02 jan 2017

Comece o ano com organização

Comece o ano com organização e aposte que tudo fluirá

 

Uma das minhas metas para 2017 é ser mais organizada, ter uma casa organizada, uma vida inteira organizada. Pra isso, adquiri um planner, já organizei minha planilha financeira, estou passando por um processo intenso de arrumação da casa que envolve desapego, descarte, organização…. e estou tão empolgada para 2017! É um ano ímpar e aprendi a gostar de anos ímpares porque são os que mais acontecem coisas e mudanças legais na minha vida. (essa é a única superstição do meu marido e mais uma na minha lista. Rá!)

A verdade é que não adianta só empolgação. Para ser um ano excelente a gente tem que fazer por onde. Nossas atitudes são fundamentais para fazer um ano diferente. O querer é importante, mas tem que vir acompanhado de ações. Portanto, nada de procrastinação em 2017! Comece o ano com organização.

Veja o que tenho feito para me ajudar com a organização da minha vida:

Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

20 dez 2016

Sobremesa de Natal saudável (e deliciosa) para toda família

por
Gabi Miranda

Destaque, Receitas, Terapia do lar

O título é Sobremesa de Natal saudável para toda família, mas a verdade é que vale para qualquer época do ano, principalmente na primavera e verão. É que essa receita além de saudável, é tão prática, deliciosa e pode ficar com uma apresentação tão charmosa, que será a sobremesa oficial desse Natal aqui em casa.

sobremesa de Natal saudável

Recentemente participei da oficina culinária de sobremesas saudáveis infantis, realizada pelas nutricionistas da Mestre Cook Assessoria. Foi um momento agradável aonde aprendi algumas receitas saudáveis para as crianças e dicas valiosas para substituir o açúcar em sobremesas. Conheci o agave! Um adoçante natural, proveniente da mesma planta usada para fabricar a bebida tequila. O agave é orgânico e pode substituir o açúcar. Ganha em vantagens por ter menos calorias, adoçar mais, não contém glúten, nem lactose. Segundo as nutricionistas Mestre Cook é mais saudável, mas elas alertam que mel e agave também não devem ser consumidos em exagero como substituto do açúcar, pois também apresentam risos, principalmente para diabéticos e famílias com dislipidemias. Por isso, moderação e a opinião do nutri são importantes nessa hora.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

07 dez 2016

Alergia alimentar: inclusão e receitas práticas

Eu nunca tinha parado pra pensar no assunto. A verdade é que não pensamos quando não nos afeta diretamente. Meus filhos não tem alergia alimentar, logo nunca tive que me preocupar com o assunto. Mas houve uma crescente de amigas ao meu redor com filhos com alergia alimentar. A gente não pensa, por exemplo, que crianças com alergia alimentar precisam de maior atenção nas festas infantis. Mas isso tem mudado. Nosso olhar materno faz a gente olhar além do próprio umbigo horizonte. A experiência com filhos também nos dá outra bagagem. Nossos filhos acabam se relacionando com muitos amiguinhos e entre eles pode ter uma criança com alergia alimentar. E aí entra outro assunto: inclusão.

Cada vez mais estamos preocupados e as empresas também começam a se movimentar num sentido de colaboração, inclusão e conscientização. A Danone Nutrição Especializada promoveu o 1º Workshop Fazendo a Festa para Crianças Alérgicas, entre elas a alergia à proteína do leite de vaca (APLV) – uma das coisas mais comuns no dia de hoje e com pouca informação a respeito. Segundo a Danone, a criança alérgica já é uma criança de risco nutricional. O leite, principal nutriente na infância, é obrigatoriamente excluído da dieta. Estudos mostram uma deficiência importante de proteína, cálcio e vitamina D em crianças alérgicas, menor peso e estatura e até um aumento no risco de fraturas. Se a substituição do leite e demais proteínas não for adequada, esses riscos nutricionais podem interferir no bom desenvolvimento e crescimento da criança.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

7

comente!

