui morar sozinha, presente do meu pai. Ainda era uma simples, mas quebrava o galho. Foram 8 anos de casamento! Até que em 2015 nossa família aumentou, a área de serviço do apartamento ficou pequena para secar tanta roupa e vi que era a hora de investir numa máquina de lavar roupas poderosa e desde então vivo um caso de amor com ela.

Curiosidade sobre a máquina de lavar

Site Memória da Eletricidade


Clique e continue lendo!

compartilhe!

19

comente!

23 nov 2015

Dicas para evitar acidentes domésticos

Decidimos que Stella vai para o berçário, assim como Benjamin foi desde o início. Mas confesso que dessa vez estava mais insegura e cogitei colocar uma babá para ficar com ela em casa. Pensando nos prós e contras, um dos fatores decisivos, foi pensar nos perigos que temos dentro de casa, coisas que nós vemos mas que outras pessoas podem não ver e que basta um segundo de distração para a criança sofrer um acidente doméstico. Todos os dias vemos coisas do tipo nos noticiários. Eu sabia que os perigos existiam, no entanto não imaginava que são inúmeros os riscos que bebês/crianças correm dentro do próprio lar. Foi no evento da Saúde4Kids, Criando um ambiente seguro para o seu filho, que descobri: os perigos são maiores do que pensamos e toda a atenção do mundo é pouca.

Acidentes domésticos podem só passar de um susto, mas podem também trazer consequências graves. Segundo dados do Ministério da Saúde, no Brasil, acidentes representam a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos. No total, cerca de 4,7 mil crianças morrem e 122 mil são hospitalizadas anualmente. A cada morte de uma criança, outras quatro ficam com sequelas graves – o que pode gerar consequências emocionais, sociais e financeiras para as famílias.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

23 jul 2015

Dica de como limpar a banheira do bebê

banheira do bebê

Imagem do Google

Em algum momento já disse que vamos utilizar a mesma banheira que foi do Benjamin. Depois que Ben parou de usar, repassei para uma prima e agora ela voltou para nós novamente. Já faz alguns meses que minha prima trouxe de volta e a banheira estava estacionada num canto aqui de casa. E a gente pensa em tanta coisa: lista disso, daquilo, o que não pode faltar na bolsa e esquecemos que algumas coisas precisam de cuidados especiais, como por exemplo, higienizar alguns lugares que o bebê terá contato, para evitar germes e bactérias.  A banheira é uma delas.

Recentemente, recebi uma dica valiosa de como limpar a banheira do bebê e acabou servindo para limpar também o balde (conhecido também como ofurô) e até a mangueirinha do inalador que temos em casa e estava com um acumulo de sujeira. A dica é da marca Vim Cloro Gel, da Unilever, (reforçada pela Fabi, do Conversa de Mãe) um produto que também pode ser utilizado para limpeza de pisos, azulejos, ralo do box do chuveiro. Tome nota:
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

18 mar 2015

Metas do ano – 2015

por
Gabi Miranda

Maternidade, Organização

Eu sei, já passou dezembro, janeiro, Carnaval e parece que o tempo de falar nesse assunto também. Mas quer saber, nem ligo! Meu tempo é outro e acho que nunca é tarde para redefinirmos e traçarmos nossas metas do ano e objetivos.

Sempre fui de fazer planos a curto, médio e longo prazo. Depois que levei uma rasteira da vida, confesso que tenho medo de fazer planos. Passei achar melhor deixar a vida me levar. Mas também acho que não dá pra viver assim a vida toda. Precisamos ter pelo menos um pouco das rédeas das nossas vidas em nossas mãos. E também não significa que não tenho objetivos de vida. Tenho sim, mas não vivo mais abitolada em atingir naquela data o que tracei. E também não sinto mais tanta vontade de fazer planos a todo instante.

Portanto, mudei um pouco a minha estratégia. Ao invés de traçar planos e, seguindo a sugestão de uma grande amiga, resolvi fazer uma listinha de metas para cumprir durante ano. Só que agora coloquei como metas aquelas coisas que acredito ter mais controle, coisinhas do dia a dia que não damos muita importância, falamos que vamos fazer e acabamos por não fazer. Então minha amiga me passou o modelo de planilha dela e montei a minha lista, agora decidi compartilhar com vocês, quem sabe pode ajudar alguém. É bem simples.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

29 set 2014

Vida Organizada

por
Gabi Miranda

Livros, Organização, Terapia do lar

Há alguns anos acompanho o blog Vida Organizada, da Thais Godinho. Mas só com a maternidade comecei a colocar algumas ideias dela em prática. Não sou nenhuma obcecada, mas admito que esse ano adquiri certa mania de limpeza. Organização. Arrumação da casa. Imagino que seja o modo que encontrei de fugir do inevitável, uma forma de sentir que tenho controle de pelo menos alguma coisa na vida, um jeito de amenizar a minha ansiedade.

