15 fev 2017

Sorvete de frutas preparado no Processador de Alimentos para Bebês da Hamilton Beach

Recebemos recentemente, o Processador de Alimentos para Bebês da Hamilton Beach. E lá fui eu sem nem conhecer a máquina, gravar um vídeo testando o produto. Gosto disso, de testar e falar da minha experiência com sinceridade para os leitores.

Sobre o vídeo digo, apesar da timidez, da falta de traquejo, foi uma delícia produzir. Parecia que estava fazendo ao vivo. Era como se fosse, pois separei os ingredientes e, se algo desse errado, não tinha como voltar atrás porque não tinha mais os itens em casa. Ou seja, precisava dar certo para que eu pudesse formar minha opinião sobre o aparelho.

Sobre o produto, estou pensando até agora… COMO EU NÃO TINHA ISSO EM CASA ANTES?!

A primeira receita que fiz no meu processador, foi um sorvete de frutas e você confere o vídeo abaixo:

O Processador de Alimentos para Bebês

.

O processador de papinhas Hamilton Beach é ótimo para quem tem bebê em casa em fase de introdução alimentar. E para mamães, como eu, que trabalham fora, é uma maravilha. Sabemos o quanto a vida com bebê em casa é corrida. Precisamos otimizar nosso tempo para que possamos aproveitá-lo junto dos nossos filhos ao invés de passar o tempo todo na cozinha. Pensando em facilitar a vida de mães e pais, que a Hamilton Beach lançou o Processador de Alimentos para Bebês.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

8

comente!

25 mar 2015

{Vídeo patrocinado} O melhor sabor do mundo

por
Gabi Miranda

Publieditorial

Como diz minha amiga jornalista Patricia Cerqueira, Comida boa muda tudo:

“Comida boa tem poder. Poder de melhorar o humor, amenizar a dor, acalmar o coração. Comida boa tem poder de unir o que estava separado, amolecer o que era rígido, satisfazer o insatisfeito. Comida boa é tão poderosa que está nos versos de Vinicius de Moraes, na história de amor de qualquer um de nós, na nossa memória afetiva e na dos nossos filhos.Quem não tem no coração uma boa história de comida de infância, aquela que a vó, a mãe, a tia, a babá, a empregada fazia?“.

A comida tem poder afetivo. Conhecido como comfort food, termo existente no dicionário dos Estados Unidos, desde 1972, é aquela comida fácil de preparar, mas que carrega na lista de ingredientes pitadas generosas de amor, carinho, lembranças e histórias. Em meu coração tenho guardado boas lembranças com música, cheiros, comida. Na infância, eu não era fã de macarrão, mas minha avó paterna, Biga, fazia uma macarronada que eu não resistia. Comia de lambuzar os beiços. Esse prato era o que marcava os almoços dominicais de família, minha avó com seu avental amarrado na cintura, casa cheia, tios e primos reunidos sobre a mesa, aquele falatório alto, conversas (e até brigas), muitas risadas. Nunca mais comi um macarrão igual. Através da minha memória, volto à casa de meus avós toda vez que como algo semelhante, mas igual não há.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

13 ago 2014

Mãe na Direção: transforma os momentos a bordo em uma experiência única com os pequenos

por
Gabi Miranda

Maternidade

mãe na direção

Demorei a me tornar mãe na direção. Apesar de já ter carta de motorista há alguns anos, só vim dirigir após o nascimento do Benjamin. Tenho algumas amigas que só aprenderam a dirigir também com a maternidade. Essa realidade transformadora na vida de qualquer mulher. No início, o que mais me encorajava também me fazia morrer de medo. Dirigir sozinha com Benjamin a bordo! Pensava em tudo o que podia acontecer. E se ele fizer cocô? E se começar a chorar? E se ele golfar e eu não vir? Será que está bem seguro na cadeirinha? Será que o cinto está colocado corretamente?

Quando começava a me sentir mais segura, ele crescia e surgiam novas demandas e preocupações. Viajar com um bebê, então, era assustador: paroonde para trocar? Como armazenar a comida sem estragar? Que tipo de comida levar? E várias outras dúvidas acompanhadas da sensação ímpar de ir e vir com meu filho sem depender de ninguém.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

04 jun 2014

{vídeo patrocinado Lifebuoy} Árvore da Vida

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Você sabia que a cada dia, cerca de 5 mil mães perdem seus filhos antes deles completarem 5 anos por infecções como diarreia e pneumonia? Doenças que poderiam ser evitadas com um simples ato: o de lavar as mãos com sabonete. Lavar as mãos após usar o banheiro, ao chegar da rua, brincar.