28 nov 2016

Papel de parede para decorar o quarto das crianças

por
Gabi Miranda

Decoração, Destaque, Terapia do lar

Papel de parede para decorar

No dia das crianças, fomos convidados para participar de uma ação com a marca de papéis de corados Papel na Parede. Eu já tinha o objetivo de fazer algumas mudanças no quarto das crianças, mas só agora compramos os móveis e estamos colando as ideias em prática.

papel de parede

Estamos realizando uma completa transformação no quarto das crianças. Além da compra de móveis novos, decoramos o ambiente com papel de parede. O papel de parede da Papel na Parede é autocolante e ao contrário do que eu imaginava, é bem fácil de instalar, possibilitando também, o reposicionamento do papel caso seja necessário na hora da instalação.

Difícil mesmo é a escolha do papel de parede. Porque tem um mais lindo que o outro! Optei pelo papel de parede Jornal, cód: 134172068. Essa escolha se deu porque as crianças dividem o mesmo quarto e eu queria algo bem neutro e que representassem os dois: Benjamin e Stella.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

19

comente!

16 nov 2016

Inspirações para decoração de Natal

Decoração de Natal

decoração-de-natal

Dia 30 de novembro é o dia oficial de montar a Árvore de Natal, consequentemente, decorar a casa para essa época tão mágica do ano. Claro que cada um monta sua árvore de Natal no dia que bem entender. Ultimamente, quanto mais cedo melhor, assim aproveitamos mais esse período que passa tão rápidinho. Principalmente, casas com crianças. Se o comércio começa falar em Natal em outubro, no dia das crianças, porque nós reles mortais não podemos começar a decorar nossa casa no início de novembro, não é?! Clima de Natal é uma delícia e temos que aproveitar.

Adoooooro preparar a casa para o Natal! Eu sei, tem muita coisa para organizar: arrumar a casa – o que envolve pensar na decoração de Natal, comprar os presentes, ceia, pensar nas roupas das crianças, etc. Mas decoração de Natal é um item que não abro mão. Anualmente, monto pinheiro natural e decoro com bolinhas vermelhas e amarelas. Assim como minha mãe decorava. Assim como a mãe dela, minha avó, também. Esse ano estou pensando em quebrar a tradição familiar e fazer algo diferente. Mamãe que me perdoe, mas pensei em fazer algo que marque para meus filhos o jeito como a mãe deles preparava o Natal. Fazer algo que me personifique, assim como tenho minha mãe bem simbolizada no Natal.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

26 ago 2016

Esperienza Barilla

por
Gabi Miranda

Destaque, Receitas, Terapia do lar

Experienza Barilla, uma viagem gastronômica ao universo das massas, molhos e cultura italiana. Veja a receita que aprendi no curso e testei em casa

Barilla

 

Sempre sofri bullying pelos meus poucos conhecimentos culinários. Eu meio que nunca precisei fazer nada em casa e quando fui morar sozinha senti na pela a dura realidade. Tive que aprender a me virar, cuidar da casa, da minha roupa, das contas e da alimentação. Demorei um pouquinho para comprar um fogão e quando o adquiri me dei conta  da minha inabilidade culinária. Lembro até hoje das minhas amigas me zoando porque eu não sabia que pimentão não descascava (gargalho só de lembrar). Uma vez inventei de fazer berinjela à parmegiana (eu nem gosto, mas queria agradar o marido, na época namorado), ele diz que ficou delicioso, mas uma semana depois descobrimos de onde vinha um cheiro desagradável… do forno, as berinjelas estavam tão gostosas que foram esquecidas lá. Até hoje, confesso, não sei distinguir algumas verduras na feira. Benjamin, aos 5 anos, sabe que tomate é uma fruta, nem conto quando descobri isso. Não acredito que estou revelando isso publicamente, mas é verdade.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

14 jul 2016

Casa organizada combina com consumo sustentável

Quantas coisas você possui e não usa? Ter consciência disso, ajuda no consumo sustentável, numa vida e casa organizada, com foco nas coisas que realmente importam

Fotos: Márcia Alves

Açao Comprando Fora Visa Carol Martins e Gabriela Miranda #comprandofora #visa #artedeorganizar #consumoconsciente Data:07/07/2016 Foto: Márcia Alves

Ação Comprando Fora Visa
Carol Martins e Gabriela Miranda
Foto: Márcia Alves

Fui convidada para participar de uma ação do site Comprando Fora, com o apoio da Visa. O objetivo da ação é promover o consumo sustentável e teve ajuda e consultoria da personal organizer Carol Martins, que esteve aqui em casa e, além de organizar o guarda roupa do Benjamin, tivemos um bate papo sobre como a organização ajuda a nossa visa e como manter a casa organizada.

