11 out 2017

Feliz vida de casal

por
Gabi Miranda

Casamento, Destaque, Maternidade

Parece que foi outro dia que aceitei sair com ele e começamos uma vida de casal. Tudo começou  em meados de 2005. E durante alguns meses levamos aquele relacionamento nada sério, só de paquera, baladas, noites furtivas. Ele dizia que não era para eu me apaixonar por ele. Eu dizia o mesmo e afirmava: é mais fácil você se apaixonar por mim. Gente, isso era óbvio. Uma moça alegre, comunicativa, alto astral, no auge da juventude, sem compromissos, que bebia sem pensar no amanhã, que gostava de dançar… sim, era eu! Continuo sendo. Só parei de beber. Porque não é fácil o dia seguinte de uma pessoa que bebe e tem filhos. Rá!

Nos apaixonamos. Começamos a namorar. E todo mundo dizia que eu completava ele. Juro, não tô tirando isso da música Eduardo e Monica. Namoramos por 3 anos. Numa certa noite, ele chegou com um Kider Ovo, sim o chocolate, insistiu para eu abrir e quando abri tinha um pedido de casamento enrolado numa aliança. Ele sempre foi de fazer surpresas e continua sendo depois de tantos anos.

vida de casal

Casamos em 11 de outubro de 2008. Um dos dias mais felizes da minha vida. Celebramos nossa união numa cerimônia e festa lindas, do jeito que muitas moças sonham. Naquela época já era difícil fazer um casamento, mas não tão difícil como os tempos de hoje. Juntamos os trapos sem ter casa própria e fomos morar na casinha onde eu morava sozinha. Claro, fizemos uma escolha. Era festa ou apartamento. Fizemos uma sábia escolha. Festa. E dois anos depois compramos nosso apartamento na planta.

Em 2011 nossa família aumentou e o Benjamin chegou para alegrar ainda mais. Alguns anos se passaram e nossa vida ganhou esse formato que vocês conhecem. Somos 4. A vida mudou, o relacionamento também. A nossa vida já ficou de cabeça pra baixo, já virou pra cima, ficou de cabeça pra baixo de novo, virou e de reviravoltas vai seguindo. Claro que a vida com filhos é diferente. Muda a dedicação um com o outro. Assim como mudam os sonhos, as prioridades, a paciência e até a disposição. Exige de tempos em tempos uma manutenção no casamento.

E que bom que as coisas mudam, se transformam e pede manutenção de vez em quando. As pessoas de fora acham que temos um relacionamento perfeito, mas isso não é verdade. A gente briga, discorda, fica emburrado. Uma vez eu falei pra ele que eu conversaria com ele até envelhecer. E agora eu ficaria com ele em silêncio até envelhecer. Porque é muito bom estar ao lado de alguém e não se sentir intimidado quando o silêncio paira.

vida de casal

Quando paro pra pensar em tudo o que já vivemos juntos. Só consigo chegar a uma conclusão: tem muito amor envolvido. Nós só ficamos uma vez sem nos falar durante dias e foi no início desse ano. Porque depois de 9 anos, a gente descobriu que a vida, principalmente quando se tem filhos, nem sempre é conciliável. No início de um relacionamento, existe uma conquista, descoberta e todo um encantamento que envolve o casal. Quando os filhos chegam… aí é que são elas.

Nosso relacionamento mudou muito com a chegada das crianças. E nós também mudamos muito.  No entanto, temos uma coisa que não posso negar e é indiscutível entre nós. Parceria. Estamos longe de ser o casal da família margarina, mas somos perfeitos um para o outro. A nossa relação, nossos aprendizados, o respeito que temos um pelo outro, nossas imperfeições, nos tornam perfeitos.

Ele me irrita quando deixa a pia da cozinha suja. Mas ele tem tantos outros atributos. Não vou nem citar o pai que ele é. Porque ele é pai. E aqui vira discussão quando ele ganha elogios por desempenhar o seu papel paterno. Mas ele cuida de mim. E só de imaginar minha mãe satisfeita com isso, eu fico radiante de felicidade. Além de ser um parceirão da porra, ele cuida de mim. Ele apoia minhas loucuras. Ele me incentiva. Se for preciso, ele pula comigo do vigésimo andar.

Durante esses 9 anos cresci, amadureci e aprendi tanto com o marido. Ele me ensina sobre leveza e que nem tudo precisa de regra, nem tudo precisa fazer sentido, nem tudo precisa ser na hora e do jeito que quero.

Algumas vezes, o ser humano tem a incrível capacidade de esquecer o tanto de coisas boas que tem na vida. Eu mesmo sou dessas. Mas sei reconhecer que as coisas boas são tão mais grandiosas quanto as coisas ruins e os problemas cotidianos. Outro dia mesmo, estava voltando triste pra casa e foi só pensar nele e nas crianças, que mudou o dia.

Quando olho a nossa vida, só consigo pensar que só tinha que ser com você. Feliz 9 anos, feliz vida de casal feliz com filhos! 😉

vida de casal

Leia também: como ser feliz no casamento com filhos

 

compartilhe!

1

comente!

Uma resposta para “Feliz vida de casal”

  1. Lu Martiniano disse:

    Desejo mais trocentos anos de cumplicidade e amor! Sucesso, felicidades! ♡♥ Que a vida da sua família seja sempre doce, Gabis!

Comente!