28 maio 2014

Quantas roupas uma criança precisa?

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Quando Benjamin nasceu pensei em guardar a maioria das roupas dele para o próximo filho. Depois algumas coisas aconteceram e me fizeram mudar de opinião. O mais decisivo foi uma colega perder o bebê com 9 meses de gestação. Ela guardava tudo do primeiro filho. Aquilo me doeu tanto e me fez refletir sobre o quanto vale a pena guardar tudo de um filho para o outro.

O desejo de querermos ter outro filho não nos dá a certeza de que o teremos. O segundo filho vai nascer em outro momento, outra época, que talvez nem interesse todas as coisas guardadas. Sempre tem uma avó, um tia coruja que vai encher a nova criança com novas roupas, novos brinquedos. Sempre tem alguém que precisa mais que a gente.

No mundo existem milhões de bebês e crianças precisando de ajuda. Sempre tem um vizinho ou um amigo que conhece ou esteja precisando de roupas. Dentro da nossa família mesmo sempre tem alguém. No meu caso, Benjamin era o único bebê. Logo em seguida, duas primas ficaram grávidas. Uma delas teve um menino e foi perfeito para começar a passar adiante todas as coisas do Benlindo.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

24 fev 2014

Casa arrumada

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Não tem coisa melhor que casa arrumada

Google

Google

Faz três meses que nos mudamos e agora o apartamento está mais em ordem. No final de dezembro, um pouco antes do Natal, os móveis planejados foram instalados e já deu para colocar ordem e lugar para cada uma das coisas. A casa está ganhando mais cara de lar. A casa está arrumada.

Lustres foram instalados em todos os cômodos. Sala está com cortina. Compramos rack e mesa de jantar – estamos esperando chegar.

Tem muita coisa ainda por fazer, como: colocar tampo no balcão da cozinha; comprar cortinas para os quartos; decorar as paredes; pendurar os quadros, colocar espelho e tapete dentro do closet, comprar uma passadeira para o corredor; comprar um capacho para porta; enfim, tem várias coisas que não dá pra fazer de uma vez e nem correndo, até por uma questão financeira. Agora a ideia é fazer aos poucos, de repente ajeitar um cômodo por mês, claro, com algumas prioridades.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

18 fev 2014

Desapego – Jogue fora 50 coisas

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

desapego

O livro do momento indicado em matérias de revistas como Vida Simples e Bons Fluídos, é o Jogue Fora 50 Coisas, da americana Gail Blanke. Resumindo: treinar o desapego. Não li e nem vou ler esse livro, mas nesse tempo de mudanças, já vinha praticando esse exercício de desapego. Tudo começou com a organização da casa. Colocar em ordem as coisas do dia a dia lhe faz perceber quanta tranqueira guardamos. Embora more numa casa espaçosa, precisava de mais espaço para colocar em prática a nova vida, além de espaço para o bebê e suas coisas. Então decidi descartar todos os objetos que guardamos achando que um dia será necessário – e esse dia nunca chega. O engraçado é que por mais que você jogue fora, sempre tem mais entulho. Impressionante. Eis minha lista de desapego:

1. Dois porta retratos antigos pra caracoles, feios, todo sujinho de velhice, sabe?! E bem brega, com uns bichinhos, daquela época em que você tem 15 anos, sabe?!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

17 fev 2014

Casa bagunçada

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Nas últimas semanas de dezembro, doei e/ou joguei tanta coisa fora: cartas e fotografias, roupas e sapatos, livros e revistas, utensílios de cozinha e banheiro, móveis, etc…

Foram semanas de desapego e organização intensa, mesmo desentulhando, a casa continuava desarrumada, uma casa bagunçada.

