11 jun 2018

Lugares para viajar nas férias de julho

por
Gabi Miranda

Viagem

As férias de julho estão chegando! Nem sempre os pais conseguem tirar férias nessa época. Aliás, isso reforça o que sempre falo sobre o mercado de trabalho não ser preparado para os pais. Existem duas férias escolares no ano, sendo super longas. E nós, reles mortais, quando trabalhamos fora, só temos direito a 30 dias de férias. Resultado, pai e mãe precisam se dividir para cada um tirar férias no período das crianças. E torcer para um dia casar férias da família toda. Isso, quando a empresa, encarecidamente, não pede para você repartir suas férias em duas (15 dias em 2 vezes).

Para melhorar ainda mais a nossa vida, férias de julho ou janeiro, é um período de alta temporada. O que significa que tudo encarece mais. Bom, mas esse post não tem a intenção de ser pessimista. Juro! Quero compartilhar algumas dicas de viagens viáveis para fazer nesse período, nem que seja por 4 dias ou num final de semana. Sempre achei que férias escolares, apesar da dificuldade para muitos, é um período que devemos aproveitar com as crianças, nem que seja aos finais de semana.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

04 jun 2018

Terapia de Barras: livre se de todos os pensamentos e crenças limitadores que atrasam sua vida

por
Gabi Miranda

Comportamento, Maternidade

Há três meses comecei a fazer Terapia de Barras, uma sessão por mês, com a Rose, da Namastê Terapia da Alma. Ao todo são 10 sessões e eu fiz 3 até o momento. A verdade é que mudou a minha vida. Desde que comecei a fazer, eu me sinto mais confiante, decidida e plena. Você deve estar curiosa e se perguntando: mas o que é terapia de barras? Como são essas barras?

terapia de barras

O que é a terapia de barras e como funciona

Terapia de barras é uma ferramenta energética de expansão da consciência. E barras não tem nada a ver com aço, metal ou coisa do gênero. Refere-se as barras energéticas que são constituídas por 32 pontos na cabeça. Cada um desses pontos, corresponde a um aspecto do comportamento humano e de como a pessoa se relaciona com eles. Entre eles estão: dinheiro, controle, poder, criatividade, corpo, sexualidade, tristeza, alegria, bondade, paz e calma.

Na terapia, cada um desses pontos são tocados e inicia-se a ativação que permite o indivíduo se desprender de todos os pensamentos, ideias, atitudes, decisões e crenças limitadoras que bloqueiam nossa auto realização pessoal. Ou seja, que são um atraso de vida. Diz-se, que a terapia de barras é a primeira e mais popular técnica que propõe uma mudança de vida através da liberação de energias acumuladas no campo energético das pessoas. Sendo que a maior parte delas atuam em nível inconsciente nas mais diversas áreas da vida.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

23 maio 2018

O mau comportamento do seu filho, é uma oportunidade

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Maternidade

Enxergue o mau comportamento do seu filho, como uma oportunidade“, disse Lorraine Thomas, referência número 1 em coaching familiar no Reino Unido e autora do livro “A mamãe coach – 10 habilidade essenciais para você ser uma ótima mãe“, em uma palestra que assisti recentemente. Então uma luz acendeu no fim do túnel. Eu vinha de dias complicados com meu filho primogênito em relação ao mau comportamento dele. E também da minha falta de tato, maturidade ou sei lá o quê para lidar com a situação. Lorraine disse também: que a maternidade tem que ser mais divertida. Não podemos perder a conexão emocional com nossos filhos.

mau comportamento

Eu estava perdendo com o meu filho mais velho. Quero estar errada, mas quando você para de trabalhar fora você deixa de ser a mãe de quando trabalhava fora. Sinto que antes era mais divertido e agora fico envolvida com as obrigações diárias e acabo perdendo a paciência muito rápido e sendo muito chata. Não estava divertido, leve como tinha que ser. Depois de assistir a palestra da Lorraine redescobri que eu precisava criar momentos de descontração dentro da rotina. Porque isso pode ajudar tudo a ficar mais leve e divertido. Assim como devemos ensinar nosso filho a descontrair, precisamos descontrair com ele.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

21 maio 2018

Como aumentar sua dose diária de otimismo

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Maternidade

otimismo

Em seu livro “O que eu sei de verdade”, Oprah Winfrey comenta que leva seus prazeres muito a sério. Eu também! E uma das coisas que levo muito a sério é manter meu otimismo e tentar sempre ver o lado bom da vida. Sempre tem. Felicidade e prazer são estados de espíritos que deveríamos experimentar todos os dias. Mas como aumentar a dose diária de otimismo?

