11 set 2017

Todas as minhas amigas estão fazendo dieta

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Maternidade

dieta

Dieta, todas as minhas amigas estão fazendo uma. Juro. As amigas do trabalho. As amigas fora dele. Eu não saberia o que é isso se não fossem elas. Eu nunca fiz, a genética me favorece (beijinho no ombro). Mas sei que existe um milhão de opções. Dieta Dukan. Dieta seca barriga. Dieta macrobiótica. Dieta do ovo. Dieta Mediterrânea. Dos pontos. Dos 3 dias. Do carboidrato. Da proteína. Do Dr. Atkins (?!). Japonesa. Do limão. Líquida. Da lua. Dieta, dieta, dieta… e elas começam na segunda-feira.

Nada contra a quem faz. Mas quando as amigas entram em regime, eu sofro também. Além de ficarem chatas porque começam a se privar de comer o que gostam, falta caloria, elas deixam de comer tudo e negar convites para certas orgias alimentares. E gente, amo comer! E gosto de comer em boa companhia. Minha alimentação está longe de ser saudável. Mas eu como o que tenho vontade, sem medo de ser feliz (e de engordar, rá!). Há quem diga que sou magra de ruim. Meu manequim oscila entre 36 e 38.

Outro dia, lendo o livro “que ninguém nos ouça”, de Leila Ferreira e Cris Guerra, chorei de rir  e me identifiquei muito com um dos textos de Leila para Cris. Ela falava que nada é capaz de convencê-la que vale a pena passar fome ou deixar de comer cocada, goiabada com requeijão ou tomar sorvete para voltar ao manequim 38. Ela fala ainda sobre recusar abacaxi como sobremesa. Se tem uma coisa que recuso num restaurante, é abacaxi como sobremesa. Desde quando abacaxi (ou qualquer fruta sem calda de chocolate) é sobremesa, meu povo?

Aí as amigas falam brincando “que óóóódio que você é magra, Gabriela!”. Mas quem foi que disse que é obrigatório ser magra? Ah, essa bendita sociedade sempre ditando regras. Antigamente, bem antigamente, as mulheres mais cheinhas, eram consideradas as mais bonitas. Agora, preciso dizer algo para vocês minhas amigas, não basta serem magras. Precisa ser magra, ter barriga seca trincando e ser peituda. Ah, tem que estar tudo durinho. Então se você já teve filhos, o trabalho é intensamente em dobro. Não basta só dieta. Tem que fazer horas insanas de exercícios, plástica cirúrgica e o escambau. Precisamos mesmo é exercitar a autoestima! Concordo com a Leila nesse ponto também.

Quando eu era mais nova, eu odiava ser magrela. Sofria bullying por onde eu passava. Chamavam-me de Olivia Palito. Os meninos não se interessavam por mim. E eu tinha vontade de matar todos eles. Hoje já não tenho vontade de mata-los, mas já reparou que não existe a mesma cobrança em relação aos homens? Estejam do jeito que estiverem, a maioria são considerados charmosos. Bom, mas eu me acostumei com a minha magreza e com a chegada do primeiro filho, ganhei aí algumas curvas (ou melhor, alguns quilos que se instalaram adivinhem aonde…. sim, na barriga!). Mas desde então, passei a me aceitar mais. E agora só quero matar as famosas que saem da maternidade já impecavelmente como se não tivessem parido. E não é por inveja. É porque elas também são culpadas por enaltecer essa coisa da mulher magra. Elas também são culpadas por minhas amigas estarem fazendo dieta.

Quem foi que disse que só se é feliz se for magra (peituda e com barriga seca)? Dá pra ser feliz com restrição alimentar? Mais um ponto em que concordo com a Leila. Um dia que começa com café da manhã que consiste em um copo de leite de soja com uma colher de granola light, tem tudo para dar errado, amiga. Eu não acho que sou feliz por ser magra. Sou feliz porque como tudo o que eu quero sem restrição. Tem gente que começa uma dieta por uma questão de saúde, mas vamos combinar, é a minoria. Pelo menos as pessoas que conheço é aversão ao próprio corpo. Por não se sentir bem em determinada roupa. Ou por não entrar na roupa.

“Mulheres que se aceitam como imperfeitas são mulheres livres”, Leila Ferreira

Até as amigas virtuais começaram dieta. Detox celular. Sim, está virando moda fazer detox das redes sociais, consequentemente de largar o celular. Essa é a única dieta que cabe pra mim. Comecei há algumas semanas. Determinei horários para entrar nas redes sociais, whats e durante a semana quando chego em casa e aos finais de semana nada de ficar com celular na mão. Posso falar? Já acho difícil essa, imagina dieta com restrição alimentar? Se privar de comer coisas gostosas, de pequenos prazeres de vida, é pecado. Dá até fome só de pensar. Vou ali comer uma torta de chocolate, antes que eu pegue o celular. 😉

compartilhe!

5

comente!

5 respostas para “Todas as minhas amigas estão fazendo dieta”

  1. Gabriela disse:

    Só porque você é magra Gabriela.
    Hahahahah
    Adorei o post.

    Beijos no ombro

  2. Nayane Siqueira disse:

    Eu já falei: ” que ódioooo que vc é magra, ahahahah”!
    Sou uma das amigas do trabalho, das dietas.

  3. Hehehe adorei o texto! Super válida a reflexão! Mas nem tanto ao céu, nem tanto ao mar… cuidar da saúde faz bem, obrigada. E alimentação está contida nesse conceito. 😉

    • http://bossamae.com.br/novo/wp-content/themes/bossa-mae/img/img-coment.png Gabi Miranda disse:

      Cuidar da saúde sempre faz bem! Mas rola muita dieta para cuidar do corpo, algo mais estético mesmo. E aí as amigas param de aceitar os convites pra comer deliciosamente bem. rs

Comente!