Estava pensando se mostrava ou não como estava a nossa situação no apartamento, até que outro dia uma amiga me questionou: poxa, como está de casa nova? Pensei que você colocaria fotos da bagunça mudança no blog. Pois bem, acho que as imagens abaixo dá para ter noção da situação:

casa bagunçada

Quando tirei essas fotos, faziam três semanas que tínhamos nos mudado. E essa é só uma pequena parte. Nos primeiros dias a bagunça era pior e “oba oba”, mil maravilhas. Depois de algumas semanas já não estava mais aguentando conviver com tanta zona. Por mais que você destralhe ou doe coisas, a casa fica toda entulhada, principalmente sem armários. Pois é, mudamos sem a instalação dos móveis planejados, era caixa pra tudo quanto é lado e fiquei bons dias sem nem encontrar roupa. Engraçado que as coisas do Benjamin foram todas bem organizadas, não faltou nada pra ele.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

06 fev 2014

A casa com criança

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Houve um tempo em que a casa bagunçada me incomodava. Quando digo casa bagunçada, me refiro à bagunça de criança: brinquedos, roupas e acessórios infantis espalhados pelos quatro cantos, de todos os cômodos.

Com o tempo, fui me acostumando à casa com crianças. Os brinquedos espalhados, principalmente, pararam de me perturbar e passaram a transformar o ambiente em festa, cheio de vida, cor, alegria.

Em nossa nova casa, me deparo com brinquedos espalhados frequentemente, pois diferente da outra casa, onde os brinquedos já ficavam armazenados em caixas na sala, Benjamin traz os brinquedos constantemente para sala e ali alguns vão ficando…

São brinquedos espalhados, adesivos colados onde não deve e daqui a pouco (na outra casa já tinha) paredes e portas rabiscadas.

casa com criança

Como nosso apartamento é pequeno, acho que fica mais evidente quando os brinquedos estão espalhados. Benjamin não tem uma área só pra ele além do seu quarto – por sinal, bem pequeno. Portanto, ele pode explorar os espaços comuns da casa, inclusive a varanda. Sempre o deixamos à vontade para espalhar seus brinquedos, contanto que tenha limites. Brincou, guardou.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

02 dez 2013

Estamos de casa nova

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Prestes a completar um ano desse post AQUI e depois de muito nervoso, stress e ansiedade, estamos de casa nova! Mudamos no sábado, 30/11. Foi um dia loooongo, mega corrido e cansativo, mas completamente feliz.

Imaginem vocês que nesse mesmo dia teve reunião na escolinha do Benjamin. Eu não queria faltar, pois na última o pai participativo tinha ido e eu não. E essa era a reunião de encerramento! Como não ir, não saber do desenvolvimento do pequeno, não pegar os trabalhos dele. Podia pegar outro dia, mas vamos combinar que não é a mesma coisa do que participar na reunião.

Então eu fui. Marido ficou em casa com Benjamin e Capitu (imagina: casa toda aberta, caixa e móveis pra lá e pra cá, filho e cachorro sasaricando) esperando o caminhão da mudança. Minha mãe foi pra lá ajudar ficar com o pequeno enquanto marido orquestrava a mudança. Só que o caminhão chegou antes da minha mãe, imaginem minha aflição lá na escolinha, pensando no marido tomando conta de tudo sozinho.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

07 nov 2013

Checklist da mudança

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Acredite, é preciso fazer um Checklist da mudança!

Checklist da mudança

Mudança é quase uma engenharia. Minha cabeça tá fervilhando de pensar em tudo que preciso providenciar e ainda assim, sinto que não tenho TUDO em mente. Aí fiz um diário caderno da mudança. Nele anoto todas as informações relacionadas ao apartamento novo: orçamentos, o que já foi comprado até o momento, o que ainda precisa providenciar, planilha de gastos, as medidas do apartamento (no meio dele também ando com a planta), os telefones dos fornecedores. Tenho registrado tudo nesse caderno e carrego ele pra cima e pra baixo.

Decidi escrever e compartilhar aqui um checklist da mudança que anotei dia desses, quem sabe ajudo alguém na mesma situação. Vamos lá?!

