13 jul 2018

Dicas para usar caixas organizadoras

Tem gente que é louca por uma caixa organizadora, e eu me incluo nessa. É possível encontrar uma grande variedade de modelos, cores e materiais, para os mais diversos gostos e utilidades.

Mas não podemos nos empolgar e comprar qualquer caixa aleatoriamente, sem antes ter uma finalidade para ela. Pois corremos o risco de ter mais um item em excesso para contribuir com a bagunça.

A seguir listei algumas dicas para usar as caixas organizadoras:

1 – O primeiro passo de qualquer organização é destralhar

Manter apenas o necessário e o que realmente usamos. Não vamos perder tempo e dinheiro ocupando espaço e organizando tralhas numa caixa.

2 – Defina o que será organizado

O tamanho, o material e o modelo da caixa vão depender do que será colocado dentro dela. Verifique também em qual cômodo essa caixa ficará.

Caixas plásticas podem ser usadas em quase todas as situações. Caixas de tecido e papelão deverão ser evitadas em áreas úmidas como lavanderia e banheiro, pois podem embolorar facilmente.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

06 jul 2018

Leve a criançada para a cozinha nessas férias!

por
Gabi Miranda

Chefe de Papinha, Colunas

chefe de papinha

As férias escolares chegaram e muitas famílias ficam de cabelo em pé pensando no que as crianças vão comer nesta época, especialmente porque o risco de escorregar na tentação das guloseimas é maior.
leve as crianças para a cozinha nessas férias
 
Mas dá para manter a alimentação dos pequenos saudável durante o período de férias sem abrir mão do sabor, e você ainda pode aproveitar para convocá-los a ajudar na cozinha para preparar os lanchinhos. Para isso, escolhi algumas receitas que são super práticas.
 
A primeira receita é a GELATINA CASEIRA. A criançada adora gelatina, mas aquele pó pronto é cheio de corantes, conservantes e NÃO FAZ BEM. Por isso, a melhor opção é preparar a gelatina em casa, no sabor que você quiser.
 
Para fazer a gelatina, você vai precisar de cerca de 400ml de suco natural (ou suco integral, se quiser fazer a de uva) e 1 pacote de gelatina incolor (10g). 
 
Bata a fruta de sua preferência com um pouco de água até chegar na quantidade de 400 ml.

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

08 jun 2018

Não existe alergia a lactose

por
Gabi Miranda

Chefe de Papinha, Colunas

Você sabe as principais diferenças entre intolerância e alergia alimentar? Muitas pessoas confundem esses dois diagnósticos, achando não haver muita diferença entre eles. A verdade é que os quadros não são iguais! E um tratamento incorreto pode trazer riscos à saúde, especialmente se for uma alergia.

Para início de conversa, NÃO EXISTE ALERGIA À LACTOSE. Você pode ter INTOLERÂNCIA à lactose ou ALERGIA à PROTEÍNA DO LEITE DE VACA.

alergia a lactose

Vamos começar pela definição:

– “ALERGIA ALIMENTAR: reação adversa à proteína alimentar caracterizada por mudanças funcionais nos órgãos-alvo, mediada por um mecanismo imunológico (IgE). Geralmente transitória, de acordo com a maturação do trato digestivo (até 3 anos de idade).”

– “INTOLERÂNCIA ALIMENTAR: refere-se a qualquer resposta anormal a um alimento ou aditivo, sem envolvimento de mecanismos imunes. Normalmente deficiência de enzimas digestivas de açúcares (ex.: deficiência de enzima lactase para digerir a lactose do leite, causando intolerância).”

Um indivíduo que tem intolerância à lactose reage ao AÇÚCAR do leite, uma intolerância que ele pode levar para a vida toda e pode controlar com a ingestão de produtos sem lactose, que geralmente são alimentos que trazem a enzima lactase em sua composição.

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

25 maio 2018

A felicidade dos Brasileiros

por
Gabi Miranda

Coach de Vida, Colunas

A descoberta da Fórmula da Felicidade Sustentável

Ao longo da minha vida me questionei várias vezes como poderia alcançar a felicidade. E quem não? De forma instintiva, fui desenvolvendo as minhas atividades naquilo que gostava e que me dava prazer ou satisfação intelectual. Trabalhei duro gostando do que fazia, estudei, vivi em outros países, tive uma filha, mudei de emprego, trabalhei duro de novo, me divorciei, mudei de carreira e ainda me pergunto como faço para ser mais feliz.

