07 fev 2013

Organizando a bolsa da mãe

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Outro dia (que na verdade já faz uns dois meses ou mais) estava sentindo minha bolsa pesada e resolvi conferir fazer à limpa. Afinal, a bolsa da mãe vive cheia de coisas. Observem:

bolsa da mãe

  1. Lenço umedecido;
  2. Trocador;
  3. Nécessaire de fraldas;
  4. Fralda de pano;
  5. Pen drive (2 unidades);
  6. Brincos;
  7. Óculos de sol;
  8. Carteira;
  9. Nécessaire (da mãe);
  10. Brinquedos;
  11. Crachá;
  12. Escova de dente;
  13. Revista;
  14. Caderneta;
  15. Carregador de celular;
  16. Porta cartão;
  17. Livros;
  18. A BOLSA! Meu xodó! Adoro seu formato porque cabe um montão de coisas.
  19. O item 19 estava no momento em minhas mãos registrando a foto: o celular!

Faltou a bolsinha de maquiagem, mas essa já fica no carro. Esses itens estavam na minha bolsa durante os dias da semana. Depois de uma análise profunda e existencial (para que eu preciso mesmo levar fraldas para o trabalho??? Que eu saiba ainda não dá pra trocar fraldas à distância!), alguns itens foram retirados (e pensar que a bolsa durante o final de semana é bem mais cheia, tanto que às vezes eu tiro a minha carteira e a coloco na bolsa do Benjamin…)
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

27 dez 2012

Lista de promessas (domésticas?!) 2013

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Não há quem duvide, todo mundo tem sua lista de promessas e desejos para o ano novo. Sou a favor de planejamento, metas, foco. Mas calma lá, meu povo. O ano tem 365 dias! Uma coisa é você fazer um planejamento de vida, onde você estipula objetivo a longo prazo. Outra é fazer metas para objetivos anuais. Vamos aos exemplos:

Planejamento de vida: engravidar, comprar um apartamento, mudar de cidade ou de emprego.

Metas anuais: realizar uma viagem, fazer uma atividade física, ir mais vezes ao cinema, estipular saídas com o marido.

No final de 2011, encontrei o site Prometo.me e fiz a seguinte lista de promessas:

1) Poupar dinheiro;
2) Realizar uma viagem;
3) Mudar de emprego;
4) Ir mais ao teatro;
5) Ir mais a shows;
6) Fazer mais programas românticos com o marido;
7) Planejar a entrega e decoração do apartamento;
8) Gastar mais tempo com a família e amigos;
9) Não dar ouvidos a reclamações alheias;
10) Ser mais feliz, positiva e mais leve.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

9

comente!

21 nov 2012

O quarto da bagunça

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Eu mencionei sobre o quarto da bagunça na Minha Sala (na verdade a minha casa) é atravancada. Eu pensei duas milhões de vezes se revelava esse canto da minha casa ou não. Resolvi revelar para desmaterializar de vez  com esse negócio de casa/família perfeita.

No feriado de 02 de novembro já tinha programado a arrumação, mas a sexta passou, o sábado também, o domingo estava quase passando quando entrei no quarto resolvida a acabar amenizar a bagunça. Quando abri a porta, encontrei ele desse jeito:

(as imagens a seguir são fortes, tire as crianças e as sogras da frente do computador)

Fala se não dá vergonha de fazer esse tipo de revelação?!

Tá certo que bem nesse dia tinha milhões de roupas pra passar, mas o que dizer dessas caixas de sapatos todas bagunçadas?! Nada. Aliás, isso estava me incomodando demais. Nos últimos tempos eu me limitava ao uso de três pares de sapatos, tamanha era minha falta de coragem para puxar uma caixa ou pegar na sapateira.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

17 out 2012

Minha sala (na verdade a minha casa) é atravancada.

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Desordem me incomoda. Bagunça me incomoda um pouco mais. Zona me incomoda, incomoda, incomoda muito mais.

Acho até que demorou para esse bicho da bagunça me picar. O fato é que desde quando voltamos de viagem a bagunça tem me incomodado bastante. Minha sala está atravancada. Um monte de brinquedos, um monte de coisas fora do lugar, um outro monte de coisas amontoadas…veja com seus próprios olhos.

Um monte de brinquedos.


Um monte de coisas fora do lugar (afinal aparelho de som definitivamente não é lugar de sapato, mas esse é só um exemplo das coisas fora do lugar na minha casa).


Um monte de coisa amontoada. (e acreditem, essa mesa estava muito pior, é que um dia antes comecei uma organização)


Coitado do aparelho de DVD. Alguém enxerga um aí..?!

Um estado quase ecumênico me envolveu no feriado 12 de outubro. Acordei feito furacão só que ao contrário, disposta a colocar ordem na bagunça.

Na verdade já tem algum tempo que sinto uma vontade quase incontrolável de destralhar a casa. Mudaremos no primeiro semestre do próximo ano e ultimamente tenho esperado ansiosamente pela época da mudança, período em que estatarei disposta a doar e jogar fora um montão de coisas. Clique e continue lendo!

compartilhe!

7

comente!

24 ago 2012

O quarto do Meu Ben e nossa sala Montessoriana

Essa semana lá no Mamatraca o assunto é decoração. Dei conta de que nunca falei do quarto do Ben aqui no blog. Daqui a pouco mudamos e não fiz aqui o registro do seu primeiro quarto. Então vamos lá.

O quarto dele tem dois fatores que não me agradam muito: 1. não tem janela; 2. não tem porta, nem a parede na qual a porta deveria estar (ele faz um corredor para o outro quarto, a foto ajuda entender). Essas coisas me fizeram sofrer durante a gestação toda. Onde já se viu um quarto sem janela?! Achava um absurdo não ter janela no quarto e pensei milhares de vezes mudar para um dos outros dois quartos existentes na casa (mas um fica na parte de trás para a rodovia – tem muito barulho e ventilação exagerada; o outro, meu e do marido, é na frente da casa – não me deixava segura deixá-lo lá, ambos com varanda e sacada). O quarto do Ben fica no meio desses dois e o que me acalmou é que a iluminação e ventilação dos dois quartos é suficiente para o quarto do meio – que é grudado ao meu quarto.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

23 mar 2012

Como organizar a festa de aniversário – Parte 1

por
Gabi Miranda

Festas, Organização

Princípios básicos para organizar festa de aniversário:

  •  orçamento x verba que você dispõe para a festa. Monte uma lista com todos os itens que você deseja, os necessários e os supérfluos, tudo! Depois você vai cortando o que achar desnecessário.
  •  lista de convidados (a partir dela vamos definir local da festa, quantidade de convites, lembrancinhas e o menos importante os comes e bebes)

Comece a organizar a festa de 3 a 4 meses antes da festa. Faça uma lista de tudo que precisa resolver:

  •  data da festa;
  •  local da festa (reservar data e horário);
  •  lista de convidados;
  • preparativos: opção 1) vai contratar buffet? ou opção 2) você vai: a) colocar a mão na massa e fazer tudo com o maior amor do mundo para seu filho, b) sabe que vai se estressar, e chorar achando que tudo vai dar errado quando estiver chegando a data, mas vai persistir em preparar cada detalhe com carinho, c) contar com a colaboração do pai, tias e avós, d) todas as alternativas estão corretas? Eu vou de opção 2 e se você também escolheu essa alternativa, siga lendo. Caso tenha escolhido a primeira alternativa, pule três casas;
  • Clique e continue lendo!

compartilhe!

18

comente!

Página 4 de 41234