01 fev 2017

Como tirar o passaporte da família

por
Gabi Miranda

Destaque, Viagem

Tirar o passaporte é mais fácil do que parece

como tirar o passaporte

Há pouco menos de três meses, renovamos nossos passaportes e fizemos os passaportes do Benjamin e Stella. Não conseguimos agendar para tirar o passaporte da família toda e então demorou um pouco mais, pois tivemos que ir direto na Polícia Federal para agendar um dia e depois voltar para finalizar. Nesse processo, a gente encontra informação errada na internet e até por telefone. Como não estava conseguindo agendar para todos da família através do site na internet, liguei e fui orientada a ir em qualquer posto da Polícia Federal para agendar a emissão do documento. Fui, perdi uma manhã de trabalho para chegar no local e me informarem que só podia agendar presencialmente no posto do DPF (Departamento da Polícia Federal), na Lapa.

Enfim, decidi fazer esse post para ajudar quem está nesse processo de tirar o passaporte da família. Essas orientações são para quem quer emitir o passaporte na cidade de São Paulo. O processo todo é mais simples do que parece, mas precisa de muita atenção em relação à lista de documentos solicitados.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

tags: ,

27 jan 2017

Motivos para viajar com filhos

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Viagem

motivos para viajar

Estou aqui num exercício para sair da preguiça que me agarrou desde que me tornei mãe de dois. Sempre fui preguiçosa por natureza, mas não para os prazeres da vida. Jamais para viajar. Uma das coisas que sempre gostei de fazer é viajar. Mas desde que Stella nasceu, quando penso em toda logística de uma viagem…. desisto e prefiro nosso lar. Sei que existem vários motivos para viajar com filhos, mas a preguiça estava me dominando.

Acho que tem também um pouco de trauma de quando viajei sozinha com os dois. Foi algo rápido nas mini férias que tiramos juntos em 2016. Por um compromisso de trabalho, marido teve que alterar seu voo e nos encontrou lá no destino. Eu fui antes sozinha com as crias e olha, vouticontá. Cada vez mais admiro as mães solteiras.

Nessa época de férias, fico vendo as famílias todas viajando e percebo o quanto isso é bom e importante para os pequenos. Não é só pelo fato de conhecer um lugar novo, mas viajar traz também conhecimento, desenvolvimento intelectual para as crianças e lembranças inesquecíveis. Segundo a a escritora paulista, Fernanda Braz, viajar é uma forma natural e divertida para as crianças aprenderem, criarem resiliência, flexibilidade e um exercício para desenvolverem a capacidade de adaptação. Pra mim isso faz todo sentido quando penso que viajei pouco na infância e acho que tenho até hoje problemas para me adaptar a dormir fora, por exemplo. Sem contar que viajar é somar histórias para nossa vida.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

tags: ,

24 jan 2017

Fralda MamyPoko me surpreende na qualidade e lança promoção imperdível

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Produtos

A escolha de qual fralda usar no bebê é sem dúvida um dos itens na lista de preocupação das mães. A melhor fralda descartável é aquela que não vaza, não assa o bebê e o deixa confortável. Se tiver preço bom então, deixa confortável o bolso da família e fica tudo perfeito.

Conheci as fraldas MamyPoko quando a Stella nasceu e fui surpreendida pela qualidade do produto. Foi a única fralda que não assou a baby bossinha enquanto RN. Agora, um ano depois, estamos experimentando a MamyPoko Fralda-Calça. Stella está naquela fase que não para mais quieta e esse modelo de fraldas é super adequado para bebês da idade dela, pela facilidade na troca.

mamypoko

MamyPoko é uma fralda com tecnologia japonesa e agora dispõe de uma exclusiva superfície ondulada que forma caminhos de ar, melhorando a ventilação, mantendo a pele do bebê sequinha por até 12 horas. Fizemos o teste antes de usar na Stella, e resultou na absorção de 5 copos de água sem vazar.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

25

comente!

13 jan 2017

Dicas para evitar picadas de insetos

por
Gabi Miranda

Destaque, Família, Maternidade, Produtos

picadas de insetos

Chegou o verão e com ele os indesejáveis mosquitos. O Brasil, por ser um país tropical, vive num clima quente e úmido, o que favorece a multiplicação de insetos. Como sabemos, muitos mosquitos são transmissores de doenças graves. Entre eles, o famoso Aedes aegypti, conhecido por transmitir: dengue, Zika, chikungunya e febre amarela. Chega essa época, ficamos atentos para evitar picadas de insetos.

Veja como se proteger do Zika Vírus

.

