15 out 2018

Empreendedorismo Materno também é Papo de Criança

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Trabalho

Fui convidada pela psicóloga Domitila, CEO, do Instituto CBM, apresentadora do canal Papo de Criança e orgulhosamente minha prima, para um bate papo sobre mães empreendedoras e educação dos filhos. Meu assunto preferido nos últimos meses.

Papo de Criança

Empreendedorismo Materno também é Papo de Criança

Quem me acompanha há bastante tempo, sabe que há um ano minha vida tomou outro rumo. Fui demitida 4 meses após o meu marido também ter sido demitido. Porém, ser demitida foi a melhor coisa que me aconteceu nesse momento de vida. Antes do meu marido ser demitido, eu já tinha planos de pedir demissão para trabalhar home office e ter mais tempo para me dedicar aos meus filhos. As coisas não saíram bem como planejava, ma eu fiz literalmente do limão uma limonada.

Meus planos eram até simples. A ideia era ter uns freelas e fazer de casa. Contudo, os planos se transformaram e tiveram uma dimensão que eu não esperava, mas que estou amando. Junto com meu marido, abri a Mirtilo Comunicação, uma empresa voltada para produção de conteúdo digital. Hoje trabalho mais do que quando trabalhava fora. No entanto, tenho a liberdade de escolher como vou administrar meu tempo. E isso significa sim ter mais tempo para meus filhos. Sobretudo, para me dedicar na relação e educação deles, quanto para a parte mais administrativa e logística de quando se tem filhos. Aquela coisa de levar na escola, ao pediatra, ao cinema, na hora em que bem entender e melhor: sem ter que dar satisfação pra ninguém.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

27 set 2018

Está na hora de chutar o balde?

por
Gabi Miranda

Destaque

Há algumas semanas, realizei uma live no Instagram cujo tema era: como saber quando empreender. E durante algum tempo venho falando sobre trabalhar com o que a gente gosta e muitas pessoas me perguntam como foi o meu processo e que muitas vezes queriam chutar o balde. Acho que antes de largar o emprego, precisamos pensar em algumas coisas. Qual o seu sonho? O seu propósito? O que conversa com a sua alma?
chutar o balde
O meu trabalho antigo não conversava com a minha alma. E do que eu sempre gostei?! De escrever, conversar, ouvir histórias e contá-las. Por isso, escolhi ser jornalista, assim como meu pai. Mas não trabalhava na área. Então, virei mãe! E quando a gente vira mãe, as coisas passam a fazer mais sentido quando tocam o nosso coração, quando nos motivam. Não só isso!
Além de sentido, passamos a buscar mais dois aspectos importantes: liberdade/flexibilidade (gosto de pensar que hoje minha agenda está cheia de coisas importantes, de coisas que mexem com o meu coração) e fluxo (significa o seu envolvimento com o que faz, é quando o trabalho flui de forma natural, chega a nem ter cara de trabalho). Ou seja, seu envolvimento com aquilo é tão grande, que nada mais importa. É como eu me sinto na Mirtilo hoje. E claro, isso pode mudar. Porque afinal, as coisas são impermanentes. Inclusive, os nossos sonhos e desejos.

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

19 set 2018

Leis espirituais: aceite a impermanência das coisas

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Maternidade

Desde segunda-feira quando disse que ser demitida foi a melhor coisa que me aconteceu, tenho recebido lindas mensagens de seguidoras. Pessoas que me conhecem apenas pelo blog e redes sociais, dizendo o quanto é perceptível a minha mudança durante esse ano e o quanto eu inspiro elas. Uau! Sinto certa responsabilidade por isso. E fico pensando que elas só conhecem uma parte de mim.

