20 fev 2017

Dicas para adaptar o sono do bebê com o fim do horário de verão

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Sono

dicas para adaptar o sono do bebê

Com o fim do horário de verão, precisamos atrasar o relógio em hora e temos que nos adaptar com esse novo horário. Alguns adultos acham mais fácil se ajustar ao fim do horário de verão, mas a mudança deixa as crianças um pouco confusas, inclusive o relógio biológico delas. E pode sim atrapalhar a rotina, afetando, por exemplo, o sono noturno. Para se adaptar ao novo horário, as crianças podem levar de 5 a 7 dias, depende de cada criança. Particularmente, acho mais fácil se adaptar ao fim do horário de verão, pois favorece a melatonina – o hormônio regulador do sono. Volta a escurecer mais cedo, fica mais fácil de colocar as crianças para dormir por volta das 19:00/20:00h quando a melatonina sobe.

Nesse período, muitas mamães ficam preocupadas em acertar a rotina do bebê. Esquecemos que as crianças são adaptáveis, podem sentir ou não a mudança do horário. E mesmo que sinta, conseguem se adaptar facilmente se seguirmos a rotina tranquilamente. Hoje compartilho algumas dicas para que pais e filhos não sofram com essa mudança. Abaixo, algumas dicas para adaptar o sono do bebê. Dicas simples mas úteis, que farão a diferença para se adaptar ao novo horário.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

09 dez 2015

14 dicas para o bebê dormir

por
Gabi Miranda

Bebê, Destaque, Filhos

Toda mãe (e todo pai) busca a fórmula perfeita para um sono tranquilo do bebê, principalmente, para que ele durma a noite inteira sem interrupções. Afinal, bebê que dorme a noite toda, fica revigorado e tem mãe descansada, produtiva, bem humorada, feliz e disposta o dia todo (rá!). Mas para os bebês adquirirem o hábito de dormir, precisam que os pais os ajudem a desenvolver tal habilidade. Não é uma coisa fácil estabelecer a rotina do sono, mas não é impossível. Também não tem fórmula certa ou receita poderosa para fazer o bebê dormir. Acho que tem uma coisa que é imprescindível: PACIÊNCIA. É preciso ter paciência para ajudar o bebê a dormir. Depois de algumas semanas, consegui estabelecer a rotina do sono para a Stella, compartilho agora 14 dicas para o bebê dormir a partir da minha experiência aqui em casa.

Blog_fotos-2015-5

14 dicas para o bebê dormir:

  1. Ensine o bebê a diferenciar o dia da noite
    Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

tags: , , ,

30 nov 2015

6 perguntas e respostas sobre sono do bebê

6 perguntas e respostas sobre sono do bebê

sono

O sonho de toda mãe quando tem um bebê é que ele durma a noite toda sem interrupções. Nos três primeiros meses isso é algo difícil de acontecer, pois a tendência é o bebê acordar de 3 em 3 horas (ou até menos) para mamar. Com o tempo, o bebê vai crescendo, consequentemente o estômago também e a fome começa dar uma espaçada. então o sono do bebê tende a ser algo mais tranquilo. Mas até o bebê ter uma rotina adequada para dormir, os pais já tentaram de tudo e estão exaustos.

Uma das coisas fundamentais para criar esse hábito, é estabelecer rituais desde o nascimento do bebê. Primeiro, é essencial ensinar a diferença entre dia e noite. Durante o dia não precisa evitar barulhos, iluminação (é até bom que os cochilos sejam feitos em um lugar com um pouco de luz), ouvir música. Já à noite, é bom não estimular muito o bebê, manter os ambientes com pouca luz, fazer uma massagem. Estipular uma rotina com horários para cada atividade e ficar atenta aos sinais que indicam o cansaço do bebê, contribuem, e muito, para o sono do bebê ser cada vez melhor.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

26 nov 2015

Rotina do sono: é preciso ter paciência

por
Gabi Miranda

Bebê, Filhos

Blog_fotos-2015_4

Benjamin tem 4 anos e nunca consegui estabelecer uma rotina do sono para ele. Desde bebê ele dorme por volta das 23h. No entanto, desde um mês e uma semana de vida, ele dorme a noite inteira sem interrupções. Diferentemente da sua irmã. Com Stella consegui estabelecer uma rotina do sono, porém ela ainda não dorme a noite toda sem intervalo (já avançamos um grande percurso e tenho fé que estamos prestes a chegar lá). O fato é que com dedicação e perseverança, conseguimos inserir o hábito de dormir na vida do bebê, mas não conseguimos exterminar as necessidades básicas que eles possuem, como: fome, frio, fralda suja, desejo de um colinho. Por isso, para estabelecer uma rotina de sono é preciso ter paciência.