Essa é uma época em que devemos redobrar os cuidados, principalmente nas viagens. Tive conhecimento, através do Guia do viajante da Dra. Ana Escobar, de outros mosquitos transmissores. São eles:

Anopheles: transmissor da malária. Ele vive especialmente em áreas próximas de rios e lagoas. É encontrado nos seguintes estados do Brasil: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. É um mosquito que tem hábitos noturnos.

Barbeiro: nome popular do inseto que transmite a Doença de Chagas. Está presente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A Doença de Chagas é causada por um parasita, chamado Trypanosoma cruzi, que penetra no “barbeiro”, seu agente transmissor, quando este pica pessoas ou animais contaminados. O barbeiro tem hábitos noturnos. E normalmente picam o rosto das pessoas. Daí seu apelido: barbeiro. Após a picada, defecam no local, fazendo com que as pessoas se cocem. Nessa hora, o Trypanosoma penetra na pele e atinge a circulação sanguínea.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

11 jan 2017

Vacinas que precisam estar em dia para viajar tranquilo

por
Gabi Miranda

Destaque, Filhos, Saúde

vacinas que precisam estar em dia

Ahhh… chegaram as férias! Época de viajar com a família. Fazemos lista do que levar nas malas, roteiro de viagem e um monte de coisas. Mas será que lembramos de tudo? Para viajar tranquilo mesmo, não podemos esquecer um item fundamental: as vacinas que precisam estar em dia. Todas as pessoas, crianças ou adultos, se vão viajar ou não, devem estar com as vacinas atualizadas. É claro que precisamos dar uma atenção maior para as crianças e cuidar da saúde delas.

Recentemente, recebi o Guia do Viajante, por Dra. Ana Escobar, onde tem várias dicas para viajar tranquilo. Uma dessas dicas é exatamente sobre vacinas. Dra. Ana explica cada uma das doenças e sobre as vacinas. Abaixo, compartilho as informações.

Leia também: Como manter segura a carteira de vacinação do seu filho

Se você vai viajar pelo Brasil, fique atento em estar em dia com as seguintes vacinas:

Tétano

A vacina antitetânica é dada rotineiramente para os bebês a partir de 2 meses de idade. São 5 doses, sendo a última aos 5 anos. A partir daí todos devem receber doses de reforço pelo menos a cada 10 anos.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

22 dez 2016

Meus livros em 2016

por
Gabi Miranda

Destaque, Livros

Uma das minhas metas de 2016 era ler pelo menos 10 livros. Acabei superando a meta e li 15. Pode parecer pouco, mas só quem é mãe entende. Antes da maternidade eu lia dois, três livros ao mesmo tempo. Quando o Benjamin nasceu, o ritmo caiu bastante e um ano depois consegui voltar a ler um pouco mais. Quando a Stella nasceu vi que ter dois filhos era vida louca. Foi quando me coloquei essa meta. Muita gente pergunta: como você consegue ler com dois filhos, trabalhando fora, mantendo o blog?

Eu consigo ler porque desde que voltei a trabalhar da licença maternidade da Stella, passei a andar de condução. Pensei que isso seria um sofrimento pra mim, mas de início comecei a pensar o lado positivo e de cara veio a leitura. Meu momento de leitura é no metrô. Quando esqueço meus livros, confesso é meio chato. Mas quando tenho um livro na bolsa, a viagem se torna agradável. Algumas vezes li antes de dormir – o que eu fazia muito antes da maternidade. Mas agora, eu deito e durmo mesmo, raramente leio. Então a resposta para a pergunta acima é: leio meus livros só andando de metrô!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

12 dez 2016

Lista de material escolar: o que pode ser solicitado

Taxa de material escolar é proibida, veja o que pode constar na lista de material escolar do seu filho

lista de material escolar

Fim de semestre, hora de fazer rematrícula! Junto com aquela lista de coisas a pagar vem a taxa ou a lista de material escolar. Os pais questionam a escola o que contempla a lista de material e, passados alguns dias, vem uma lista de materiais com uma carta informando que a compra de material é coletiva, mas de uso exclusivo das crianças.

