10 jul 2013

Sobre organização e desapego

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Eu odeio não gosto de inverno! Não simpatizo nem um pouco com os meses julho e agosto. São pra mim meses sacrificantes, arrastados, cinzentos, em que nada de bom acontece. Perceba, julho começou há dias e estamos no dia 10 ainda! Vai demorar para acabar, viu…

No entanto, já estamos no segundo semestre do ano! No dia 1º de julho, a amiga-mãe-blogueira Lelê postou no seu face algo do tipo: “Primeiro mês do segundo semestre do ano e o que você fez até agora?”. Fiquei me perguntando o dia inteiro o que tinha feito nos últimos 6 meses e vieram respostas nada convincentes: tirei férias, fiz um curso na ESPM; assisti alguns (poucos) filmes do projeto que consiste em assistir mais filmes; fiz junto com a arquiteta o projeto do meu apartamento; poupei; organizei a festa de aniversário do Benjamin; hum… e só.

Aí fui ler meu blog preferido sobre organização – Vida Organizada, da Thaís Godinho – e me deparei com o post Checklist de Julho 2013, que começa assim: Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

10 jun 2013

Entre pisos e juros

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Casa nova, casa sua. Organizar, arrumar e montar tudo do seu jeito. Mudanças! Podem ser boas, mas sempre traz um caráter babélico e exaustivo.

Compramos o apartamento na planta em 2010 e pensei que ficaria numa ansiedade profunda. Nada! Aconteceu tanta coisa de lá pra cá. A chegada do Benjamin, a transformação que isso trouxe para a nossa vida, só aí foi um evento e tanto.

Dá para contar nos dedos quantas vezes fomos ver o empreendimento crescer. Na verdade, quando fomos vê-lo, já estava enorme. Isso foi ótimo porque deu aquela sensação de como passou rápido. E nem acho que tenha sido só sensação, realmente esses (quase) três últimos anos voaram.
Só esse ano, contratamos arquiteta, fizemos o projeto do apartamento e recentemente começamos a pesquisar pisos. Primeiro foram os porcelanatos por um motivo bem básico: valor mais acessível. E porque algumas pessoas indicaram (a maioria indica até pela praticidade na hora de limpar do que outra coisa). Recentemente, fomos pesquisar os pisos de madeira, indicação da nossa arquiteta.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

08 mar 2013

Bolo de caneca

por
Gabi Miranda

Receitas, Terapia do lar

Uma vez por semana tem bolo no cardápio do lanche da escolinha. Minha sogra, para ajudar a minha vida, meu deu essa caneca linda (geralmente, não gosto de ganhar nada pra cozinha. Vamos combinar que utensílio para cozinha é presente para casa, mas essa caneca eu amei)!

image

Na própria caneca já tem a receita de bolo de chocolate. Essa semana fui testar, mas não coloquei chocolate (meu Ben não come ainda). A receita indica colocar todos os ingredientes direto na caneca e mexer ali mesmo.

image

A massa ficou linda e até saborosa. Levei ao micro-ondas por 3 minutos, conforme indicava a receita. E ficou assim….

image

“Desencanequei”….

image

Ficou apresentável, né? Mas ficou horrível! Ficou parecendo uma borracha, aquelas comidas falsas de mesa do café da manhã das novelas….

Experimentei e tinha gosto de massa de panqueca só que borrachuda. Não tive coragem de mandar um pedaço desse troço para o Ben.

Credito esse resultado a dois possíveis fatores: ou porque eu coloquei menos óleo do que a receita indicava e também não coloquei chocolate. Ou porque não tenho aptidão nenhuma para fazer bolos. Será esse atestado do meu fracasso com os bolos? Sinal para desistir?!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

26 fev 2013

Fotos reveladas e organizadas

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Posso não ser uma mãe das antigas, mas sou do tempo do álbum de fotografias. Gosto de revelar fotos, montar álbuns, folheá-los…

Incentivada pelo post Como organizar fotos digitais, da blogueira Roberta Lippi, nas minhas férias resolvi organizar as minhas fotos, só que as impressas. Ao contrário de muita gente (né, Dani?!), as fotos digitais aqui em casa são bem organizadas. Pudera, elas ficam sob responsabilidade do maridão, que organiza muito bem por pastas e ocasião/datas.