Acho que até a questão de dormir cedo ou não, deve ter a ver com alguma predisposição do sistema neurológico de cada um. Tem pessoas que não precisam de muitas horas de sono e o mesmo acontece com as crianças, por mais que achamos o contrário. Benjamin dorme tarde, acorda cedo, está se desenvolvendo bem – isso é importante -, tem disposição, é bem humorado. Mas eu vivo lutando para que ele durma um pouco mais, pois me preocupa a vida dele durante o dia, principalmente na escola. Minha mãe sempre dizia que precisávamos de boas horas de sono para que no dia seguinte tivéssemos mais disposição em aprender e para o dia seguinte render melhor.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

05 nov 2015

10 atividades para estimular o bebê de 0 a 3 meses

por
Gabi Miranda

Bebê, Filhos

Imagem Google

Imagem Google

Engana-se quem pensa que não existem atividades para um recém-nascido. Atividades para estimular o bebê são importantes desde o início de vida. Para um recém-nascido cada hora e dia é uma grande surpresa. Mesmo tão pequenos, eles possuem grandes competências de ritmo, variação e, portanto, para desenvolvimento acima do esperado.

Pense um pouco: quando tem apenas 1 semana de idade, o bebê já é sete dias mais velho que no dia em que nasceu; no final do primeiro mês, ele está anos-luz à frente do que estava no primeiro dia; e o processo continua nessa velocidade. (Tracy Hogg, Encantadora de Bebês)

Esse progresso pode ser comprovado justamente quando fazemos atividade para estimular o bebê. E o que pode ser considerado atividades para o bebê? Tudo o que ele faz enquanto estiver acordado, até trocas de fraldas, mamadas e banho, são considerados atividades nessa época em que são tão pequeninos. Mas conforme as semanas vão passando, o recém-nascido passa a dormir menos horas durante o dia – o que é normal e de certa maneira ótimo, afinal ele não pode trocar a noite pelo dia.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

24 abr 2015

Seja a mudança que você quer na rotina do filho

por
Gabi Miranda

Uncategorized

É preciso ter muita força de vontade para mudar a rotina do filho

rotina do filho

Faz 8 meses (ou mais) que não levo meu filho ao pediatra.
Faz uns 3 meses que preciso levá-lo ao dentista e não marco.
Meu filho está dormindo tarde.
Estava dormindo no nosso quarto.
Porque ele diz que tem medo do escuro e de monstros.
E eu, mãe, no momento, não tenho coragem de brigar com esses monstros.
Toma banho tarde e com a gente (num revesamento entre eu e marido).
Está assistindo TV mais do que o permitido aqui em casa.
Aos 3 anos e meio joga vídeo-game.
Se deixar não larga o celular do pai (porque o meu eu não deixo pegar).
Coisa para qual é a única que estou batalhando para limitar tempo.
Está brincando menos ao ar livre.

E tudo isso tem me consumido. Não me orgulho nada. E tenho buscado energia para reverter essas situações. Todos os dias sou confrontada com aquela interrogação: sou uma boa mãe? se estou assim com um filho, como será com dois?
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

25 set 2013

Da série: rotina noturna

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Aqui em casa temos uma rotina noturna complicada, principalmente nos dias úteis. Trabalhamos longe de casa e Benjamin fica numa escolinha próxima do meu trabalho. Pegamos ele às 19:00 todos os dias e levamos aproximadamente uma hora e meia para chegar em casa. Pegamos muito trânsito todos os dias. Consequentemente Benjamin dorme no carro. Quando chegamos em casa, por volta das 20:30 ele acorda e o banho aqui ao invés de relaxar, parece que desperta ainda mais o pequeno, ele vai dormir meia-noite se deixar.