Os pais analisam a lista de material: placa EVA, prancheta, porta caneta, cesto organizador, post-it, escova para limpeza, caneta stabilo, pistola para cola quente, caneta esferográfica Bic…. Esses itens e outros mais. Quantos anos tem essa criança? Ok, não importa, afinal o que uma criança de 1 a 5 anos faz com post-it? E com pistola de cola quente? Escova para limpeza? Esse é o motivo por qual as escolas se limitam a apresentar a lista de material. Porque é proibido as instituições cobrarem taxa de material escolar de uso coletivo ou produtos de limpeza.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

07 dez 2016

Alergia alimentar: inclusão e receitas práticas

Eu nunca tinha parado pra pensar no assunto. A verdade é que não pensamos quando não nos afeta diretamente. Meus filhos não tem alergia alimentar, logo nunca tive que me preocupar com o assunto. Mas houve uma crescente de amigas ao meu redor com filhos com alergia alimentar. A gente não pensa, por exemplo, que crianças com alergia alimentar precisam de maior atenção nas festas infantis. Mas isso tem mudado. Nosso olhar materno faz a gente olhar além do próprio umbigo horizonte. A experiência com filhos também nos dá outra bagagem. Nossos filhos acabam se relacionando com muitos amiguinhos e entre eles pode ter uma criança com alergia alimentar. E aí entra outro assunto: inclusão.

Cada vez mais estamos preocupados e as empresas também começam a se movimentar num sentido de colaboração, inclusão e conscientização. A Danone Nutrição Especializada promoveu o 1º Workshop Fazendo a Festa para Crianças Alérgicas, entre elas a alergia à proteína do leite de vaca (APLV) – uma das coisas mais comuns no dia de hoje e com pouca informação a respeito. Segundo a Danone, a criança alérgica já é uma criança de risco nutricional. O leite, principal nutriente na infância, é obrigatoriamente excluído da dieta. Estudos mostram uma deficiência importante de proteína, cálcio e vitamina D em crianças alérgicas, menor peso e estatura e até um aumento no risco de fraturas. Se a substituição do leite e demais proteínas não for adequada, esses riscos nutricionais podem interferir no bom desenvolvimento e crescimento da criança.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

7

comente!

05 dez 2016

Ensaio fotográfico de Natal cheio de bossa

Ensaio fotográfico de Natal da Família Bossa Mãe

ensaio fotográfico de natal-bossa-mãe

Sempre gostei de Natal, mas convenhamos que ao longo dos anos essa data vai perdendo o sentido lúdico. Primeiro porque vamos crescendo e nos transformando. Segundo porque a vida vai tomando outros rumos, mudanças, perdas e ganhos. Para não endurecermos, vem a vida e nos presenteia com filhos. Ah… nada melhor que a vida com filhos! Para nos trazer de volta um olhar genuíno para as coisas simples, para fazer dessa época do ano continuar sendo mágica.

E para deixar marcado essa data, resolvemos fazer um ensaio fotográfico de Natal. Ao abrir as fotos, meu coração ficou submerso de emoção. A gente ainda não tinha feito fotos assim com a Stella maiorzinha e o resultado ficou lindo! O responsável por esse trabalho é o fotógrafo Ricardo, do estúdio Fermera Fotografia, de Santo André/SP.

Foi super difícil escolher as fotos para ilustrar esse post. Eu queria postar todas, mas resisti e fiz uma seleção (ficou um monte de fotos do mesmo jeito, rs). Enquanto eu passava de uma foto para outra, ficava embasbacada com o que o Ricardo conseguiu captar das crianças e da nossa família. O olhar da Stella, um gesto do Benjamin demonstrando o afeto dele pela irmã, nossos sorrisos sinceros e legítimos, nossa família cheia de amor. Estou apaixonada!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

25 nov 2016

Como desenvolver o hábito de leitura nas crianças

por
Gabi Miranda

Destaque, Livros, Livros infantis

Recentemente comecei a ler um livro com capítulos grandes para o Benjamin. Temos o costume de ler sempre livros de histórias curtas, dessas que se lê em minutos. E nos últimos tempos, três pessoas me falaram que começaram a ler livros com histórias grandes para os filhos. Primeiro uma colega me pediu uma dica para começar a fazer isso com o filho, eu não tinha como ajudá-la. Depois uma amiga disse que iniciou esse hábito. E uma das minhas primas comentou que está lendo Monteiro Lobato para a filha dela de 4 anos. Benjamin tem a coleção completa de Monteiro Lobato e eu não tinha pensado que podíamos começar a lê-los, achei que ele ainda fosse muito novo.

Comecei a refletir sobre isso. Em tempos de tecnologia avançada, as crianças nessa idade só querem ficar grudadas no celular ou ipad. Se tem idade para ficar jogando, assistindo filmes e até ouvindo histórias nesses aparelhos, tem idade para desenvolvermos o hábito de leitura também. Principalmente, com livros de histórias grandes. Além disso, dia desses li no site da revista Crescer, 4 dicas para seu filho aprender a esperar e uma delas é sobre contar histórias em capítulos, um pouco cada dia, como uma forma da criança aprender a esperar, ter paciência, já que faz ela aguardar o desfecho da história (rá! não me contaram histórias grandes quando pequena).
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

Página 4 de 26Primeira...234567...Última