18 ago 2014

Lavagem no ouvido: a retirada do cerume pode ser necessária ou não

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

Na semana passada, levamos Benjamin à otorrino pediátrica. Após respondermos várias perguntas, ela foi examinado e a Dra. identificou o que já sabíamos. Ele precisava fazer lavagem no ouvido.

Como desconfiávamos disso? Benjamin, em seus três anos de vida, teve umas três ou quatro ocorrências de otite. E nesses casos os médicos sempre indicam entrar com antibiótico – o que sempre prefiro evitar. Numa dessas ocasiões, com a pediatra dele (e não no PS), descobrimos que ele tinha tanta cera no ouvido que não dava para ver muito bem lá dentro, de forma a confirmar se era mesmo otite. Então a médica pediu para que eu ficasse atenta com os diagnósticos sempre dados como otite.

Em 2013, após sua última otite, fomos ao otorrino e ele confirmou que Benjamin precisava fazer lavagem no ouvido. Eu não tive confiança nele. Era um doutor já mais velhinho e seu consultório mais velho ainda onde se viam os instrumentos de metais e grandes.

lavagem no ouvido

Imagem Google

Tive uma impressão negativa e nunca mais voltamos.

Só que eu comecei a ver o ouvido do Benjamin completamente tampado. Eu via a olho nu e já me espantava, com uma lanterninha eu achava surreal e pensava: ele deve escutar tudo abafado. Há pouco tempo descobri que o fato dele não ouvir direito poderia causa-lhe dificuldades de aprendizado e prejudicar o desenvolvimento. Fiquei preocupada. O excesso de cera pode causar dificuldade de audição, além de dores no ouvido, coceira e zumbido (principalmente se entrar água). Benjamin vez ou outra reclamava de incômodo, assistia TV com o volume alto e me fazia repetir várias vezes a mesma frase (mas isso nem levo como indício, pois falo muito rápido e quase ninguém entende, imagine ele).

Cada caso é um caso

Não é todo mundo, muito menos toda criança, que precisa fazer lavagem no ouvido, nem toda hora. Existem pessoas que produzem uma quantidade maior de cera e nesses casos é bom uma visita no otorrino. Mesmo as que precisam fazer lavagem, é um procedimento feito a cada seis meses ou um ano.

A médica que fomos garantiu que a lavagem não dói, mas que o barulho da água podia assustar por conta do barulho que faz no ouvido. O procedimento é bem simples. A Dra. usou uma seringa de plástico que continha uma pontinha bem mole e fininha, e água morna. Eu segurei Benjamin no colo, marido segurou um recipiente abaixo do ouvido onde caiu a água e toda a cera. A médica não chega a enfiar a seringa no ouvido, apenas por fora superficialmente. O ouvido esquerdo estava sujinho e saiu uma cera espessa, já o direito – o que sempre me preocupou – saiu uma bolota de cera impressionante. Eu logo imaginei Benjamin escutando tudo alto e mais claro.

No caso da cera estar muito dura, é necessário pingar um remedinho para amolecer, para que a cera saia com mais facilidade. Eu já vinha usando um no Benjamin indicado por sua pediatra.

Importante: Não tente fazer esse procedimento em casa! No caso de dúvidas, consulte seu médico de confiança. Em casa, a limpeza do ouvido só pode ser feita por fora, não pode enfiar o cotonete, pois isso ajuda a afundar a cera para dentro. Não utilizar grampos, palitos e nenhum outro acessório pontudo para tentar remover a sujeira.

compartilhe!

7

comente!

tags: , ,

7 respostas para “Lavagem no ouvido: a retirada do cerume pode ser necessária ou não”

  1. Angela disse:

    Meu Deus minha filha vai passar por isso estou com o coração na mão, não sabia que crianças pequena fazia lavagem depois do post fiquei mais tranqula. Minha filha tem 4 anos ufa.

    • http://bossamae.com.br/novo/wp-content/themes/bossa-mae/img/img-coment.png Gabi Miranda disse:

      Angela, é bem tranquilo sim. Meu filho fez bem novinho. E nunca mais teve nenhum probleminha relacionado aos ouvidos.
      Boa sorte!
      bjs

  2. Bruna disse:

    Ola! Miha filha ta com isso. Qual otorrino pediatra vc fez limpeza? Poderia passar o contato pfv? Obrigada!

    • http://bossamae.com.br/novo/wp-content/themes/bossa-mae/img/img-coment.png Gabi Miranda disse:

      Bruna,
      Acredita que perdi o contato?
      Não lembro, mas era perto da República do Líbano.
      Esse é o tipo de contato que não se deve perder, eu sei.
      É muito difícil encontrar um bom otorrino, antes de chegar nela (era uma Dra.), fomos em dois que não gostei….
      Prometo que se achar, te passo. Mas procure bastante até encontrar um que lhe passe confiança.
      beijo

  3. Liri disse:

    Muito bom o post! Esse assunto era algo, que eu realmente ficava em dúvidas. Beijos

  4. Lele disse:

    UIA! eu morro de medo de limpar o ouvido deles e acabo limpando só por fora mesmo.
    Mas vou pedir para a pediatra me falar mais sobre isso na próxima consulta.

    beijos
    Le

Comente!