Primeiro, acredito que precisamos nos conectar com as nossas motivações. Saber o que nos motiva é o primordial para mantermos nosso otimismo para cima. Depois encontrar satisfação em tudo o que fazemos. E como diz Oprah no livro citado, algumas motivações tem cotação mais alta que outras, claro. Mas quando vivemos o momento de forma consciente, ficamos mais tempo conectados com o prazer que recebemos. E quando estamos conscientes, conseguimos nos sentir abençoados com tudo o que temos e recebemos.

A forma como você lida com os problemas cotidianos que acontecem na sua vida, é outro ponto que contribui para aumentar sua dose diária de otimismo. Se você reclama de tudo, só enxerga as coisas ruins, desculpa, amiga, mas sua vida continuará da mesma forma. Coisas boas acontecem todos os dias em nossa vida! Só o fato de acordar, tocar o chão com os pés, caminhar livremente e exercer suas funções matinais, é uma baita de uma coisa maravilhosa! Pense num monte de pessoas que não tem saúde suficiente e dependem do outro para fazer as coisas mais simples e que no dia a dia não damos o verdadeiro valor. Lembre-se: coisas boas acontecem todos os dias. Até o que não parece bom é para o nosso bem. Repare só. Tudo depende de como você aceita e abraça os acontecimentos na sua vida.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

03 maio 2018

Não se desespere se o seu filho não come

– João, está na mesa, pode vir almoçar.
– Não quero comer.
– Mas tem que comer, daqui a pouco é hora de ir para a escola.
– Mas eu não quero.
– Não tem não quero. É hora de comer.
– Eu não querooooooooooooooooo.
(…)
– Ana, você nem encostou na comida.
– Ana, para de brincar com a comida e coloca na boca.
– Ana, se você não começar a comer agora, vai ficar de castigo.
– Ana, JÁ MANDEI PARAR DE ENROLAR E COMEÇAR A COMER.
(…)
– Mãe, eu só quero o macarrão sem molho.
– Mas tem que comer tudo, Pedro.
– Eu só quero o macarrão.
– Come um pouco da cenoura, você vai gostar.
– Eu só quero o macarrão.
– E o brócolis? Você nem encostou nele.
– Eu só quero o macarrão, já falei.
– Ai, tá bom, come só o macarrão, então.

Atire a primeira pedra quem nunca viu alguma das cenas acima idênticas ou bem parecidas.

Chega a hora da refeição e mais parece o momento de tortura do dia. A criança irritada, a mãe e o pai cansados e também irritados, a criança parece provocar mais ainda, pai e mãe acabam brigando entre si. E nada do filho comer. Acontece com você também, quando seu filho não come?

Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

27 abr 2018

Florença com as crianças – Roteiro de 3 dias

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Viagem

Saímos de Roma e fomos para Florença com as crianças. Optamos ir de trem bala (que atinge 300km/h e é chamado Frecciarossa), que levou aproximadamente 1 hora e meia. Um passeio muito agradável com vista linda pelas cidades italianas. Florença é menor que Roma e por isso parece até mais cheia. Chegando lá, pegamos um táxi da estação até o nosso hotel. Depois de todo o transtorno com a mala extraviada, pensamos que nada mais pudesse acontecer. Mas ao chegar no hotel que ficaríamos hospedados em Florença, para nossa surpresa não tinha vaga disponível. Tínhamos fechado o Grand Hotel Mediterraneo e ao chegar lá simplesmente informaram que não tinha vaga. Imagina dizer isso para uma pessoa que já estava há 3 dias sem mala com duas crianças. Quase surtei.

Depois de uma pequena confusão, nos transferiram para o hotel Calzaiuoli da mesma rede e, apesar de mais antigo, era recém-reformado e bem no centro da cidade. No fim das contas foi um golpe de sorte, pois esse hotel é muito bem localizado, próximo aos principais pontos turísticos, o que facilitaria muito a nossa vida em Florença com as crianças. Eu me apaixonei imediatamente por Florença. As ruas, as igrejas, as confeitarias, gelaterias, a arte e todo o aconchego de uma cidade menor que a anterior.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!

25 abr 2018

Dar e receber – o novo fluxo da felicidade, bem estar, inclusão e propósito

por
Gabi Miranda

Comportamento, Destaque, Maternidade

Dar e Receber – evento em São Paulo propõe novo fluxo da felicidade 

Felicidade, tempos líquidos, altos e baixos, dar e receber, gratidão, escolhas, expectativas, cobranças, frustrações. Tudo isso faz parte, cada vez mais, de um contexto de vida pós-moderna, na qual equilibrar emoções e dia a dia da vida pessoal e profissional tem sido tarefa para poucos, que portanto leva a um caminho cada vez de pessoas mais sozinhas e com menos empatia pelo outro.

Em primeiro lugar foi pensando em levantar questões que despertem um olhar para nós mesmos para termos um olhar além de nós que surgiu o evento “Dar e receber – o novo fluxo da felicidade: bem estar, inclusão e propósito”, que será realizado no dia 17 de maio de 2018 (quinta-feira), das 8h30 às 13h, em São Paulo, na Kaza Fendi, no bairro de Pinheiros.