Há um ano atrás, Lifebuoy adotou um vilarejo na Índia e ajudou a reduzir a incidência desses casos de 36 para 5%, simplesmente incentivando o hábito de lavar as mãos. Nesse lugar chamado Bitobe, manda a tradição, plantar uma árvore a cada criança que  nasce. Para muitas dessas mães, antes de seus filhos completarem 5 anos, o que permanece como lembrança é a árvore que cresce. É o caso da mãe Utari, que você vai conhecer no vídeo abaixo – campanha emocionante de Lifebuoy, que neste ano adotará o vilarejo Bitobe, na Indonésia, com o mesmo objetivo: conscientizar sobre a importância de lavar as mãos. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

13 fev 2013

O que seu filho quer ser hoje? (vídeo patrocinado por OMO)

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Eu já quis ser executiva, bailarina, guia turística (porque não tem coisa melhor que conhecer história e lugares), atriz, psicóloga até que um dia decidi ser jornalista!

O marido já quis ser lixeiro, dentista, guerrilheiro (estilo Rambo), astronauta, fotógrafo de águas vivas (e essa é uma longa história) até que um dia decidiu ser publicitário.

Ultimamente tenho observado Benjamin brincar e penso: o que será que ele vai ser quando crescer?

Nesse momento de sua infância, o que posso fazer é proporcionar momentos que o faça desejar alguma profissão, provocá-lo a sonhar, além é claro, de participar efetivamente desse processo criativo.

Aqui em casa uma das coisas que permitimos é a brincadeira livre, ou seja, não colocamos impedimentos como: não mexer na terra, não andar descalço, não brincar com água, etc. Não tem coisa mais chata que alguém impedir você de experimentar, principalmente quando se é criança, quando já não temos permissão para muita coisa. 

O que vale é se sujar! E uma das coisas que Benzoca curte é brincar com tinta (brincadeira que a mamãe aqui também adora!). Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

26 set 2012

O eBook do bebê

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Toda mãe quer registrar cada momento da gestação. Eu me arrependo de na gravidez não ter feito mais registros da barriga. Morro de inveja quando vejo esses vídeos sequenciais que mostram a evolução da barriga de uma futura mamãe.

Toda mãe quer ter recordação do crescimento do seu filho do nascimento até os 18 anos primeiros passos, primeiras palavras, primeiras vezes de tudo. Algumas ainda conseguem manter o registro no antigo livro do bebê. Eu tenho esse livro, ganhei de presente da Dani, minha amigona-mãe-já-de-dois. Mas nos dias atuais são tantas atribuições: trabalho, casa, marido, amigos, família, o filho crescendo e você esquecendo de atualizar o tal livro.  Quem nunca?

A era digital modernizou nossas vidas. E foi pensando especialmente nas mamães contemporâneas que a Dermodex Prevent desenvolveu o Programa de Relacionamento Dermodex Prevent. Com 8 aplicativos, o programa é fácil de navegar e proporciona o registro do desenvolvimento do seu bebê da gestação até os dois anos de idade (ou mais). Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

06 set 2012

E quando chega a segunda gravidez

por
Gabi Miranda

Livros, Puericultura

Preciso contar uma novidade para vocês…..

Fala-se muito sobre a primeira gravidez, encontramos inúmeros assuntos a respeito que esclarecem nossas dúvidas, mas porque ficamos grávidas uma vez, a segunda gravidez não merece a devida atenção? Siiiiim…! Recentemente foi lançado o livro “A segunda Gravidez”, da série “A bíblia da Gravidez”. Indispensável para quem está pensando em ter o segundo filho, o livro aborda assuntos e dúvidas comuns das mulheres que querem engravidar novamente (ou que já estão grávidas).

Todo mundo fala que uma gravidez não é igual a outra, logo nem tudo que é abordado na primeira gestação serve para a segunda. Um dos assuntos que achei apropriado no livro, são as dicas de como preparar o primeiro filho para a chegada do irmão (a). Mas o livro apresenta várias outras dicas como: o melhor momento para engravidar; rotina de consultas; cuidados com o corpo da mãe e com o bebê; amamentação (durante a gravidez – pode continuar amamentando primeiro filho (?!); e após o nascimento do segundo); cuidados pessoais; como preparar a casa para a chegada do segundo filho; como manter a relação com o parceiro (reservar tempo para vocês dois, intimidade, desejo sexual); parto (cesária e normal – independente de como foi o primeiro); além de preocupações da mãe de segunda viagem (sim, as preocupações sempre existem!). Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

29 ago 2012

Livros: aliados na formação e educação de crianças – Dica da Magazine Luiza

por
Gabi Miranda

Livros

Recebemos esse artigo criado pela equipe do Magazine Luiza exclusivamente para Bossa Mãe – que acredita no poder dos livros na formação e educação dos pequenos.

