11 out 2016

Como funciona nosso planejamento financeiro familiar

por
Gabi Miranda

Destaque, Dinheiro, Maternidade

O planejamento financeiro é muito importante para manter saudável a situação econômica de uma família

planejamento financeiro

Cada família tem um jeito de controlar sua renda doméstica. Alguns juntam a renda toda num bolo só e outros mantem as rendas separadas e dividem entre si as despesas dos principais gastos: habitação, alimentação, transporte, escola, saúde, lazer e vestuário. Aqui em casa, mantemos nossa renda separada. Eu e marido sabemos da receita de cada um, não temos segredos, mas desde o início essa foi a melhor forma que encontramos para nossa família. Também não temos uma planilha geral onde anotamos todos os gastos da casa, cada um tem a sua particular e é assim que funciona o nosso planejamento financeiro familiar.

Eu já disse que nem sempre tive uma relação saudável com o dinheiro e marido, na época namorado, me ajudou muito nesse processo. Foi depois que saiu nosso apartamento que conversamos abertamente sobre como seria nosso planejamento financeiro familiar. Já tínhamos o Benjamin, mas até ali nunca foi necessário estabelecer regras, a única que tínhamos era a divisão das contas e a partir daquele momento foi necessário redefinir as despesas de acordo com as rendas. Fizemos uma planilha listando todos os gastos gerais e nossos salários, a partir daí definimos quem ficaria responsável por cada despesa. Temos várias despesas, assim como qualquer outra família, mas basicamente ficou 50% para cada um. E claro, cada um tem suas despesas individuais como conta de celular, vestuário, farmácia, etc, que não entraram na divisão. Também sempre tem um mês que entra uma despesa inesperada, e conversamos para quem fica mais viável arcar.

Já tentamos ter uma conta conjunta para pouparmos um dinheiro juntos, mas não foi pra frente e acabamos cancelando. Cada um poupa individualmente também. Mas não é porque fazemos um planejamento financeiro familiar separado, que não temos organização e disciplina. Sempre estamos conversando sobre como está o orçamento de cada um e sabemos a importância de poupar algum dinheiro. Estamos de alguma forma envolvidos num planejamento familiar e usamos alguns métodos para nos organizar, como:

  • anotar todos os nossos gastos, mesmo que em planilhas individuais;
  • estabelecemos prioridades nas despesas da casa (eu já disse que tenho uma ajudante a cada 15 dias, podíamos ter para duas vezes na semana? Sim, mas não é nossa prioridade);
  • poupamos dinheiro e estamos ensinando o mesmo ao Benjamin;
  • planejamos todas as nossas compras e gastos com antecedência. Por exemplo, há meses nossa televisão da sala de estar queimou e trouxemos a TV do quarto de hóspedes para a sala e estamos planejando comprar outra agora no final do ano. E ficamos atentos aos gastos de final de ano (Rematricula, material escolar, uniformes, etc);
  • evitamos o uso do cartão de crédito e compras parceladas (pagamos absolutamente tudo à vista, aproveitamos para pechinchar um desconto. Raramente compramos parcelado);
  • evitamos desperdiçar alimentos e uma coisa que funciona para nós é fazer compras semanais do que será consumido naquela semana;
  • economizamos e fazemos reservas;
  • e definimos metas! Queremos sair para jantar fora, trocar de carro (algo que fizemos esse ano), fazer uma viagem legal, um curso, etc… para essas coisas, sempre definimos metas.

Leia também como organizar suas contas

 

 

compartilhe!

2

comente!

2 respostas para “Como funciona nosso planejamento financeiro familiar”

  1. […] Leia também: como funciona nosso planejamento financeiro familiar […]

  2. Adorei saber disso tudo, Gabi! É BEM diferente de como fazemos aqui em casa, como já te contei. Eu era bem organizada com nossas finanças domésticas antes do filhote nascer, mas depois que me tornei mãe abandonei completamente minha planilha de gastos e o controle das despesas. Como o maridão assumiu essa parte e tem funcionado razoavelmente bem, eu meio que me acomodei. Mas o jeito dele não é nada parecido com o meu (ele mantém as contas em dia e só – não há um controle de gastos). Aí sempre fico com aquela sensação de que poderíamos estar fazendo melhor, sabe?

  3. Amoooooo ler suas dicas de economia… preciso muito aprender com suas dicas… Tenho muita dificuldades com contas, vc sabe disso.. rsss

Comente!