13 jun 2019

Congresso Socioemocional LIV 2019

por
Gabi Miranda

Desenvolvimento, Destaque

No último final de semana (dias 7 e 8 de junho), tive a oportunidade de participar do Congresso Socioemocional LIV 2019, no Rio de Janeiro. O objetivo do Congresso foi promover o debate e permitir que as pessoas ocupem novos lugares nessa conversa sobre educação, abrindo-se para diferentes opiniões. A programação do evento contou com importantes nomes do setor no Brasil e no mundo, como por exemplo, Edgar Morin (antropólogo e sociólogo francês), Lucia Rabelo, Marcos Piangers, Lazaro Ramos, Christian Dunker, Rosely Sayão, entre outros.

Mas o que é o LIV?

O Laboratório Inteligência de Vida (LIV) é mesmo um grande laboratório, diferente do que costumamos ver por aí. No LIV, não há tubos de ensaio ou microscópios, os experimentos são outros e tem a ver com habilidades socioemocionais. Ou seja, experimentar a vida, os sentimentos e os relacionamentos. É um programa desenvolvido pelo grupo Eleva Educação e que tem como objetivo promover a educação socioemocional de alunos das mais variadas idades.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

16 abr 2019

Stop Food Waste Day: Dicas para reduzir o desperdício de alimentos

por
Gabi Miranda

Alimentação, Comportamento

Você sabia que todos os anos, 1,3 bilhão de toneladas de comida são desperdiçadas no mundo? Isso significa que cerca de 1/3 de toda a comida produzida para o consumo humano vai para o lixo!!! Eu já imaginava que era grande o desperdício de alimentos, mas não imaginava que era tanto. Quando recebi essa informação, levei um susto!!!

Aqui em casa, vivo chamando a atenção para o desperdício de alimentos. Veja que no Brasil, as famílias desperdiçam em média 353 gramas de comida por dia, ou 128,8 quilos por ano! Além das calorias e nutrientes, estamos descartando recursos econômicos, sociais e naturais valiosos.

Para ajudar a mudar esse cenário, a GRSA|Compass traz para o Brasil pelo segundo ano a campanha internacional contra o desperdício de alimentos Stop Food Waste Day. O objetivo é conscientizar e engajar as pessoas para o consumo consciente e a redução do desperdício.

Stop Food Waste Day

A campanha acontece durante o mês de abril e tem seu Dia D no dia 24/4 com um evento aberto ao público na Unibes Cultural, em São Paulo. Nesse período, os envolvidos no projeto vão compartilhar bastante conteúdo com dicas e soluções para um consumo mais sustentável e engajar as pessoas nas redes sociais com o #DesafioPratoLimpo. Para ajudar, eles compartilharam comigo algumas dicas para reduzir o desperdício de alimentos.

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

15 abr 2019

Vacina da gripe: é a forma de prevenção mais efetiva

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

Outono vem chegando e com ele aumenta as incidências de gripes e resfriados. Nessa época do ano (abril) começa a campanha de vacina da gripe. Vale lembrar que a vacinação anual é a forma de prevenção mais efetiva contra a gripe. Aqui no Brasil, o vírus da gripe circula o ano todo e não apenas no inverno. Por isso é muito importante que todos tomem a vacina todo ano. Portanto, fique ligada nessas informações que recebi e achei importante compartilhar.

vacina da gripe

O que é gripe H1N1?

A gripe (influenza) é uma infecção viral respiratória aguda e altamente contagiosa! É mais grave do que um resfriado comum, podendo levar a complicações médicas sérias. A doença pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade. Sendo facilmente transmitida através da tosse, espirro e contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a ocorrência de casos da influenza pode variar de leve a grave e até levar a óbito. A hospitalização e o óbito podem ocorrer principalmente entre os grupos de alto risco. Quais são esses grupos? Crianças menores de 5 anos, gestantes, portadores de doenças crônicas e idosos. Em todo o mundo, estima-se que epidemias anuais resultem em cerca de 3 a 5 milhões de casos de doença grave. E cerca de 290 mil a 650 mil óbitos.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

tags:

06 mar 2019

Meningite meningocócica – a importância da vacina

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

Na última sexta-feira (01/03), a notícia da morte do neto de Lula, Arthur Lula da Silva, de apenas 7 anos, vítima de meningite meningocócica, abalou o Brasil. Eu, particularmente, fiquei muito chocada. Não é sobre o Lula, mas sobre uma criança de 7 anos que podia ser um dos meus filhos, o seu, o da vizinha, o de uma amiga. Esse é o tipo de coisa que mexe, principalmente, com quem é mãe. Fico pensando na dor dessa mãe, no que está passando pela cabela dela. E me dói. Quando uma mãe perde um filho, é como se todas nós perdêssemos também.

