13 jan 2017

Dicas para evitar picadas de insetos

picadas de insetos

Chegou o verão e com ele os indesejáveis mosquitos. O Brasil, por ser um país tropical, vive num clima quente e úmido, o que favorece a multiplicação de insetos. Como sabemos, muitos mosquitos são transmissores de doenças graves. Entre eles, o famoso Aedes aegypti, conhecido por transmitir: dengue, Zika, chikungunya e febre amarela. Chega essa época, ficamos atentos para evitar picadas de insetos.

Veja como se proteger do Zika Vírus

.

Essa é uma época em que devemos redobrar os cuidados, principalmente nas viagens. Tive conhecimento, através do Guia do viajante da Dra. Ana Escobar, de outros mosquitos transmissores. São eles:

Anopheles: transmissor da malária. Ele vive especialmente em áreas próximas de rios e lagoas. É encontrado nos seguintes estados do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. É um mosquito que tem hábitos noturnos.

Barbeiro: nome popular do inseto que transmite a Doença de Chagas. Está presente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A Doença de Chagas é causada por um parasita, chamado Trypanosoma cruzi, que penetra no “barbeiro”, seu agente transmissor, quando este pica pessoas ou animais contaminados. O barbeiro tem hábitos noturnos. E normalmente picam o rosto das pessoas. Daí seu apelido: barbeiro. Após a picada, defecam no local, fazendo com que as pessoas se cocem. Nessa hora, o Trypanosoma penetra na pele e atinge a circulação sanguínea.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

25 maio 2016

Dicas para tornar a ida ao dentista menos traumática

por
Gabi Miranda

Comportamento, Filhos, Saúde

Dente de leite e dicas para tornar a ida ao dentista menos traumática

dicas dentista com criança

Imagem Google

Aqui em casa não cansamos de cuidar dos dentes do Benjamin. Eu tenho trauma de dentista, não gosto de jeito nenhum e tinha pavor de imaginar meu filho na cadeira do dentista. Pois o mesmo dente de leite que fez cárie ano passado, voltou a dar defeito, dessa vez a cárie se instalou e cresceu, me assustou a rapidez com que isso aconteceu e mais ainda porque cuidamos para evitar esse tipo de coisa. Fizemos mais uma visita ao dentista e Benzoca teve que passar por outra obturação no mesmo dente que já havia feito, porém dessa vez foi tenso porque até anestesia ele teve que tomar. Dra. Helena, dentista, de nossa confiança, explicou: tem gente que cuida muito e tem cáries, tem gente que cuida pouco e não tem nenhuma. Ela descreveu eu e a minha irmã (que dificilmente teve cáries). Ou seja, tem pessoas com mais predisposição para cáries e tem que que cuidar muito, mas muito mesmo para evitá-las.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

02 maio 2016

Conjuntivite – de olho nela

por
Gabi Miranda

Destaque, Filhos, Saúde

Esse tempo seco e ar poluído deixam os pequenos mais vulneráveis à conjuntivite, fui pesquisar sobre essa doença para esclarecer o assunto e compartilhar tudinho com vocês

conjuntivite como cuidar

Stella pegou conjuntivite na última semana. Estava começando uma gripinha e achamos que um dos olhinhos remelentos era decorrente a isso, mas no dia seguinte esse olho foi ficando estranho, no outro dia os dois estavam infectados e não tínhamos mais dúvidas: conjuntivite. Com esse surto de doenças espalhadas por aí, não levamos ao pronto socorro, esperamos dois dias (sábado e domingo), até segunda-feira e conseguimos um encaixe com a pediatra dela que confirmou o diagnóstico. Eu estava limpando o olho da menina com água boricada, não façam isso!!! Antigamente até faziam isso, mas o correto é limpar com soro ou água filtrada. A sorte é que ninguém mais em casa pegou, mas rendeu uma semana de molho em casa, com os cuidados da pequena divididos entre eu e o marido.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

