08 out 2013

Consumismo – existe meio termo?

por
Gabi Miranda

Dinheiro, Maternidade

Dia das crianças chegando (Natal logo mais), lojas de brinquedos lotadas e mais uma vez veio à tona a questão do consumismo.

Ano passado, aproximadamente nessa mesma época, escrevi um post onde falei um pouco sobre o  assunto. Na época, levei essa pauta para ser discutida (de forma positiva) com o marido e com minha amiga Dani, mãe de dois, ambos publicitários. Os dois não concordavam muito comigo e nem eu com eles. Um ano depois, penso que minha opinião mudou um pouco e talvez aproxime-se do que eles tentavam dialogar comigo.

A minha opinião continua a mesma sobre as propagadas, os canais infantis, MAS penso também que na minha casa quem decide o que vamos “consumir” (leia-se: assistir)  somos eu e o marido e não uma criança de 2 anos. Eu não posso culpar a mídia, embora não concorde com algumas propagandas, por escolhas que devem vir de dentro da minha casa. Ou não? Posso estar errada…
Clique e continue lendo!

compartilhe!

8

comente!

12 abr 2012

Livro: Pais inteligentes enriquecem seus filhos

por
Gabi Miranda

Dinheiro, Livros, Maternidade

Eu já li Casais Inteligentes enriquecem juntos e recentemente o marido ganhou de presente de aniversário o Pais Inteligentes enriquecem seus filhos, ambos do autor Gustavo Cerbasi.

Há que não gosta da ideia de ter uma disciplina na escola sobre educação financeira. Embora, eu acho que essa é uma responsabilidade dos pais, acho interessante incluir o tema no currículo escolar das crianças. Afinal, é de pequeno que se aprende.

Os pais devem preparar os filhos para a vida e aprender sobre educação financeira é importante. Dinheiro implica fazer escolhas e é essencial que a criança aprenda isso. Sabemos que dinheiro não traz felicidade, mas ele gera bem estar, qualidade de vida, segurança, tranquilidade, etc.

Gostei muito do livro. Apesar de ainda não estar na época de aplicar as dicas que ele sugere, achei válido para começar a colocar – desde já – em prática algumas sugestões na minha vida de mãe. Porque como bem diz o autor “oferecer conhecimentos sem praticá-los (habilidades) não leva a lugar nenhum. Praticar sem ressaltar sua relevância (atitude) empobrece o aprendizado. Da mesma forma, a prática sem conhecimento induz a erros...”
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!