Durante todos esses dias eu tenho pensado no que aconteceu. Não entra na minha cabeça que essa criança não tivesse tomado a vacina. Será que foi manipulação errada? Será que estava vencida? Será que mesmo vacinado, as crianças correm o risco de pegar a doença? Não consigo entender. Eu sou do tipo neurótica com vacina. Não vacilo. Acho que porque a minha carteira de vacina é incompleta, preciso preencher a dos meus filhos. Brinco: não sei como estou viva! Claro que minha mãe deve ter me levado para tomar as vacinas. Mas como também nos mudamos muito durante uma fase de vida, talvez ela tenha perdido a carteira de vacina e a que tenho seja a que ela conseguiu guardar. Não sei.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

05 fev 2019

7 motivos importantes para vacinar seus filhos

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

O ano letivo começou e é um bom motivo para vacinar as crianças. Você sabia que em alguns estados do país, como Paraná e Espírito Santo, a caderneta de vacinação passou a ser obrigatória para a realização de matrículas em escolas públicas e particulares, como forma de atestar que os estudantes estão em dia com as vacinas recomendadas pelo Ministério da Saúde?

Pois é, a medida tem como objetivo a tentativa de reverter os baixos índices de imunização infantil, mas ainda não há uma regra federal sobre o tema. Em 2017, o país registrou os mais baixos índices de vacinação em mais de 16 anos. É muito triste pensar que algo importante como a vacina precise virar algo obrigatório em lei. As vacinas previnem casos de doenças sérias e independente de frequentar escolar ou não, todos deveríamos vacinar seus filhos. É através da imunização que protegemos nossas crianças de doenças como meningite meningocócica, poliomielite, catapora e pneumonia, que podem até levar a óbito, especialmente crianças pequenas. Além disso, as vacinas reduzem o risco de infecção, estimulando as defesas naturais do corpo, ajudando-o a desenvolver a imunidade à doença.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

01 fev 2019

Como montar uma lancheira saudável na volta às aulas

por
Gabi Miranda

Filhos

Voltaram as aulas, uhuuuuu! E com isso começa também aquela correria diária de montar uma lancheira saudável, separar uniforme, organizar mochila, etc, etc, etc. Confesso que aqui a maior dificuldade é a lancheira! A Stella come de tudo, o Ben nem tanto. E aí sempre caio no mesmo desafio: Como montar uma lancheira saudável para as crianças?

Pois eu tenho algumas dicas para transformar os lanchinhos escolares em opções deliciosas, saudáveis e nutritivas. Leia o post inteiro, porque a melhor dica sempre fica pro final. 😉

Como montar uma lancheira saudável na volta às aulas

como montar uma lancheira saudável

Evite repetições

Sei que é difícil, mas tente variar os alimentos para que a criança não enjoe facilmente. Com a Stella é até mais fácil fazer isso, já com o Benjamin… ela até me cobrou nas férias de não colocar tomate cereja na lancheira dela. Disse que um amiguinho sempre leva e ela adora.

