28 abr 2015

10 dicas para amamentar sem neuras

por
Gabi Miranda

Uncategorized

amamentar

Das coisas maravilhosas que a maternidade traz, acho que não tem momento mais precioso que a amamentação. É aquela hora de maior vínculo com o bebê, no qual sentimos o calor do corpo um do outro, ficamos juntinhos trocando olhares com aquele ser que colocamos no mundo. Ah, o olhar…! O que é aquele olhar do bebê para nós enquanto amamentamos? E aquelas mãozinhas tocando a gente, meio que num carinho?! Aquela boquinha abocanhando nosso seio, num momento de satisfação quando encaixa da forma correta… É inexplicável, intenso e marcante esse momento. Fase ímpar que só nós mães temos o prazer de provar. Mas ao mesmo tempo que é incrível, pode ser muito difícil e doloroso para algumas mulheres.

Por isso, destaco algumas dicas que aprendi na prática quando o Benjamin nasceu:

1) Chegou a hora de amamentar! Procure um lugar tranquilo para esse momento e
curta-o. Se possível deixe o celular de lado.

2) Nessa hora, tenha uma garrafinha de água próximo a você, pois quando amamentamos sentimos muita sede e precisamos repor o líquido que perdemos durante a amamentação.

3) Dizem que o sucesso da amamentação está ligada à pega correta do bebê. Para isso tem todo um jeito especial da mãe segurar o pequeno: barriga com barriga, ou seja, o bebê precisa ficar com o corpo voltado para o corpo da mãe, cabeça um pouco levantada até o seio, boquinha pegando a aréola do seio e não só o bico. Se você estiver sentido dor, é sinal de que o bebê está pegando incorretamente, pois amamentar não dói!

4) Sei que pode parecer difícil, mas tente descansar nos períodos que não estiver amamentando. Estar descansada é fundamental e contribui para amamentação. Já o stress físico e emocional atrapalha e afeta diretamente na produção do leite.

5)   Se o leite estiver vazando o tempo todo, use conchas próprias para amamentação que podem ser encontradas em farmácias. Mas tome o cuidado de deixar os seios sempre limpos e secos.

6) Use um sutiã de algodão, próprio para amamentação com abertura na frente e o mais confortável possível.

7) Se você voltou ao trabalho ou precisa se ausentar por algumas horas, faça um estoque de leite. A retirada pode ser manual ou através de bombinha – existem as manuais e as elétricas, é preciso procurar a que melhor se adequa a você, tomando o cuidado de não machucá-la.

8) Armazenamento de leite materno: informe-se de como deve ser armazenado e por quantas horas.

9) Se você achar, perceber, intuir que o leite está secando, antes de tomar qualquer providência como, por exemplo, dar fórmula para o bebê, procure ajuda de um profissional. A pediatra do Benjamin foi quem me ajudou quando num dia meu leite praticamente secou. Leia meu depoimento AQUI.

10) Minha última dica, porém não a menos importante: peça ajuda! Em conversas com amigas, percebo o quanto elas sentiram falta de apoio familiar para amamentar. Se por um lado é um momento entre mãe e filho, o marido pode e deve se envolver e fazer parte desse período. Estar perto, acordar de madrugada para pegar o bebê e levá-lo até a mãe, fazer-lhe companhia, ler e se informar da importância e dificuldades que a mulher poderá encontrar nesse caminho, enfim, se preparar para dar estrutura nessa fase significativa na vida de todos.

compartilhe!

0

comente!

0 resposta para “10 dicas para amamentar sem neuras”

  1. […] que fiz sobre amamentação: A produção do leite e a importância da amamentação 10 dicas para amamentação sem neuras Amamentar – uma das experiências mais incríveis da vida […]

  2. Bossa Mãe disse:

    […] que fiz sobre amamentação: A produção do leite e a importância da amamentação 10 dicas para amamentação sem neuras Amamentar – uma das experiências mais incríveis da vida […]

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.