11 out 2017

Feliz vida de casal

por
Gabi Miranda

Casamento, Destaque, Maternidade

Parece que foi outro dia que aceitei sair com ele e começamos uma vida de casal. Tudo começou  em meados de 2005. E durante alguns meses levamos aquele relacionamento nada sério, só de paquera, baladas, noites furtivas. Ele dizia que não era para eu me apaixonar por ele. Eu dizia o mesmo e afirmava: é mais fácil você se apaixonar por mim. Gente, isso era óbvio. Uma moça alegre, comunicativa, alto astral, no auge da juventude, sem compromissos, que bebia sem pensar no amanhã, que gostava de dançar… sim, era eu! Continuo sendo. Só parei de beber. Porque não é fácil o dia seguinte de uma pessoa que bebe e tem filhos. Rá!

Nos apaixonamos. Começamos a namorar. E todo mundo dizia que eu completava ele. Juro, não tô tirando isso da música Eduardo e Monica. Namoramos por 3 anos. Numa certa noite, ele chegou com um Kider Ovo, sim o chocolate, insistiu para eu abrir e quando abri tinha um pedido de casamento enrolado numa aliança. Ele sempre foi de fazer surpresas e continua sendo depois de tantos anos.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!