08 mar 2016

O milagre da maternidade

Milagre: “Não acredita em Deus? Tenha filhos.”

milagre

Denise Fraga costumava dizer essa frase ao ver o milagre dos filhos crescendo: “não acredita em Deus? Tenha filhos”. Acho que nunca acreditei tanto em Deus, até que tive meus filhos. Primeiro veio Benjamin me mostrando que milagres existiam e filhos eram prova viva disso. Depois chegou Stella refortalecendo toda minha fé, me fazendo enxergar que Deus pode lhe tirar algo e tentar preencher essa falta de alguma forma.

Benjamin foi a minha primeira conexão com Deus e a chegada da Stella me fez começar a rezar, a me comunicar, mesmo que de forma tímida, com os Deuses e até com a minha mãe que há dois anos foi fazer parte desse outro plano. Quando se tem filhos, nos munimos de livros e manuais a procura de uma fórmula para criarmos as crianças ou da melhor receita para curar aquele resfriado que insiste em não ir embora. Mãe vive com medo e cheia de angústias, queremos, acima de tudo, ser a melhor mãe e, de preferência, perfeita.

Rezar miniminiza nossas urgências, ansiedade e preocupações de mãe. Por isso, aconselho, reze. Reze para que nossos filhos fiquem bem na escola, para que durmam bem (e a noite toda), para melhorarem da gripe, para serem pessoas do bem, para afastar qualquer coisa (e pessoa) negativa da vida deles, para não esquecermos o horário do antibiótico, para não faltar saúde… e, principalmente, para agradecer. Agradecer o milagre da maternidade, a oportunidade de ver um filho crescer e se desenvolver desde o útero até a vida adulta.

Nesse curto período como mãe de dois, creio que a melhor receita mesmo para educar filhos, é uma pitada de fé, oração e afeto. As leituras são bem vindas, mas não adianta procurar fórmulas para saber lidar com as diversas situações e fases dos nossos filhos. Eles mesmo nos ensinarão diariamente mais do que qualquer livro, nos mostrarão o caminho e nos farão captar que fomos escolhidos por eles, para viver juntos, para (re)descobrir o mundo, para que todos colham dessa relação o seu melhor ou cumpram sua missão. Afinal, seu filho escolheu você. E isso muda tudo.

compartilhe!

1

comente!

Uma resposta para “O milagre da maternidade”

  1. Concordo plenamente! Para variar, escrevi uma poesia sobre isso:
    http://somelhora.com.br/index.php/2015/09/24/o-milagre-poesia-e-o-nascimento-de-um-filho/
    Cada uma com seu milagre 😉

Comente!