Checklist da mudança

  • Encontrar empresa de transporte para fazer a mudança;
  • Destralhar a casa;
  • Fazer lista de coisas que vai levar na mudança;
  • Separar o que for doação e se possível doar antes da mudança;
  • Se for para um apertamento como nós, aproveite o momento para lavar (e levar tudo limpo) todas as roupas de inverno e roupas de cama;
  • Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

21 out 2013

Estamos em obra

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Em janeiro contei que a casa em moramos estava a venda. Contei também que esse ano a construtora entregaria o apertamento que compramos em 2010 – ano que também engravidamos do Benjamin. Há 10 dias pegamos a chaves do nosso novo e tão sonhado lar (Êêêêê…!).

Sou por natureza uma pessoa ansiosa e, assim que me vi com as chaves nas mãos, saí agendando tudo que era necessário para iniciarmos o processo de mudança. Além da minha ansiedade natural, tem a ansiedade pra fazer tudo rápido porque não vai ser fácil pagar aluguel + financiamento + obra + mudança + tudo que uma casa nova exige (piso, redes de proteção, luminárias, torneiras, aquecedor, gás, cortinas, chuveiro, pintura, móveis planejados, mesa de jantar, cama, eletricista, pedreiro, etc) + todas as contas cotidianas + etc. Haja dinheiros!

Nós havíamos contratado uma arquiteta – a querida Ana que fez um projeto lindo, do nosso gosto e adequado para nosso apertamento. O projeto envolve quebrar paredes, ou seja, modificar toda a planta original. Então nesse sábado começamos a obra.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

23 set 2013

Primavera, seja bem-vinda!

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Setembro começou e eu não disse aqui o quanto gosto desse período em diante do ano. Mês que traz a primavera – que começou e nem parece – o sol passa a dar o ar da sua graça com frequência, um clima delicioso, um período que pra mim sempre foi de muitas realizações.

Eu gosto de fazer uma SUPER limpeza na casa. O que envolve destralhar e organizar tudo. Aqui como estamos em processo de mudança, a casa anda uma desordem e eu sem muito entusiasmo para organizar tanta coisa já que em breve terei que reorganizar tudo novamente.

Mas no dia 01 de setembro, um domingo, resolvi fazer uma faxina na casa. Olha, não foi fácil… a casa é grande e eu só agradecia por em breve estar num apartamento duas vezes menor que aquilo tudo. Depois passei a me preocupar com as minhas coisas. Nosso novo lar é tão pequeno que não terei onde guardar tanta coisa. Essa mudança será para nós um recomeço e um exercício de desapego – principalmente para mim.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

14 ago 2013

Chegou a hora da vistoria no apartamento

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Em janeiro desse ano, anunciei aqui a VENDA da casa em que moramos e falei da nossa aquisição: a casa o apartamento próprio.

Pois é, 7 meses se passaram, a casa ainda está a venda e nós ainda moramos nela.

A novidade é que estamos bem próximos de nos mudarmos. Dias atrás numa ligação, isso ficou evidente. Era chegada a hora da vistoria do apartamento.

Pode parecer bobo, mas gente, ninguém tem noção da ansiedade, alegria e emoção que tomou conta de mim. Tudo junto e misturado. Data e horário marcado estávamos os três lá: eu, Marido e Benjamin. Ah, a Ana, arquiteta também.

Quando vi Benjamin andando pela área da piscina, quadra de futebol, quase tive uma parada cardíaca causada por forte emoção. Ok, exageros a parte, fiquei bem emocionada. Uma sensação de tarefa sendo cumprida. Porque agora, depois do meu Ben na minha vida, é diferente o sonho da casa própria. É por ele, é para ele.

Ao entrar no apartamento….sei lá, passou um milhão de coisas na minha cabeça – das quais vou registrando por aqui ao longo das próximas semanas. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

Página 3 de 41234