Cuidado com os alimentos que precisam de refrigeração

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

11 jan 2019

Férias com filhos: Como criar tempo e se divertir com as crianças

Essa semana estava conversando com uma amiga o quanto é difícil a rotina cotidiana de férias com filhos. Uma coisa é você estar de férias com os filhos, porém viajando com eles. Outra bem diferente é estar em casa de férias com filhos. Ela me relatou os últimos acontecimentos e eu confessei que o meu problema era a rotina com eles. Porque enquanto eu estava viajando, estava totalmente relaxada, mas foi em três dias em casa, eu já estava enlouquecendo.

férias com filho

No entanto, era para estar mais enlouquecida se eu não tivesse feito uns combinados com as crianças. Quando voltamos de viagem, combinei que precisaria voltar ao trabalho também. Porém, eu poderia dividir o meu dia. Metade trabalharia e a outra metade faríamos algo juntos. Isso incluiria pelo menos 3 passeios durante a semana e atividades de lazer em casa mesmo. Para o Benjamin isso é mais compreensível e tem sido mais tranquilo. Para Stella não é tanto, mas estamos caminhando.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

10 set 2018

Como ensinar a criança a fazer xixi no banheiro

por
Gabi Miranda

Desenvolvimento, Destaque, Filhos

fazer xixi no banheiro

Estamos vivendo aqui o desafio de ensinar uma criança a fazer xixi no banheiro. Explico! Há um ano desfraldamos a Stella e foi um desfralde muito respeitoso e tranquilo. Ela estava com 2 anos e 2 meses, mas há alguns meses dava indícios de que estava pronta. A escola já havia tentado nos convencer disso, mas eu fui um pouco relutante. confesso. Recebemos dois avisos da escola e só no segundo eu respondi que Stella podia estar preparada, mas eu não. Sim, tem isso também, né? A família toda tem que estar pronta para o desfralde, principalmente a mãe.

Enfim, quando decidimos fazer o desfralde foi tudo rápido e tranquilo. Exceto quando viajávamos porque a Stella saia da sua rotina e preferia sempre fazer em seu penico. Ah, o penico! Nosso aliado na hora do desfralde. Mas chega uma hora que já deu, né? Aqui, porque não temos muito espaço nos banheiros, o penico acaba ficando num cantinho da sala, próximo a porta do banheiro. E isso já tem me incomodado. E lugar de fazer xixi (e coco!) é no banheiro.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

05 set 2018

Como os livros infantis podem ajudar na educação do seu filho

por
Gabi Miranda

Educação, Filhos, Livros, Livros infantis

Além de ser muito prazeroso, o hábito da leitura traz diversos benefícios para adultos e crianças, tais como: aumento do vocabulário e do repertório cultural, fortalecimento dos vínculos familiares e estímulo da empatia e do senso crítico. Mas, além disso, a literatura também é uma ótima aliada de pais e educadores(as) na educação dos pequenos. Com toda a sua ludicidade e linguagem leve e acessível, os livros infantis são ideais para auxiliar na rotina das crianças – alimentação, higiene e desfralde – e para tratar temas difíceis – como medo, bullying, perdas, separação e saudade.

Pensando nisso, o Blog Leiturinha listou 7 livros infantis que abordam questões como essas, mostrando que, além de ser fundamental para o desenvolvimento infantil e para a vida, a literatura também pode ser um ótimo apoio na educação dos pequenos. Confira!

7 Formas como os livros infantis podem ajudar na educação do seu filho

1. Conversando sobre bullying

O bullying é caracterizado por qualquer ato de violência, seja física, psicológica ou emocional, direcionada, repetidamente, a alguém, podendo gerar consequências na formação da personalidade do indivíduo. Confira, então, um livro para conversar com seu filho sobre o tema:

Morcego Bobo
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

31 ago 2018

Segurar o xixi faz mal à saúde?

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Filhos, Saúde

segurar o xixi

Por aqui vivemos o desafio de fazer o Benjamin não segurar o xixi. É incrível (e assustador) o tempo que ele consegue segurar o xixi. Se ele acordar às 06:30 e não fizer xixi, ele consegue segurar até meio-dia. E se a gente não lembrá-lo, ele segue segurando. Isso porque criança vive uma correria e tanto no dia a dia, né? É uma necessidade de não parar de brincar, que as necessidades fisiológicas vão sendo adiadas.

Toda vez que vamos à pediatra, eu relato isso para ela que, imediatamente, dá uma chamada no Benjamin e fala da importância dele não segurar o xixi porque pode fazer mal à saúde. Dia desses, recebi um release, no qual o urologista Fernando Almeida, garante que essa preocupação não passa de mito. E que não há evidências que associem o ato de segurar o xixi ao desenvolvimento de doenças.

E que doenças poderiam ser provocadas ao segurar o xixi?

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!