Com as fotos impressas acontece o contrário. São de minhas responsabilidades, não por nada, mas porque sou a que mais faço questão de revelar. Revelamos sempre por períodos espaçados, sei lá, a cada quatro ou seis meses. Não existe uma regra. Quando percebemos juntou um monte de fotos para revelar. Quando revelamos, elas ficam há dias, semanas, quiça meses, dentro do envelope amarelo da reveladora. Muitas vezes por falta de álbum decente. Muitas vezes por falta de coragem para arrumar. Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

07 fev 2013

Organizando a bolsa da mãe

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Outro dia (que na verdade já faz uns dois meses ou mais) estava sentindo minha bolsa pesada e resolvi conferir fazer à limpa. Afinal, a bolsa da mãe vive cheia de coisas. Observem:

bolsa da mãe

  1. Lenço umedecido;
  2. Trocador;
  3. Nécessaire de fraldas;
  4. Fralda de pano;
  5. Pen drive (2 unidades);
  6. Brincos;
  7. Óculos de sol;
  8. Carteira;
  9. Nécessaire (da mãe);
  10. Brinquedos;
  11. Crachá;
  12. Escova de dente;
  13. Revista;
  14. Caderneta;
  15. Carregador de celular;
  16. Porta cartão;
  17. Livros;
  18. A BOLSA! Meu xodó! Adoro seu formato porque cabe um montão de coisas.
  19. O item 19 estava no momento em minhas mãos registrando a foto: o celular!

Faltou a bolsinha de maquiagem, mas essa já fica no carro. Esses itens estavam na minha bolsa durante os dias da semana. Depois de uma análise profunda e existencial (para que eu preciso mesmo levar fraldas para o trabalho??? Que eu saiba ainda não dá pra trocar fraldas à distância!), alguns itens foram retirados (e pensar que a bolsa durante o final de semana é bem mais cheia, tanto que às vezes eu tiro a minha carteira e a coloco na bolsa do Benjamin…)
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

24 jan 2013

Vende-se essa casa

por
Gabi Miranda

Terapia do lar

(Esse post vai ser grande, pode ser lido em doses homeopáticas)

Era uma vez…

Sempre morei de aluguel, não por essa ser a minha maior aspiração. Em minha existência de 30 anos, morei em 5 casas. Foram períodos bem longos em duas delas, sendo que nas três primeiras foi com minha mãe e minha irmã. Uma das maiores lembranças da minha vida é o dia em que chegamos (eu e minha mãe) na primeira casa. Antes, pelo que entendo das lembranças, morávamos de favor na casa de parentes de 2º grau da minha mãe. Minha irmã, bem pequena, ficou nessa casa enquanto eu e minha mãe passamos a primeira noite na casa nova, só nossa, da minha mãe.

Era a maior conquista dela…

Conseguir alugar uma casa para morar com suas filhas, construir sua vida. A casa até era espaçosa: dois quartos, sala, cozinha, banheiro (que ficava na parte externa) e um quintal. Não tínhamos nada, nenhum móvel, eletrodoméstico, utensílio, NA-DA! Acompanhou-nos apenas um colchão de casal – onde dormimos a primeira noite e o eco das nossas vozes e dos nossos passos. Compreendi o motivo da Luana, minha irmã, tão pequena, não estar ali com a gente.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

9

comente!

18 jan 2013

Bolo de cenoura (super prático e fácil)

por
Gabi Miranda

Receitas, Terapia do lar

O ano começou e eu coloquei em prática um item da minha lista de promessas (domésticas?!) 2013.

Abri o forno e ouvi uma música de fundo: Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluuuuuia…!

A primeira vez na minha vida, ok, a segunda (porque consegui fazer um bolo de chocolate de aniversário pro Benjamin), que eu consigo fazer um bolo de verdade (sem ser de caixinha, se bem que nem os que eu faço de caixinha ficam bons – essa é a minha realidade nua e crua na cozinha).

A receita é uma das enviadas pela leitora-blogueira-mãe Mariana Mello, do blog Nenê Crescendo, que me enviou três receitas deliciosas!!! Escolhi essa primeiro porque gosto de bolo de cenoura e nunca tinha feito na minha vida. E me dei bem na escolha porque para a primeira tentativa, olha o resultado:

Bolo de cenoura

Além de lindo, o bolo ficou uma delícia!