03 mar 2016

Cuide dos dentes de leite e definitivos do seu filho

por
Gabi Miranda

Destaque, Filhos, Saúde

Dentes de leite precisam de cuidados especiais como se fossem os definitivos

dentes de leite
Precisamos cuidar dos dentes de leite dos nossos filhos como se fossem os definitivos. Engana-se quem pensa que dentes de leite não dão cáries. Por que não daria? Por aqui, no final do ano passado e para nossa surpresa, Benjamin fez uma obturação num dos últimos dentes do fundo. Já fazia algum tempo, eu andava desconfiada de que esse dente estava esquisito, com uma manchinha escura bem pequenininha, mais parecia uma sujeirinha. Escovávamos e nada dela sair. Comecei a ficar incomodada e preocupada se podia ser uma cárie. Marcamos dentista e confirmado, cárie! Fiquei bem triste com isso porque foi como se eu não estivesse cuidando direito dos dentinhos do meu filho.

Embora estivesse desconfiada disso, fiquei surpresa uma vez que Benjamin não come doce nenhum (não que seja isso o único fator para criar cáries) e cuidamos muito bem dos dentinhos dele. Pelo menos era o que eu pensava. Ele mesmo não arruma empecilhos no momento em que precisamos realizar os tais cuidados. Desde bebê, quando ainda não tinha dentes, realizávamos a higienização conforme a pediatra nos ensinou, passando uma gaze na gengiva para tirar todo o excesso do leite, principalmente quando entramos com a fórmula. Quando os dentinhos surgiram, passamos a cuidar ainda mais. Sempre escovamos os dentes dele após as refeições e usávamos pasta sem flúor.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

27 nov 2015

Queda de cabelo após parto

por
Gabi Miranda

Gravidez, Maternidade

Três meses depois do nascimento do Benjamin, levei um susto quando meus cabelos começaram a cair. Eu não fazia ideia de que o cabelo caía tanto depois do parto. Dessa vez eu já estava ciente que aconteceria, mas não com tanta intensidade. Tem cabelo meu por toda parte da casa mesmo vivendo com ele preso. É normal queda de cabelo após parto, mas peraí, vamos com calma. Só não corro o risco de ficar careca porque passei centenas de vezes na fila do cabelo.

É comum toda mulher perder o cabelo a partir do 2º ou 3º mês do pós-parto. E não tem ligação direta com a amamentação, tem a ver com os hormônios. Durante a gravidez a queda natural do cabelo diminui por conta dos hormônios e o cabelo tende a ficar mais forte e bonito. O oposto acontece no pós-parto, pois os hormônios voltam ao normal e todo o cabelo que não caiu durante a gestação começa a cair em dobro.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

23 nov 2015

Dicas para evitar acidentes domésticos

Decidimos que Stella vai para o berçário, assim como Benjamin foi desde o início. Mas confesso que dessa vez estava mais insegura e cogitei colocar uma babá para ficar com ela em casa. Pensando nos prós e contras, um dos fatores decisivos, foi pensar nos perigos que temos dentro de casa, coisas que nós vemos mas que outras pessoas podem não ver e que basta um segundo de distração para a criança sofrer um acidente doméstico. Todos os dias vemos coisas do tipo nos noticiários. Eu sabia que os perigos existiam, no entanto não imaginava que são inúmeros os riscos que bebês/crianças correm dentro do próprio lar. Foi no evento da Saúde4Kids, Criando um ambiente seguro para o seu filho, que descobri: os perigos são maiores do que pensamos e toda a atenção do mundo é pouca.

Acidentes domésticos podem só passar de um susto, mas podem também trazer consequências graves. Segundo dados do Ministério da Saúde, no Brasil, acidentes representam a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos. No total, cerca de 4,7 mil crianças morrem e 122 mil são hospitalizadas anualmente. A cada morte de uma criança, outras quatro ficam com sequelas graves – o que pode gerar consequências emocionais, sociais e financeiras para as famílias.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

23 jul 2015

Dica de como limpar a banheira do bebê

banheira do bebê

Imagem do Google

Em algum momento já disse que vamos utilizar a mesma banheira que foi do Benjamin. Depois que Ben parou de usar, repassei para uma prima e agora ela voltou para nós novamente. Já faz alguns meses que minha prima trouxe de volta e a banheira estava estacionada num canto aqui de casa. E a gente pensa em tanta coisa: lista disso, daquilo, o que não pode faltar na bolsa e esquecemos que algumas coisas precisam de cuidados especiais, como por exemplo, higienizar alguns lugares que o bebê terá contato, para evitar germes e bactérias.  A banheira é uma delas.