*

Promover uma infância feliz, que permita um desenvolvimento satisfatório dos pequenos, é um dos principais objetivos e preocupações dos pais. Essa formação pode ser facilitada por meio de brinquedos e brincadeiras específicas, conhecidas popularmente como “pedagógicas” ou “educativas”.

Assim, o ato de brincar, mais do que uma atividade lúdica, permite que a criança desenvolva suas habilidades, teste seus limites e, em suma, aprenda, literalmente, brincando.

Para desenvolver o lado cognitivo dos pequenos, desde a primeira infância, é possível trabalhar a imaginação e a criatividade com livros, que proporcionam estímulo para todas as idades. As crianças que têm acesso a estes recursos aprendem a reconhecer as cores, letras, números e formas, desde pequeninas. Além disso, os livros ajudam a desenvolver a capacidade de diferenciar figuras e trabalham a memória.

Para bebês e crianças de até 1 ano, os livros mais indicados são aqueles com cores vivas e vibrantes e confeccionados com plástico, que podem ser manuseados durante o banho. Os que são em 3D, com as figuras ‘saltando’ das páginas também são ótimos para os pequenos com menos de um ano. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

17 ago 2012

Pequena Fábula – Sorteio livros

por
Gabi Miranda

Livros

Quem aí gosta de Franz Kafka põe o dedo aqui! É vergonhoso o que vou dizer, mas particularmente acho as obras dele difíceis. O marido adora! Kafka foi um dos maiores escritores de ficção da língua alemã do século XX, com forte influência sobre a literatura ocidental. Em suas obras sempre retratou um mundo impessoal, burocrático e realista. Eu nunca tinha lido um livro dele até conhecer o mais recente lançamento da Editora Autêntica, novidade na Bienal do Livro.

Isso mesmo! Agora as crianças também poderão conhecer a obra de Franz Kafka e de forma mais simples. Mas aí você me pergunta: o que raios tem a ver Kafka com criança? Qual delas vai se interessar por ele? E eu te respondo: através de um conto para todas as idades, chamado Pequena Fábula . Uma obra com ilustrações de Enrique Martinez – com imagens no melhor estilo Kafka -, em que o autor conta sobre a vida de um rato que percorre as ruas de uma cidade, sentindo os muros e demais espaços se estreitarem, o acuando cada vez mais, até chegar a um beco onde o gato, que na verdade era quem o espreitava a todo o tempo, o espera. Um retrato da vida real, com seus perigos e armadilhas, muitas vezes inevitáveis. A narrativa é envolvente e intrigante. Clique e continue lendo!

compartilhe!

11

comente!

16 ago 2012

O ramo, o vento – Sorteio livros

por
Gabi Miranda

Livros

Gosto de poesia. Não falo de poesia que rima mamão com mão, rato com gato, planeta com violeta, Benjamin com Alecrim…falo de poesia abstrata, que fala do transitório, daquela, algumas vezes, sem sentido aparente. Sou filha de poeta. O que seria da vida sem a poesia?! Quero que meu filho goste de poesias, que encontre sempre o belo na simplicidade, que tenha sensibilidade para perceber a sutileza das coisas.

O livro de hoje é “O ramo, o vento” e reúne tudo isso. Ele é inteiro poesia, do texto às imagens. Fala dessas coisas perceptíveis por um segundo, aquele pequeno momento que apreciamos um pássaro numa árvore, seu canto. Da brisa em nosso rosto – o mesmo vento que balança nossos cabelos, as folhas, o vento que é nosso ar… E que está sempre presente, mesmo parado, mesmo em silêncio.  É, a poesia nos faz viajar….

Os poemas são do poeta e ensaísta mexicano Octavio Paz. Poeta consagrado, considerado um dos maiores escritores do século XX, ganhou Prêmio Miguel de Cervantes e Prêmio Nobel de Literatura. Suas obras são lidas em todo o mundo! Clique e continue lendo!

compartilhe!

12

comente!

Página 1 de 212