Costumo dividir a minha vida em três partes. Antes e depois do Benjamin. E depois de perder a minha mãe. Foram os dois fatores mais transformadores da minha vida toda. E claro, com o episódio da minha mãe foi o que mais aprendi. Parece uma lei cósmica, mas quando sofremos, ganhamos resistência para enfrentar diversas situações e superar obstáculos que jamais imaginamos. A lembrança mais forte que tenho da noite em que estava perdendo minha mãe, foi de ligar para meu pai no Rio de Janeiro para contar o que havia acontecido e dizer: eu não vou conseguir sem ela. Inexplicavelmente, a vida nos dá uma força que nos impulsiona a vencer e superar qualquer dificuldade, até mesmo os grandes sofrimentos.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

17 set 2018

Ser demitida foi a melhor coisa que me aconteceu em 2017

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Trabalho

No dia 15 de setembro de 2017, fui demitida da empresa para qual trabalhei há mais de 8 anos. Na época, meu marido também estava desempregado, meu atual chefe sabia e me demitiu alegando corte da maior despesa da área. Não vou mentir. Apesar de ter desejado muito ser demitida, naquele momento, eu fiquei puta da vida. Não fiz tentativa nenhuma para ser forte. Chorei. Desabei. Fui tomada por muitos sentimentos. Contraditórios até. Era uma sexta-feira. E me dei o direito de sentir todos os sentimentos ruins naquele final de semana. Eu ainda não tinha certeza que ser demitida seria a melhor coisa que podia me acontecer.

ser demitida foi a melhor coisa

Na segunda-feira, acordei e decidi virar a página. Enfim, comecei a pensar em todas as possibilidades que estavam à minha frente. Antes de qualquer decisão, a primeira coisa que fiz, foi aproveitar as minhas férias na Itália com a minha família. E fui feliz em ver quantas coisas fascinantes o mundo oferece.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

14 set 2018

8 Dicas sobre o uso dos cabides

No mercado é possível encontrar uma infinidade de modelos e materiais para os cabides. A escolha vai depender do espaço disponível e do tipo de roupa a ser pendurada. Veja as dicas a seguir sobre o uso dos cabides e decida qual o modelo mais adequado para você.

Dicas sobre o uso dos cabides

1 – Verifique o espaço disponível no cabideiro

A largura dos cabides influencia diretamente na escolha. Se você tiver pouco espaço, opte pelos modelos mais fininhos, como os de veludo, por exemplo. Esse tipo de cabide também é interessante porque evita que as roupas escorreguem, principalmente as de tecido mais fino. Caso você tenha bastante espaço, pode optar pelos cabides de madeira, que são mais largos, resistentes e duráveis.

2 – Use cabides padronizados

Cabides padronizados deixam as roupas todas na mesma altura e o visual muito mais harmônico. O nosso olhar se direciona para as roupas e não para os cabides, agilizando a escolha das peças. Pendure os cabides com os ganchos voltados para dentro do guarda roupa, facilitando assim, sua retirada. Faça o mesmo com os ganchos das calças e bermudas.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

12 set 2018

Inspirações de Look do dia no Pinterest

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Maternidade

Você acredita que a roupa que usamos influencia o nosso dia?! Eu acredito! E o estado de espírito pode mudar de acordo com a roupa e a cor que usamos.  Tem dias que não estamos muito inspiradas para pensar em look do dia. E em outros a gente acaba repetindo as mesmas peças. Eu, pra falar a verdade, tenho dificuldade de fazer outras combinações. E confesso, tenho medo de arriscar quando se trata de look do dia. Considero que tenho um estilo básico. Já faz algum tempo que resolvi me colocar um desafio: tentar ser mais criativa na hora de montar os looks. É aí que entra a minha fonte de inspiração para look do dia: o Pinterest.

Isso mesmo, essa rede social queridinha, amada por todos é um poço sem fim de inspirações de tudo o que é tema. Inclusive, sobre o que vestir. Vez ou outra, posto no meu instagram meu look do dia (se você ainda não me segue lá, façaofavô de clicar aí: @bossamae). E, recentemente, tive a ideia de postar de onde veio a inspiração.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

10 set 2018

Como ensinar a criança a fazer xixi no banheiro

por
Gabi Miranda

Desenvolvimento, Destaque, Filhos

fazer xixi no banheiro

Estamos vivendo aqui o desafio de ensinar uma criança a fazer xixi no banheiro. Explico! Há um ano desfraldamos a Stella e foi um desfralde muito respeitoso e tranquilo. Ela estava com 2 anos e 2 meses, mas há alguns meses dava indícios de que estava pronta. A escola já havia tentado nos convencer disso, mas eu fui um pouco relutante. confesso. Recebemos dois avisos da escola e só no segundo eu respondi que Stella podia estar preparada, mas eu não. Sim, tem isso também, né? A família toda tem que estar pronta para o desfralde, principalmente a mãe.