Receita boa pra mim é algo como conhecimento, tem que compartilhar. Então, CTRL C CTRL V.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

tags: ,

27 dez 2012

Lista de promessas (domésticas?!) 2013

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Não há quem duvide, todo mundo tem sua lista de promessas e desejos para o ano novo. Sou a favor de planejamento, metas, foco. Mas calma lá, meu povo. O ano tem 365 dias! Uma coisa é você fazer um planejamento de vida, onde você estipula objetivo a longo prazo. Outra é fazer metas para objetivos anuais. Vamos aos exemplos:

Planejamento de vida: engravidar, comprar um apartamento, mudar de cidade ou de emprego.

Metas anuais: realizar uma viagem, fazer uma atividade física, ir mais vezes ao cinema, estipular saídas com o marido.

No final de 2011, encontrei o site Prometo.me e fiz a seguinte lista de promessas:

1) Poupar dinheiro;
2) Realizar uma viagem;
3) Mudar de emprego;
4) Ir mais ao teatro;
5) Ir mais a shows;
6) Fazer mais programas românticos com o marido;
7) Planejar a entrega e decoração do apartamento;
8) Gastar mais tempo com a família e amigos;
9) Não dar ouvidos a reclamações alheias;
10) Ser mais feliz, positiva e mais leve.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

9

comente!

21 dez 2012

Cookies de Natal

por
Gabi Miranda

Receitas, Terapia do lar

Essa receita é do Lindolfo Paiva, da Mr. Cheney (conhece aqueles cookies deliciosos?!). Eu AMO cookies!!! Quer me ver feliz, é só me dar uma caixa de cookies. Essa receita é muito simples e encontrei na revista Casa e Comida – que sempre tem umas receitas maravilhosas e práticas de fazer.

O nome certo é “Cookies de chips de chocolate e nozes”, mas aqui em casa é o Cookies de Natal, pois sempre faço nessa época.

Mãos na massa.

Tempo de preparo 20 minutos.

Cookies de Natal

Ingredientes

¾ de xícara de açúcar cristal
¾ de xícara de açúcar mascavo;
10 gostas de essência de baunilha;
1 xícara de margarina com sal;
1 ovo;
2 ¼ xícaras de farinha de trigo;
1 colher (chá) de bicabornato de sódio;
1 xícara de nozes picadas;
2 xícaras de gotas de chocolate

Modo de fazer

1. Preaqueça o forno a 190ºC. Em uma batedeira, bata bem os acúcares com a margarina e a baunilha. Desligue e acrescente os outros ingredientes, misturando bem com uma colhe até a farinha ser completamente incorporada à massa.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

tags: ,

14 dez 2012

Receita fácil para o Natal – Mousse (cremoso) de chocolate

por
Gabi Miranda

Receitas, Terapia do lar

Eu adoro mousse de chocolate. Tinha uma receita, boa por sinal, mas que dava preguiça de fazer por conta da lambança. Até que um dia eu descobri (no verso do rótulo de um creme de leite Nestlé) uma receita facinha facinha de fazer e delícia delícia de comer. O tempo de preparo é de aproximadamente 20 minutos. Sério!!! Ótimo para quem tem filhos, trabalha e não tem tempo suficiente para cozinhar.

Pega papel e caneta. Ou melhor, aperte o Ctrl+C e Ctrl+V.

Receita fácil para o Natal

Você vai precisar de:

1 lata de creme de leite
1 tablete de chocolate meio amargo, picado
3 claras
Meia xícara (chá) de açúcar
Raspas de chocolate à vontade (para decorar)

Mãos na massa:

Em um recipiente, coloque o creme de leite e leve ao fogo, em banho-maria, para aquecer. Junte o chocolate picado e mexa até que fique homogêneo (a ordem dos fatores não altera o produto, então não esquente se você esquecer a ordem e fazer como faço algumas vezes: colocar o chocolate para derreter e depois misturar o creme de leite). Reserve. Em uma panela, misture as claras com o açúcar e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, por cerca de três minutos (não pode passar disso senão cozinha o ovo e fica ruim). Transfira para uma batedeira e bata até dobrar de volume. Adicione delicadamente ao creme de chocolate. Coloque em taças ou num refratário e leve à geladeira por cerca de 3 horas. O mousse fica com uma consistência cremosa. Decore com as raspas de chocolate e sirva.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

Página 6 de 7Primeira...234567