O evento reunirá quatro expressivos nomes para elucidar o tema:

Magic Paula, campeã olímpica de basquete, tendo atuado profissionalmente por quase 30 anos, sendo 22 deles pela Seleção Brasileira. Ela compartilhará com o público seu propósito no esporte a partir de suas experiências ao longo da carreira e, além disso, contar como transformou a vida de crianças em situação de vulnerabilidade social a partir dos esportes.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

20 abr 2018

Julgamentos maternos

Julgamentos maternos existem e estão entre nós mães

Fala-se muito que mães são julgadas, mas as próprias mães vivem de julgar umas às outras. Com essa tecnologia avançada, blogs, redes sociais, ninguém, nenhuma mãe escapa dos julgamentos de outras pessoas, inclusive de mães. Há uma linha tênue entre preocupação em saber como você faz determinadas coisas com seus filhos (para que a pessoa experimente na sua vida também) e o tal julgamento.

Vamos ver o que o Wikipedia tem a dizer sobre julgamento:

O termo julgamento geralmente se refere a uma avaliação que considera uma série de fatores ou provas para a formação de uma decisão embasada. Esse termo possui diversas acepções, como a psicológica, que é usada em referência à qualidade das capacidades cognitivas e adjudicação de particulares, normalmente chamado sabedoria ou discernimento; a religiosa, que é utilizada no conceito de salvação para se referir ao julgamento decisivo de Deus na causa com recompensa ou punição para cada ser humano; e por fim, a mais conhecida, jurídica, que geralmente se refere a uma decisão justificada proferida pelo juiz.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

18 abr 2018

Estação Villa-lobos no Theatro Municipal

por
Gabi Miranda

Destaque, Entretenimento, Maternidade

Estação Villa-Lobos estreia no Theatro Municipal de SP

A convite do Theatro Municipal de São Paulo, fomos conferir a estreia do espetáculo Estação Villa-Lobos – uma viagem no tempo para conhecer de forma muito lúdica, a vida de um dos maiores ícones da música erudita brasileira: Heitor Villa-Lobos. A história é contada desde os 6 anos, quando ele ganha um violoncelo até seu reconhecimento internacional. Conta ainda sua contribuição para a Semana da Arte Moderna, no Brasil, passando por cada um dos países por onde ele fez sucesso.

O repertório é incrível! Apresenta muitas cantigas de roda, como “o cravo brigou com a rosa”, “a canoa virou”, “samba lelê”, entre outras. As crianças identificam e ficam muito empolgadas.

Sempre tive vontade, mas nunca tinha entrado no Theatro Municipal de SP e o Benjamin, desde bebê sempre gostou de música clássica (juro! ele ouve e assiste concertos mega interessado). Essa semana, sem saber que íamos assistir essa apresentação, comentou que quando crescer quer ser maestro. Ele que, no auge dos seus 6 anos, conheceu no final de semana passado essa referência da nossa cidade, o Theatro Municipal. Foi uma experiência muito rica e emocionante para nós.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

tags: , ,

16 abr 2018

Hotel Toriba e Fazendinha: dica em Campos do Jordão

por
Gabi Miranda

Destaque, Maternidade, Viagem

A Fazendinha Toriba completou um ano e a família Bossa Mãe foi convidada para uma press trip no hotel Toriba, em Campos do Jordão. A ideia era comemorar a data em um piquenique gostoso na Fazendinha, dois dias de puro lazer. Aceitamos sem criar muita expectativa e fomos surpreendidos por tudo o que encontramos e vivemos lá. Além do passeio à Fazendinha, passeamos no Tarundu e desfrutamos do Hotel Toriba. Que lugar!  Confira nossa experiência abaixo.

O hotel Toriba

Há 74 anos em funcionamento, o hotel Toriba não parece nada antigo. Bem conservado e moderno, parece um lugar dos Alpes Suíços. Oferece apartamentos com vista panorâmica exuberante para a natureza e tem também a opção de chalés.  É um lugar muito tranquilo, aconchegante e perfeito para relaxar (com ou sem filhos). Está localizado a 180km de São Paulo, em Campos do Jordão, muito próximo ao centro, porém numa área mais reservada e tranquila.

Está rodeado pela natureza e possui várias atividades, entre elas estão: sala de leitura, sala de lareira, bosque, espaço kids, piscina aquecida, hidromassagem, sauna, academia, quadra esportiva, trilha e spa. Em dois dias não dá para aproveitar tudo, mas foi o suficiente para nos apaixonarmos pelo lugar. No dia da chegada, curtimo o hotel e um pouco de tudo o que ele tem a oferecer.  Eu, que amo comer bem, fiquei bem encantada com o restaurante. A gastronomia do hotel Toriba é incrivelmente deliciosa.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!