Enfim, quando decidimos fazer o desfralde foi tudo rápido e tranquilo. Exceto quando viajávamos porque a Stella saia da sua rotina e preferia sempre fazer em seu penico. Ah, o penico! Nosso aliado na hora do desfralde. Mas chega uma hora que já deu, né? Aqui, porque não temos muito espaço nos banheiros, o penico acaba ficando num cantinho da sala, próximo a porta do banheiro. E isso já tem me incomodado. E lugar de fazer xixi (e coco!) é no banheiro.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

06 set 2018

Mavsa Resort: viajar com uma amiga faz bem à alma

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Viagem

Taí uma coisa que me faz bem: cuidar das amizades. E depois que casei e virei mãe, nunca mais tinha viajado com uma amiga. Eis que no último final de semana, eu e a Mari fomos para o Mavsa Resort. Numa viagem curtinha, mas suficiente para restabelecer nosso equilíbrio, bem estar e fortalecer ainda mais a nossa amizade.

O Mavsa Resort fica em Cesário Lange, interior de São Paulo, a apenas 2 horinhas. Rodeado pela natureza, é um lugar ideal para recarregar as energias. Oferece uma estrutura completa para adultos e crianças. Ou seja, é muito indicado para ir em família. Mas nós fomos sem filhos, sem marido. E posso dizer que é ótimo também! Oferece um sistema all-inclusive o que permite aos hóspedes ficarem à vontade no resort. E no caso do Mavsa, quando falamos all-inclusive, é ALL-INCLUSIVE mesmo(!!!), até bebidas alcoólicas.

Eu e Mari chegamos no meio da tarde da sexta e saímos no domingo após o almoço. Foi MARAVILHOSO! Ao chegarmos, fomos surpreendidas pela hospedagem. Colocaram-nos num dos chalés temáticos master: o Datcha e Royale – coisa mais delícia e aconchegante. Um chalé com 150m², varanda, sala, 2 camas Queen Size, banheiro, ducha, ar condicionado, TV, frigobar e… piscina privativa!!!!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

04 set 2018

Dicas de perfis de empreendedorismo no Instagram

por
Gabi Miranda

Destaque, Trabalho

Na semana passada, realizamos uma live no Instagram sobre empreendedorismo feminino: eu, Mari Brancatte (@maribrancatte) e Shirley Hilgert (@shirleyhelgert). Na ocasião, algumas seguidoras pediram dicas de perfis de empreendedorismo no Instagram. Prometi fazer um post com alguns perfis que sigo, adoro e acho que vale a pena compartilhar.

Decidir abrir um negócio não é fácil! E exige disciplina e rotina para gerenciar algumas coisas que são indispensáveis para o bom andamento do negócio. Por isso, é muito bom ter o apoio de empresas que possam nos empoderar em busca da nossa independência financeira. Antes de fechar qualquer curso, procure pesquisar todas as empresas citadas nesse post, buscar indicações, para então tomar uma decisão. Falo isso, porque muitas vezes os cursos são um investimento alto e esse é um passo importante na sua vida. Precisa ser algo que tenha valor e traga resultado para o seu negócio. Lembrando também que muitas dessas empresas, oferecem algumas ações gratuitas.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

31 ago 2018

Segurar o xixi faz mal à saúde?

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Filhos, Saúde

segurar o xixi

Por aqui vivemos o desafio de fazer o Benjamin não segurar o xixi. É incrível (e assustador) o tempo que ele consegue segurar o xixi. Se ele acordar às 06:30 e não fizer xixi, ele consegue segurar até meio-dia. E se a gente não lembrá-lo, ele segue segurando. Isso porque criança vive uma correria e tanto no dia a dia, né? É uma necessidade de não parar de brincar, que as necessidades fisiológicas vão sendo adiadas.

Toda vez que vamos à pediatra, eu relato isso para ela que, imediatamente, dá uma chamada no Benjamin e fala da importância dele não segurar o xixi porque pode fazer mal à saúde. Dia desses, recebi um release, no qual o urologista Fernando Almeida, garante que essa preocupação não passa de mito. E que não há evidências que associem o ato de segurar o xixi ao desenvolvimento de doenças.

E que doenças poderiam ser provocadas ao segurar o xixi?

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!