16 set 2014

10 dicas de como escolher a escola de natação ideal para o seu filho e 6 do que levar na mochila para as aulas

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

image

Em perigo, no alto mar, se você não sabe nadar, você morre. Sempre vi natação como algo essencial para sobrevivência. Então, tenho certo na minha cabeça, desde o nascimento do meu Ben, que ele aprenderia nadar desde pequeno. Já faz algum tempo desejava colocar Benjamin na natação. Por mim teria colocado aos seis meses de idade, mas a pediatra proibiu, dizia que piscina de academia era um depósito de urina, e indicou colocá-lo aos 2 anos de idade, quando já teria mais resistência.

Por conta da correria que vivemos por causa da mudança de residência/endereço, não o coloquei. Não sei nadar, tenho trauma pois já me afoguei no mar e não coloco a cabeça nem embaixo da água do chuveiro. Sério, não sei mergulhar sem tampar o nariz com a mão. Meu Ben já está numa fase que tem noção das coisas, inclusive medo. Não quis mais adiar e o colocamos na natação.

Semana passada foi sua aula experimental. Fiquei dias o preparando e no dia D ele estava super animado. Chegamos cedo, trocamos a roupa e ele empolgado. Mas na hora de entrar… aconteceu o que já imaginava. Benjamin grudou no meu pescoço e dizia que entraria só se eu entrasse também. Eu já estava com ele lá na beira da piscina, todas as crianças dentro, inclusive o professor. Agachei e conversei com ele. Confiante ele foi e não quis mais sair.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

18 ago 2014

Lavagem no ouvido: a retirada do cerume pode ser necessária ou não

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

Na semana passada, levamos Benjamin à otorrino pediátrica. Após respondermos várias perguntas, ela foi examinado e a Dra. identificou o que já sabíamos. Ele precisava fazer lavagem no ouvido.

Como desconfiávamos disso? Benjamin, em seus três anos de vida, teve umas três ou quatro ocorrências de otite. E nesses casos os médicos sempre indicam entrar com antibiótico – o que sempre prefiro evitar. Numa dessas ocasiões, com a pediatra dele (e não no PS), descobrimos que ele tinha tanta cera no ouvido que não dava para ver muito bem lá dentro, de forma a confirmar se era mesmo otite. Então a médica pediu para que eu ficasse atenta com os diagnósticos sempre dados como otite.

Em 2013, após sua última otite, fomos ao otorrino e ele confirmou que Benjamin precisava fazer lavagem no ouvido. Eu não tive confiança nele. Era um doutor já mais velhinho e seu consultório mais velho ainda onde se viam os instrumentos de metais e grandes.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

10

comente!

tags: , ,

22 nov 2013

Consulta de rotina

por
Gabi Miranda

Filhos, Saúde

Cinco  meses sem levar Benjamin à pediatra. Hoje ele foi para uma consulta de rotina. A mãe estava toda empolgada. Sempre gostou de levar Benjamin na pediatra, contar as novidades, o desenvolvimento dele, saber quanto ele cresceu, quanto ele engordou, etc. A empolgação hoje era ainda maior, afinal ela tinha muitas novidades pra contar sobre ele:

  • Benjamin não usa mais fralda. Nem pra dormir!!! (Leitores falam: “óooooo, e você nem contou pra gente?!” Calma, contarei em outro post);
  • Benjamin fala muito. Ou melhor, ele não fala, ele tagarela. Feito a mãe;

(a Dra., claro, olha espantada pra mãe como quem diz “é lógico que ele fala, mãe, já estava na hora”)

  • A mãe insiste: Mas Dra. não é simplesmente falar, ele conta histórias, ele canta, ele imagina e põe pra fora essa imaginação, ele sente e põe pra fora também esse sentimento (ele me diz com todas as letrinhas: mamãe, te amo!) Ele me surpreende a todo instante;
  • Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!