17 fev 2014

Casa bagunçada

por
Gabi Miranda

Organização, Terapia do lar

Nas últimas semanas de dezembro, doei e/ou joguei tanta coisa fora: cartas e fotografias, roupas e sapatos, livros e revistas, utensílios de cozinha e banheiro, móveis, etc…

Foram semanas de desapego e organização intensa, mesmo desentulhando, a casa continuava desarrumada, uma casa bagunçada.

Estava pensando se mostrava ou não como estava a nossa situação no apartamento, até que outro dia uma amiga me questionou: poxa, como está de casa nova? Pensei que você colocaria fotos da bagunça mudança no blog. Pois bem, acho que as imagens abaixo dá para ter noção da situação:

casa bagunçada

Quando tirei essas fotos, faziam três semanas que tínhamos nos mudado. E essa é só uma pequena parte. Nos primeiros dias a bagunça era pior e “oba oba”, mil maravilhas. Depois de algumas semanas já não estava mais aguentando conviver com tanta zona. Por mais que você destralhe ou doe coisas, a casa fica toda entulhada, principalmente sem armários. Pois é, mudamos sem a instalação dos móveis planejados, era caixa pra tudo quanto é lado e fiquei bons dias sem nem encontrar roupa. Engraçado que as coisas do Benjamin foram todas bem organizadas, não faltou nada pra ele.

Mas logo depois os móveis foram instalados e já deu para colocar ordem e lugar para cada uma das coisas. A casa está ganhando mais cara de lar. E depois conto em outro post como estamos no momento, prestes a completar três meses instalados.

Para finalizar, fica uma dica “De como orgnizar uma mudança de casa“. Eu tenho certeza que podia ter me organizado melhor. A minha sorte foi marido ter identificado as caixas, porque eu sabia que precisava fazer isso, mesmo assim não fiz e se ele não tivesse feito, teria ficado mais perdida ainda.

 

Leia também: dicas para renovar as energias

compartilhe!

0

comente!

Comente!