22 fev 2017

Como declarar o Imposto de Renda 2017

por
Gabi Miranda

Destaque, Dinheiro

No próximo dia 01 de março, você já pode declarar o Imposto de Renda

.
A Receita Federal começa a receber as declarações de ajuste anual do IR e todos os cidadãos brasileiros que receberam mais de R$ 28.123,91 em rendimentos tributáveis em 2016, como por exemplo, salários, aluguéis ou rendimentos isentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte em valores superiores de R$ 40 mil devem declarar o IRPF 2017.

declarar o imposto de renda

É um momento de resgatar todos os documentos e fazer uma análise criteriosa dos gastos e ganhos que tivemos. Tem gente que não tem paciência para preencher os formulários com a devida atenção. Alguns preenchem o mínimo possível. Outros deixam essa missão para um contador. O preenchimento devido, permite que o cidadão recupere um bom dinheiro na restituição.

Há três anos, assumi a responsabilidade de declarar o Imposto de Renda. Ou seja, eu mesma faço meu IR. Nada contra contadores, até porque antes era a minha sogra (contadora) quem fazia. Mas gostei de assumir essa responsabilidade e acho que foi uma boa decisão, já que eu gosto de cuidar das minhas finanças. Nele, declaro despesas dedutíveis como investimentos de previdência, mensalidade escolar das crianças, convênio saúde, etc.

Leia também: como declarar o Imposto de Renda da família

.
A primeira vez que fiz foi mais trabalhosa, mas agora já é mais fácil. Sou caxias para certas coisas e o IR é uma delas. Morro de medo desse negócio de malha fina, portando não omito nenhuma informação. Todas as informações solicitadas pela Receita Federal, são facilmente encontradas se os caras cruzarem as informações com extratos bancários, faturas de cartões de crédito, etc. Então, acho bem careta esse negócio de querer bular o sistema.

A declaração de Imposto de Renda pode ser enviada até o dia 31 de abril. E não é de todo ruim deixar para enviar a declaração no final. A restituição demora mais pra cair na conta, mas enquanto não é paga, o saldo a constituir é corrigido pela taxa Selic, sem tributação sobre a correção. Isso significa que é um investimento com uma renda melhor que qualquer aplicação de renda fixa. Portanto, quem não tem pressa para resgatar essa bufunfa, pode ser uma opção deixar para fazer no final.

Veja o que muda no Imposto de Renda 2017

 

compartilhe!

0

comente!

Comente!