Recentemente, recebi uma dica valiosa de como limpar a banheira do bebê e acabou servindo para limpar também o balde (conhecido também como ofurô) e até a mangueirinha do inalador que temos em casa e estava com um acumulo de sujeira. A dica é da marca Vim Cloro Gel, da Unilever, (reforçada pela Fabi, do Conversa de Mãe) um produto que também pode ser utilizado para limpeza de pisos, azulejos, ralo do box do chuveiro. Tome nota:
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

23 abr 2015

2 dicas de produtos para hidratar a pele na gestação e evitar estrias

por
Gabi Miranda

Gravidez, Maternidade

A pele na gestação precisa de cuidados especiais

As grávidas de primeira viagem, talvez não saibam – eu não sabia (!), mas é preciso cuidar da pele na gestação! Além de nos preocuparmos com alimentação saudável, exercícios, precisamos cuidar da pele também. Na gravidez do Benjamin aconteceu tudo muito rápido: passei mal no início, perdi alguns quilos e ganhei em dobro sem perceber num único mês. Um belo dia acordei e estava com o mapa do mundo desenhado em estrias escuras no bumbum e nas coxas.

As danadas das estrias surgem assim, repentinamente, com o ganho de peso rápido. E geralmente, acontece no segundo trimestre da gravidez. É mais ou menos assim: aumentamos de tamanho, a superfície da pele estica, as camadas mais profundas da pele (colágeno e elastina) rompem e PUUUUM!

Foi tenso quando me vi diante do espelho com aquele mapa de estrias porque ficou feio mesmo. Fiquei com medo daquilo se estender para a barriga, nem sabia se aquilo sairia um dia. Os lugares mais comuns das estrias estourarem são: coxas, nádegas, abdômen e seios. E o melhor a se fazer para prevenir o aparecimento das bandidas, é hidratar exageradamente a pele!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

30 out 2013

Produto do Ben: Shampoo Johnson’s (testado e aprovado)

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Recebi um e-mail de uma leitora perguntando o que eu usava no cabelo do Benjamin. A leitora relatou que achava o cabelo dele “tão lisinho, tão loirinho e deve ser tão cheiroso”. Ela me pergunta como pode ser tão liso e loirinho se “aparentemente” não tem nada a ver com os meus cabelos e com o do marido.

A cor do cabelo dele eu acredito que possa mudar. Benjamin nasceu com o cabelo escuro, caiu tudo e quando nasceu já cresceu da cor atual.

Desde que ele nasceu, usamos Johnsons Baby Shampoo, que tem um cheirinho gostoso de bebê e possui uma fórmula comprovada clinicamente, segundo o site da Johnson’s, que não arde os olhinhos do bebê/criança (da linha “Chega de lágrimas”). Realmente, Benjamin não chora, não coça e não reclama quando cai o sabão nos olhos.

shampoo

Não uso nenhum produto que promete deixar o cabelo da criança liso e até então não tinha usado nada para cabelos claros. Recentemente, usamos o Johnsons Baby Shampoo para Cabelos Claros. O produto não promete clarear os cabelos e sim realçar o cabelo claro. Mas não senti diferença e não gostei muito do perfume. Ele tem ingrediente natural de camomila e o cheirinho acaba parecendo o do chá. Esse também faz parte da linha “Chega de Lágrimas”, mas eu desconfiava que esse fazia arder os olhos da criança porque o Ben choraminga. Segundo o marido, é frescura da parte do Benzoca quando não quer lavar a cabeça. E de fato, tem dias que Benjamin não quer. Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!