Há exatamente um ano, a rotina na hora de dormir já tinha passado por um processo de reeducação. Mas parece que não tem jeito, vira e mexe volta a ficar bagunçado, exige muita disciplina. Por isso tentei mais uma mudança na rotina do sono – já que o horário que chegamos em casa fica impossível mudar (só com carro espacial da família Jetsons). Acho que Benjamin tem uma rotina bem puxada, praticamente igual a nossa de adultos, o dia todo fora de casa e em atividade. Para acordar cedo estava sendo um sacrifício, porque Benjamin que sempre acordou muito bem humorado, estava dando um trabalho danado, chorando todas as manhãs. Para ele é muito cansativo, mesmo que tenha soneca da tarde. Fui motivada a adotar pequenas mudanças. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

13 ago 2013

Promessa de mudança de hábito

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Sabe promessa de final de ano? Eu estou assim com relação ao apartamento. Ando falando que vou fazer tudo quando mudarmos.

“Quano mudarmos….vou fazer a transição do Benjamin do berço para caminha”

“Quando mudarmos…. vou colocar o Benjamin na natação.”

“Quando mudarmos….vamos voltar a fazer as refeições à mesa.”

A mais nova promessa é: vou colocar uma rotina para tomarmos café da manhã, mas só….quando mudarmos.

Calma, Benjamin toma café da manhã! Quem não toma são os pais. Durante a semana, não comemos e bebemos absolutamente nada. Estamos sempre com horário apertado e não temos esse costume.

No entanto, Benjamin está crescendo e está na hora de implementarmos algumas rotinas para que ele tenha o costume. É o tal do exemplo.

Aos 32 anos, vivo ouvindo sermão dos meus pais e de tias sobre a importância de tomar café da manhã, que é a refeição mais importante do dia, dá mais disposição e ainda aumenta nossa capacidade de concentração. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

22 fev 2013

Rotina Compartilhada

por
Gabi Miranda

Comportamento, Maternidade

Aqui em casa não aderimos à cama compartilhada, mas recentemente adotamos a rotina compartilhada.

A rotina compartilhada consiste em dividir as rotinas do Ben entre os dois: pai e mãe.

Devo confessar que eu monopolizei duas das rotinas desde que Benjamin nasceu: banho e hora do sono. Sempre fui eu que dei banho e o fiz dormir. SEMPRE! Claro que algumas vezes deixei o marido fazer, mas era uma vez a cada 30 dias.

No início do ano propus ao marido:

– Vamos compartilhar algumas rotinas?

Ao que ele respondeu de bate–pronto, sem ao menos ouvir a proposta:

– Vamos!!! Você vai acordar mais cedo um dia sim outro não para cuidar dele?

(é SEMPRE o marido quem acorda mais cedo para arrumar o Benjamin antes de sairmos durante a semana)

Respondi: – Calma, não precisa radicalizar…

Bom, o que o marido não sabia era que a intenção da minha proposta era beneficiá-lo. Em segundo plano, juro, estava a minha intenção de ter uns breves momentos livres.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

20 fev 2013

A rotina na hora de dormir

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Aqui em casa não adotamos a cama compartilhada. Nada contra as famílias que adotam. Mas eu não gosto. No início até achei que adotaríamos, se tem um pecado que cometo (e afirmo), é a preguiça. É claro que é muito mais fácil ter a criança ali perto para você acudir ou dar de mamar quando ela acorda de madrugada.

Talvez a minha sorte tenha sido meu Ben dormir a noite inteira desde um mês e uma semana de vida. Mas nesse período de um mês que ele não dormia (literalmente) a noite toda pude comprovar o quanto é difícil ficar acordada, mas principalmente, ter que compartilhar a cama com um bebê.

Primeiro, é muito cansativo. Eu ficava moída, tendo que ficar num fio da cama e sempre com medo de me mexer, correndo o risco de dar uma cotovelada no rosto do bebê. Segundo, a intimidade do casal, que já é miníma ao quadrado quando o bebê nasce, vai para o espaço. Terceiro, o bebê cresce e inevitavelmente se acostuma a dormir com os pais. Colocar em prática qualquer rotina ou mudança, é bem mais difícil (até por comodismo e preguiça nossa) quando a criança já tem idade avançada. Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

tags: ,