Esse questionamento me fez entrar no projeto da Felicidade dos Brasileiros, um estudo que a CVA Solutions conduziu com o apoio da TheWill2Grow. Descobrimos várias informações interessantes sobre a nossa população e como as pessoas cultivam a felicidade.

Do total de 5.200 entrevistados em março de 2016, 33% estão insatisfeitos (nota de 1 a 6) com a vida, 41% estão felizes (notas 7 e 8) e 26% estão plenamente felizes (notas 9 e 10). A média da felicidade dos brasileiros é de 7,12, considerando notas de 0 a 10. Pessoas com mais de 55 anos são mais felizes do que jovens de 18 a 24 anos e, mais ainda, do que pessoas entre 35 e 44 anos das quais 34,7% declaram estarem insatisfeitas com a vida. Principal motivo: stress com o trabalho e com a falta de trabalho, renda ou sustento da família, falta de tempo para aproveitar as coisas boas da vida, entre outros fatores.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

18 maio 2018

Como organizar sapatos de forma prática e otimizada

por
Gabi Miranda

Colunas, Tudo Arrumado

A gente adora sapato, né? Mas com os espaços cada vez mais reduzidos hoje em dia, é necessário criatividade e técnica para saber como organizar sapatos de forma funcional e otimizada.

Antes de começar a organizar, faça uma triagem e separe para doação os pares que você não usa mais ou que machucam o pé. Separe também os que precisam de algum tipo de conserto e providencie.

Se possível, escolha um local seco e arejado onde os sapatos possam ficar todos juntos. O ideal é que eles não fiquem amontoados um sobre o outro, pois ficarão deformados. Agrupe-os por tipo: sapatilhas, tênis, botas, saltos, etc. Se a prateleira for profunda, o ideal é colocar um pé na frente do outro, assim você visualiza todos os pares e nenhum fica esquecido no fundo da prateleira.

Como organizar sapatos

 

Se a prateleira não for profunda, podemos colocar os pares lado a lado, mas com um pé virado para frente e outro para trás, ganhando assim espaço para mais um par.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

03 maio 2018

Não se desespere se o seu filho não come

– João, está na mesa, pode vir almoçar.
– Não quero comer.
– Mas tem que comer, daqui a pouco é hora de ir para a escola.
– Mas eu não quero.
– Não tem não quero. É hora de comer.
– Eu não querooooooooooooooooo.
(…)
– Ana, você nem encostou na comida.
– Ana, para de brincar com a comida e coloca na boca.
– Ana, se você não começar a comer agora, vai ficar de castigo.
– Ana, JÁ MANDEI PARAR DE ENROLAR E COMEÇAR A COMER.
(…)
– Mãe, eu só quero o macarrão sem molho.
– Mas tem que comer tudo, Pedro.
– Eu só quero o macarrão.
– Come um pouco da cenoura, você vai gostar.
– Eu só quero o macarrão.
– E o brócolis? Você nem encostou nele.
– Eu só quero o macarrão, já falei.
– Ai, tá bom, come só o macarrão, então.

Atire a primeira pedra quem nunca viu alguma das cenas acima idênticas ou bem parecidas.

Chega a hora da refeição e mais parece o momento de tortura do dia. A criança irritada, a mãe e o pai cansados e também irritados, a criança parece provocar mais ainda, pai e mãe acabam brigando entre si. E nada do filho comer. Acontece com você também, quando seu filho não come?

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

13 abr 2018

Dicas para organizar o guarda-roupa

por
Gabi Miranda

Colunas, Destaque, Tudo Arrumado

dicas para organizar o guarda roupa

Quando mantemos o guarda roupa organizado conseguimos ter uma  visão geral de tudo que temos, ganhamos agilidade na hora de escolher a roupa desejada e economizamos, já que não compramos itens em duplicidade.

Na correria do dia a dia pode ser difícil manter a organização, já que desempenhamos tantas funções, mas uma vez que cada item tenha um lugar definido, basta adquirirmos o hábito de devolvê-los para lá após o uso.

