06 maio 2015

Punta del Este com crianças

por
Gabi Miranda

Maternidade, Viagem

A partir deste dia, fomos buscar o carro alugado para fazer nossa jornada à Punta del Este, que fica a cerca de 120km de Montevidéu. Punta del Este é uma cidade totalmente turística e possui as mais famosas e badaladas praias do Uruguai. Claro que na alta temporada do verão, tudo é muito mais movimentado, mas como fomos entre março/abril, pegamos uma cidade muito mais vazia, calma e tranquila. Ideal para ir com crianças, mas não tão bom para pegar praia (os ventos de lá costumam ser muito fortes e “disfarçam” o calor).

5º dia: logo cedo fomos à locadora pegar o carro reservado. Um minicarro na verdade, mas o suficiente para nossa viagem. E o pessoal da locadora instalou cadeirinha para o Benjamin sem cobrar nada mais por isso, ponto positivo para eles. Pegamos estrada, muito boa e tranquila por sinal, e, 120km e 2 pedágios depois, chegamos a Punta del Este. Parada rápida no hotel para deixar as coisas e colher algumas informações e fomos nós conhecer o museu-hotel-restaurante Casapueblo. Um lugar simplesmente inesquecível, dos mais lindos que já visitei.

Almoçamos com vista pro mar – e que vista… o Sol iluminava o mar de uma forma que só vendo pra entender, paradisíaco! -, depois fomos conhecer o museu do famoso e impressionante Carlos Páez Vilaró. Para mim, de longe, foi o lugar mais incrível desta viagem. Até o Benjamin ficou encantado com esta visita.

Depois de tanto encantamento, como já era fim de tarde e começou uma chuvinha, decidimos voltar para o hotel. À noite, o hotel que ficamos (Golden Beach Spa & Resort) ofereceu uma programação de Páscoa para as crianças, estendendo o horário da área de lazer, com brinquedos, desenhos, pintura no rosto e ovinhos de chocolate para os pequenos. Ben assistiu a Thinker Bell, em espanhol, e fugiu da pintura. Fez amizade e interagiu com algumas crianças brasileiras e uruguaias, jogou bola e bagunçou bastante. E depois ainda comeu todos os ovinhos que ganhou.

Punta del Este

Punta del Este

6º  dia: optamos por fazer o passeio da Ilha dos Lobos, que começou tudo muito bem, mas algo tinha de dar errado… Fizemos a reserva do passeio na recepção do hotel e fomos direto para o porto. O passeio consiste em pegar um barco e ir até uma ilha, uma espécie de reserva, de lobos-marinhos, há cerca de 10km da costa. Chegando lá, você pode alimentar os simpáticos e fofos bichos e, se quiser se aventurar, até nadar com eles. Muito bem, embarcamos.

Mas neste dia, devido aos fortes ventos, o mar estava agitado (ou “movido” como dizem por lá). Isso tornou o passeio uma verdadeira tormenta! Para se ter uma ideia, das 11 pessoas do passeio, quatro vomitaram no barco – e a grávida era uma delas. Chegando lá, o cheiro dos lobos-marinhos era muito forte (parecia cheiro de zoológico, sabe?!), ninguém sequer arriscou a pensar em nadar naquela região – fora a água fria. Fazendo contagem regressiva para a terra firme, voltamos ao porto. Não indico o passeio de forma alguma!

E por favor, lembrem-me de nunca mais por os pés num barco, além de me sentir mal, sinto-me irresponsável por colocar o Ben nessa jogada. Voltamos para uma rápida parada no hotel para recobrar os sentidos e saímos para um almoço light. Depois esticamos para uma passada na Igreja da Candelária e outro Farol. Para fechar o dia, fomos tirar fotos no Monumento dos Afogados, conhecido como “Los Dedos” – aonde tomamos uma chuva de areia – e uma rápida parada na frente do hotel-casino Conrad. À noite, para comemorar nossa sobrevivência, fomos a um restaurante ótimo, muito chic e muito gostoso, chamado Virazón. Uma massa espetacular, para esquecer o passeio da manhã…

Punta del Este

Punta del Este

7º dia: tiramos o dia para conhecer um pouco mais do centro de Punta del Este e suas lojinhas. Depois fomos até La Barra, onde existem praias mais afastadas e badaladas, mas muito procuradas pelos turistas. Passamos pelas onduladas pontes Leonel Viera e estendemos até Jose Ignacio, onde conhecemos mais um farol (deu pra perceber que tem vários no Uruguai, né?). Detalhe que o Ben adora os faróis, por causa de um desenho da Peppa Pig, em que um dos personagens trabalha no farol e grita: “nevoeeeeeiro!”.

Não teve uma parada em que o Ben não fez isso também! Na volta passamos novamente em “Los Dedos” e depois almoçamos no bacaninha restaurante Los Caracoles. Em seguida fomos à praia caminhar e o Ben se divertiu pulando de uma pedra para outra na beira do mar e catando conchinhas no chão, uma mais bonita que a outra. No fim de tarde, fomos na piscina aquecida do hotel, de onde o Ben não queira mais sair… Para variar, ele fez amizade com um amiguinho, desta vez argentino.

dia7

dia7_

8ª dia: agora chega, né! Dia de voltar pra casa. Pegamos estrada de volta, deixamos o carrinho no aeroporto e voltamos para nosso lar! Não tem coisa mais gostosa que viajar, conhecer lugares, culturas e pessoas diferentes, mas voltar para nosso porto seguro sempre é muito bom também.

dia8

Dica importante:

em Punta del Este, a alta temporada acontece em dezembro/janeiro. Na época que fomos, março/abril, a temperatura já não é tão alta e o comércio já não abre algumas coisas (tinham alguns restaurantes e lojas fechadas), mas em compensação, sentimos que a cidade era só nossa, como todos os pontos turísticos relativamente vazios e tranquilos. Pudemos aproveitar muito!

compartilhe!

0

comente!

tags: , ,

0 resposta para “Punta del Este com crianças”

  1. […] para o Uruguai (eu – grávida da Stella, marido e o Benjamin) que de Montevidéu fomos para Punta del Este. Vai ser a primeira vez que além de ficarmos 15 dias, vamos ficar quicando de cidade em cidade. […]

Comente!