Tem o lado negativo e o positivo nisso. O primeiro é que acabo parecendo meio louca colocando tudo no lugar quando estou em casa, ficando nervosa quando vejo o chão sujo e querendo controlar tudo. Isso acaba prejudicando a minha paz interior e a relação familiar, principalmente, quando se tem uma criança em casa – aí é preciso ser tolerante com os brinquedos espalhados pela casa. O lado positivo é que a casa, de certa forma, vive limpa e funcional. No entanto, precisa encontrar um equilíbrio para viver em harmonia.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

01 set 2014

12 dicas para renovar as energias no mês da primavera

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

renovar as energias

Primavera na Turquia, por Humberto Peixoto

Chegou o mês da esperança. Bem-vindo, Setembro!  Esse é um mês que me deixa feliz. Mês da primavera, de renovar as energias, de enxergar as perspectivas com outros olhos. Mês de mudança, de fazer aquela faxina na casa e na alma. De limpar e reorganizar. Mês do desapego: de destralhar a casa e o coração, doar coisas que não usamos mais e deixar ir embora as coisas que não nos fazem bem, que atrapalham nossa felicidade. Momento de ter coragem para, assim como as flores, se abrir para as novas possibilidades. Para renovar as energias e começar bem a primavera, listei algumas coisas que serão prioridades na minha vida nesse mês:

1. Destralhar o quarto e organizar o guarda roupa do Benjamin;

2. Dar um UP no quarto do casal;

3. Fazer uma limpeza pesada no apartamento;

4. Lavar roupas de inverno;

5. Programar passeios e atividades ao ar livre;

6. Cuidar da espiritualidade;
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

04 ago 2014

O que fazer nos próximos meses para realizar os projetos do ano?

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Como realizar os projetos do ano?

O ano mal começou e já está acabando. Alguém duvida?! Dias desses encontrei no rascunho do blog, um post no qual listava meus objetivos para 2014. O mês do texto era fevereiro, nem deu tempo para postar e março entrou dando uma voadora na minha vida. Perdi a noção do tempo e a vontade de fazer qualquer coisa. Mas a vida continua e não dá pra ficar se lamentando e vê-la passar da janela. Temos que acompanhá-la. 

Analisando meus projetos, não era nada difícil de concretizar. Refiz cálculos e metas, listei tudo de novo e decidi correr atrás do tempo perdido. Eu sou assim, preciso ter tudo definido, planejado e de preferência escrito. E fiz uma avaliação geral de todas as áreas da minha vida:

  • materna – estou sendo a mãe que quero ser? Tenho feito passeios com Benjamin? Estou sendo negligente com sua saúde? (em julho já inciamos uma agenda de consultas – pediatra, dentista e agora em agosto tem otorrino marcado) Como esta nossa rotina? Ser mãe não é fácil e ocupa grande responsabilidade da nossa vida e para darmos conta de tudo, precisamos de organização.
  • Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

29 maio 2014

6 Dicas para ter uma casa com personalidade

Casa com personalidade tem mais cara de lar

casa-com-personalidade

A “casa nova”, como meu Ben chama, ficou abandonada. Meu lar que virou uma das minhas alegrias desse ano, ficou de lado depois de tantos acontecimentos. Descobri que a melhor coisa é me ocupar das coisas que me dão prazer. Então, voltar a pensar na organização e na decoração do meu lar, faz parte dos meus planos. Fiz até uma lista separada por cômodo das coisas que faltam em cada canto – o que vai me orientar e não me fazer esquecer de nada. Porque tem coisas que vamos deixando para depois e quando nos damos conta já se passaram 5, 10, 15 anos e continua do mesmo jeito OU pior pelo desgaste natural de uso das coisas.

Uma das revistas de decoração que curto muito é Casa e Jardim. E achei algumas dicas que tinha recortado de uma edição do início desse ano. Tinha tudo a ver com a fase que eu estava e que quero resgatar novamente. Acredito que pode ajudar alguém que está se mudando de casa ou simplesmente que queira mudar um pouco a decoração e astral do lar.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

28 maio 2014

Quantas roupas uma criança precisa?

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Quando Benjamin nasceu pensei em guardar a maioria das roupas dele para o próximo filho. Depois algumas coisas aconteceram e me fizeram mudar de opinião. O mais decisivo foi uma colega perder o bebê com 9 meses de gestação. Ela guardava tudo do primeiro filho. Aquilo me doeu tanto e me fez refletir sobre o quanto vale a pena guardar tudo de um filho para o outro.

O desejo de querermos ter outro filho não nos dá a certeza de que o teremos. O segundo filho vai nascer em outro momento, outra época, que talvez nem interesse todas as coisas guardadas. Sempre tem uma avó, um tia coruja que vai encher a nova criança com novas roupas, novos brinquedos. Sempre tem alguém que precisa mais que a gente.

No mundo existem milhões de bebês e crianças precisando de ajuda. Sempre tem um vizinho ou um amigo que conhece ou esteja precisando de roupas. Dentro da nossa família mesmo sempre tem alguém. No meu caso, Benjamin era o único bebê. Logo em seguida, duas primas ficaram grávidas. Uma delas teve um menino e foi perfeito para começar a passar adiante todas as coisas do Benlindo.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

24 fev 2014

Casa arrumada

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Não tem coisa melhor que casa arrumada

Google

Google

Faz três meses que nos mudamos e agora o apartamento está mais em ordem. No final de dezembro, um pouco antes do Natal, os móveis planejados foram instalados e já deu para colocar ordem e lugar para cada uma das coisas. A casa está ganhando mais cara de lar. A casa está arrumada.

Lustres foram instalados em todos os cômodos. Sala está com cortina. Compramos rack e mesa de jantar – estamos esperando chegar.

Tem muita coisa ainda por fazer, como: colocar tampo no balcão da cozinha; comprar cortinas para os quartos; decorar as paredes; pendurar os quadros, colocar espelho e tapete dentro do closet, comprar uma passadeira para o corredor; comprar um capacho para porta; enfim, tem várias coisas que não dá pra fazer de uma vez e nem correndo, até por uma questão financeira. Agora a ideia é fazer aos poucos, de repente ajeitar um cômodo por mês, claro, com algumas prioridades.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

Página 2 de 41234