Dicas para manter o guarda-roupa organizado


1 – Comece com uma limpeza

Esvazie todo o guarda roupa e passe nele um pano com vinagre de álcool branco para higienizar e eliminar o mofo. Deixe as portas abertas para arejar. O cheiro do vinagre se dissipa em algumas horas.

2 – Faça uma triagem

Verifique item por item que você tirou e separe em pilhas para conserto, caso precisem de algum ajuste; doação, caso você não use há mais de um ano ou já não faça o seu estilo; ou lixo, caso não sirva para mais ninguém.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

06 abr 2018

Teste Equilíbrio na vida

por
Gabi Miranda

Coach de Vida, Destaque

Se tentar manter o equilíbrio na vida faz você se sentir um malabarista, você não está sozinho

equilíbrio na vida

Temos muitas demandas de tempo e energia que a vida pode parecer uma montanha russa desgovernada. Que tal fazer um teste sobre equilíbrio na vida?

Faça este teste Equilíbrio na vida para ver o quão bem você está cumprindo as suas responsabilidades e, ao mesmo tempo, reconhecendo e satisfazendo as suas necessidades pessoais e desejos.

Para cada frase, marque V para Verdadeiro e F para Falso.

Sugiro que separe uma folha em branco e um lápis ou caneta para ir anotando as suas escolhas.

Teste Equilíbrio na vida

teste equilíbrio na vida

  1. A única maneira que consigo gerenciar com sucesso a minha vida é cuidando de mim mesmo física e emocionalmente
  2. Aumento a minha capacidade de ajudar aos outros nutrindo a minha própria vida com conhecimentos e informações relevantes para mim
  3. Me alimento de forma saudável e faço exercícios regularmente
  4. Faço check-ups, vou ao dentista e tomo precauções com a minha saúde
  5. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

29 mar 2018

A guloseima pode esperar

por
Gabi Miranda

Chefe de Papinha, Colunas, Destaque

a guloseima

Sim, vai acontecer. Um dia o seu filho vai comer chocolate, jujuba, pirulito, bolo, brigadeiro. Vai chegar o momento de experimentar a bolacha recheada, a guloseima cheia de corante, o doce que é puro açúcar. Mas não precisa ser o quanto antes e você não precisa apressar essa apresentação.

“Se já vai comer mesmo um dia, por que esperar?”. Porque paladar não é algo que nasce pronto; ele é formado. A gente começa a pintar as primeiras nuances do paladar do nosso filho quando ele ainda está na barriga. Ele nasce e esse paladar segue sendo formado, inicialmente através do leite materno e depois, a partir dos seis meses, com a introdução alimentar.

a guloseima

As escolhas alimentares feitas na primeira infância serão determinantes na vida adulta e quem colabora para a formação desse paladar é quem apresenta os alimentos para o bebê. Se logo de cara ele conhece o sabor viciante e marcante do açúcar, a competição fica injusta para o sabor verdadeiro das frutas.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

23 mar 2018

A chegada de um irmãozinho

a chegada de um irmãozinho

Como ajudar os irmãos mais velhos a lidarem com a chegada de um irmãozinho, um novo bebê na família?!

Muitas crianças pedem um irmãozinho de presente, mas quando ele chega tudo o que ela quer é construir uma casinha de cachorro no quintal pro novo bebê morar lá, certo?

a chegada de um irmãozinho

É natural que a chegada de um novo bebê desencadeie uma série de comportamentos agressivos: bater, chutar, cuspir, morder – são sinais da frustração do irmão mais velho, que sente-se muitas vezes ameaçado pela presença de um novo membro na família. Embora isso seja perfeitamente normal, é importante que os pais sejam claros, reforçando que bater ou ferir o novo bebê não é permitido.

Além disso, comportamentos regressivos são muito comuns, como: a recusa de usar o banheiro quando a criança já está desfraldada, voltar a fazer xixi na cama, chupar o dedo, mudar a forma de falar para um jeito mais “de bebê”, demonstrar dificuldade de fazer tarefas simples sozinhas que antes eram rotineiras. Essa regressão é um meio para lidar e expressar a mistura de emoções que acontece quando um novo bebê invade sua casa.

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

Página 1 de 212