Estava numa semana conturbada quando a Carol apareceu aqui em casa e deixou tudo mais leve, me trazendo também algumas reflexões. Muita gente acha que organização tem a ver só com arrumação. Eu, por exemplo, sou viciada em arrumar, não gosto de deixar nada fora do lugar (apesar de ter recebido a Carol no maior caos), tenho uma caixa de brinquedos na sala para ficar mais fácil de juntar tudo lá, e um quarto inteirinho dedicado à bagunça onde vou jogando tudo até não ter mais espaço e ter que arrumar ele também. Mas deixar a casa arrumada não significa que a casa está organizada como deveria, de forma que as coisas fiquem funcionais.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

10

comente!

14 jun 2016

Dicas para deixar o banheiro organizado e harmonioso

Banheiro, pra mim, é o ambiente mais difícil de decorar, principalmente quando são pequenos como os meus. Mas basta alguns toques e podemos transformar o espaço.

banheiro

Não sou entendida de Feng Shui, mas tenho grande curiosidade e leio bastante sobre o assunto. Para o Feng Shui a água representa uma fuga vital de energia, ou seja, é o elemento que elimina as boas energias do ambiente. Logo, o banheiro é um ponto da casa que merece cuidado especial para manter o equilíbrio energético do lar. Alguns itens e pequenas mudanças podem ajudar a energizar esse ambiente, entre eles estão: colocar espelho, manter porta fechada, incorporar o elemento fogo e terra (que no caso podem ser velas e plantas, respectivamente). Desde que nos mudamos para o apartamento, tinha a intenção de incorporar algumas ideias do Feng Shui em nosso lar e tenho feito isso aos poucos. Os ambientes que mais precisavam de atenção e, aos poucos fui fazendo mudanças, eram os banheiros.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

9

comente!

24 maio 2016

A casa fica melhor com crianças e plantas

por
Gabi Miranda

Decoração, Destaque, Terapia do lar

Feng Shui sugere a cultivação de plantas em casa. Sugiro crianças e plantas 😉

crianças e plantas

No Feng Shui são trabalhadas as boas energias e a harmonização do lar e significa “vento e água”. Ou seja, o Feng Shui apresenta formas naturais de melhorar a energia dos ambientes e também das pessoas. As formas naturais são o Sol, o ar, o vento, a natureza, animais de estimação (e porque não crianças?!) A ideia é ter algum desses elementos circulando pelo nosso lar.

Aqui já temos a Capitu, nossa cachorrinha, muito Sol que passa por todo o nosso apartamento e ventilação não falta, inclusive gosto de deixar as janelas todas abertas para circular e renovar a energia dos ambientes. Uma coisa que sempre quis ter em casa, minha mãe tinha muitas, eram plantas. Por certa preguiça de cuidar, confesso, nunca tive plantas. Eu mal lembro de tomar água, quem dirá regar plantas. Mas estou tentando mudar alguns comportamentos, hábitos, além de incrementar o nosso lar com mais toque feminino.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

11

comente!

27 abr 2016

Irmãos juntos no quarto

Benjamin e Stella são irmãos que dividem o mesmo quarto e nunca tinha falado isso aqui. Só me dei conta disso quando uma leitora me perguntou

Pinterest

Pinterest

As perguntas mais frequente quando estava grávida da Stella e não sabíamos o sexo era: e como você vai fazer com o quarto? e se for menina?! A preocupação era basicamente como eu decoraria o quarto sem saber o sexo, e, se fosse menina, algumas pessoas afirmavam que eles não poderiam dividir o mesmo quarto. Até marido era um pouco contra a divisão do quarto já que temos três quartos no apartamento. Mas eu sempre tive na cabeça que meus filhos dividiriam o mesmo quarto. E quem consegue mover a ideia da minha cabeça?!

Eu e minha irmã Luana dividimos o mesmo quarto a infância toda, até que crescemos e não aguentei mais a bagunça dela e falei pra minha mãe que queria o meu próprio quarto. Mas antes disso, guardo memórias doces de quando dormíamos juntas no mesmo quarto. As conversas, as noites sem sono, aquelas com pesadelo, as guerras de travesseiros, o silêncio, os estudos, as fofocas noturnas….
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

Página 2 de 7123456...Última