20 mar 2017

Como ser feliz no trabalho

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Trabalho

Quando eu era criança sonhava o que eu seria quando crescesse. Não pensava no trabalho como algo negativo. E vivia brincado de secretária. Por muito tempo, quando era bem pequena, eu pensava que seria secretária. Eu era feliz no trabalho! Já crescida, eu tinha dúvida entre duas profissões: psicologia e jornalismo. Escolhi a segunda opção e não fui muito bem sucedida. Eu tinha uma visão romântica da profissão. E por ter um pai jornalista, isso reforçava meus sentimentos. No fim, nunca exerci a profissão, embora tenha sempre trabalhado no ramo editorial e feito alguns freelas, o que talvez não me deixa cair numa frustração.

Mas a verdade, é que quando somos crianças, não pensamos no trabalho como algum ruim. Nem imaginamos que um dia estaremos torcendo para hora passar rápido para então chegar ao fim do expediente.  Só quando crescemos temos uma visão real do que é trabalhar. É responsabilidade na veia. Muitas vezes é chato pra caramba. É como tudo na vida. Não é perfeito, mas também não é a pior coisa que pode nos acontecer. Percebo que muitas pessoas não gostam do que fazem. Outras vivem insatisfeitas com o seu trabalho. Tem as que trabalham e odeiam. Já falei aqui que adoraria passar mais tempo com meus filhos, mas eu não conseguiria parar de trabalhar, por exemplo. Eu não me vejo cuidando da casa e das crianças. O trabalho me completa. E por vários motivos.

Eu adoro me arrumar para sair pro trabalho, adoro ter a possibilidade de encontrar meus colegas e trocar experiências. Sejam experiências profissionais ou pessoais. A vida não é perfeita em nenhum setor, mas podemos encontrar a felicidade em cada área. Inclusive, ser feliz no trabalho. Atualmente, vivendo essa turbulência de crise econômica no país, muitas empresas diminuindo seu quadro de funcionários, conseguimos enxergar e valorizar melhor o que temos. E agradecer. Eu sou completamente grata pelo meu emprego e por estar na empresa em que trabalho. Lugar que me oferece a oportunidade de contribuir para as condições de vida que temos em família.

É claro, nem sempre sou feliz no trabalho, tem fase que quero sumir, acordar e mudar o rumo da vida, porque me sinto sufocada e pressionada demais. Mas tenho alguns truques para me manter feliz no trabalho.

É possível ser feliz no trabalho

 

  1. Tenha amigos no trabalho

    Faço parte de um círculo de amizade composto por mulheres incríveis. Embora tenhamos todas personalidades fortes, somos bem diferentes umas das outras e nos completamos no trabalho e na vida pessoal. Brigamos com a mesma facilidade que nos damos bem. Tem dias, como na sexta-feira passada, que acordo com o peito cheio de alegria por tê-las na minha vida. É fácil encarar o trabalho, sabendo que tenho o privilégio de conviver com elas.

  2. Encare tudo como uma oportunidade

    Nem sempre vamos ser promovidos, mas devemos encarar as situações como oportunidades de crescimento. Saber se alegrar com um projeto novo, é uma forma de ser feliz no trabalho.

  1. Ajude alguém

    Ajudar um amigo no trabalho sempre pode nos fazer bem. E pode ser ajuda com alguma tarefa pessoal ou profissional. O que vale é ajudar. Eu quando me sinto atropelada pelo trabalho, procuro ajuda das meninas. Da área, sou a única com experiência apenas em um setor que é vendas diretas, todas as outras já trabalharam com vendas do Telemarketing, então elas sempre tem muito o que agregar ao meu trabalho.

  2. Pergunte e dialogue

    Sempre que tiver dúvidas, pergunte. Acho que precisa ter um pouco de coragem para perguntar. Sou dessas que antes de perguntar analiso mil vezes se a minha pergunta é boba. A verdade é que o que é bobo para alguns pode não ser para você. Então não tem jeito, tem que perguntar e dialogar sempre.

  1. Crie medidas que aumente sua satisfação com o trabalho

    Por exemplo, eu tento me vestir bem para sair pro trabalho. Isso faz com que eu comece o dia legal e me sinta bem. O ato de me vestir é a forma como vou encarar o mundo todo dia quando saio de casa. E assim preparo o terreno para receber as coisas boas que aquele dia de trabalho tem para me proporcionar. Também tento sempre fazer o meu melhor e chegar ao final do dia com a sensação de que fiz tudo o que podia. Isso pode ser um pouco estressante, mas também é gratificante quando conseguimos finalizar um trabalho, uma pendência.

  2. Deixe para amanhã

    Quando morava com a minha mãe, tínhamos em casa um quadrinho que dizia “não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje“. Adoro essa frase e levo (quase) ao pé da letra. Mas…. no trabalho sempre temos aqueles dias que não queremos fazer nada. Se não for nada que atrapalhe o andamento de projetos importantes, eu não vejo problema em deixar para amanhã. E também aprendi que não adianta se desesperar para resolver um problema no final do dia, quando já não será possível resolver naquele dia (principalmente,  quando dependemos de outras pessoas que já não estão mais disponíveis na empresa).

É possível ser feliz no trabalho sim. E nos momentos de crise, basta lembrar que sempre temos uma escolha. Tem gente que precisa do salário para viver, tem gente que não precisa. Não importa o motivo que o faz sair todo dia de casa para trabalhar, é preciso se reinventar sempre. Não temos que ficar no mesmo emprego a vida toda, assim como nem sempre precisamos ter um emprego fixo. Precisamos ser criativos. E acima de tudo, felizes!

E quando você estiver prestes a explodir no trabalho, escute uma música. Don’t worry be happy, pode ajudar a relaxar. 😉

compartilhe!

1

comente!

Uma resposta para “Como ser feliz no trabalho”

  1. Adorei o post, Gabi! Mesmo! Eu gosto do meu trabalho – na maior parte do tempo. É como tu dissesse, há altos e baixos. No momento, estamos num período de baixa. Eu sou chefe. E estou tendo que lidar com questões de estrutura abaixo do limite mínimo e insatisfação da minha equipe. Fico frustrada por gastar tanto energia com isso não poder focar no trabalho-fim. Mas sei que é fase. Respiremos fundo e sigamos em frente!

Comente!