03 fev 2014

Diálogos com Benjamin

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Diálogos com Benjamin

– Ben, vc eh criança?
– Sim
– E o papai?
– Papai eh Roberto Piffer!

*

– Vc eh burro pai!
– Eu sou burro?
– Eh sim!

Ai ele vai pra Capitu e diz:

– Vc eh a Fiona, tá?

Benjamin começa a engatinhar e chama minha atenção:

– Mamãe, olha mamãe, sou um gatinho!

Entre ele e o papai:

– Vem aqui meu neném!
– Nããããoooo, sou neném da mamãe! (bravo)
E pra mim ele vive lembrando que é “quiança”

Ainda entre eles:

– Você é o gatinho do papai?
– Não! Sou gatinho da mamãe!

Quando quer beliscar alguma goloseima, vai até a geladeira, abre, leva a mão ao queixo como um pensador e avisa:

– Quero uma cosa!

 *

E quando quer companhia para brincar, conjuga o verbo tão corretamente fazendo a mãe morrer de amor:

– Mamãe, vamos brincar juntos, vamos?!

Lendo o livro “Lino” ele repara:

– Olha, igual a lua do rato!!!

(o rato que ele se refere é o do clip do novo DVD Palavra Cantada)

Antes de dormir:

– Quero escovar dente, senão entra bichinho, né?! Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

27 jan 2014

Memória de criança – por Roberto Piffer

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Pesquisando algumas bobeiras pela internet, descobri que as crianças registram acontecimentos na memória somente após os 4 anos de idade. Descobri não, né… já sabia que não nos lembramos de tudo desde o momento em que nascemos, mas não sabia ao certo qual a idade em que as memórias passam a ficar gravadas e gerar lembranças para nós.

Alguns dias depois disso, me ocorreu um estalo: se o Benjamin tem apenas 2 anos e meio, tudo o que fizemos juntos até agora não será lembrado por ele. Ou seja, tudo que ensinei a ele e até que aprendemos juntos, não ficará na lembrança dele. Tive a sensação de que, a partir dos 4 anos de idade, tudo na vida dele começará do zero!

E todos os momentos legais que passamos juntos? E todas as coisas que fizemos: as vezes que jogamos bola, nadamos na piscina, experimentamos frutas novas, pulamos na cama? A casa em que vivemos os primeiros anos? Os apuros que passamos: trocar fralda nos shoppings, fugir da chuva, correr das pombas, atravessar a rua no colo? Tudo isso será simplesmente esquecido? Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

17 jan 2014

Benjamin – 2 anos e 7 meses

por
Gabi Miranda

Uncategorized

E meu Ben completou nessa semana 2 anos e 7 meses e já avisa: “não é bebê da mamãe, é quiança da mamãe”.

Nos últimos seis meses, o menino deu um salto no desenvolvimento. Impressionante, como de um dia para o outro eles deixam de ser bebês e viram de fato crianças. Já entende tudo o que dizemos e como funcionam as regras, inclusive como burlá-las de um jeitinho faceiro que não tem mãe e pai que resistam.

Algumas mudanças e coisas que ele tem feito:

  • Dorme na caminha;
  • Está desfraldado por completo;
  • Aprendeu a pedir desculpas;
  • Aprendeu a dizer sim;
  • Organiza seus brinquedos;
  • Pergunta sempre se pode fazer algo;
  • Pede ajuda quando precisa e recusa quando acha desnecessário;
  • Repete 3 vezes ou mais alguma explicação nossa;
  • Agradece;
  • Deseja boa noite antes de dormir;
  • Adora Sol e já sabe a diferença ente ele e a lua;
  • Passou a reclamar para tomar banho;
  • É espirituoso;
  • Continua um músico! Ama música, acompanha a letra cantando e dança muito;
  • Fica dançando e fazendo careta em frente o espelho;
  • Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

10 jan 2014

Minhas férias com o Ben – por Roberto Piffer

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Nesta virada de ano, as férias da família foram do Ben com o papai. A mamãe teve apenas uma semana de folga, no ano-novo, mas depois voltou a trabalhar. E o que fizemos nesses dias em casa? Veja abaixo na redação das “minhas férias”:

A primeira semana de férias foi a do Natal, então pouca coisa pode ser feita. Preparativos para as festas, junto com véspera e dia do Natal, visita ilustre em casa (o vovô veio diretamente do Rio para passar a semana). Basicamente só encontros familiares e comilança nessa semana.

Natal

Na semana seguinte, a do réveillon, nós é que fomos pro Rio. Aproveitamos a semana de folga da mamãe e passamos uma semana de muito calor por lá, com idas à praia, mergulhos no mar, passeios e muito ventilador ligado. Contamos com a companhia da Capitu, nossa cachorrinha, e tudo ocorreu muito bem. Muito suco pra hidratar.

praia

 

paineiras-patinete

Na terceira e última semana das férias, foi a vez do papai e do Ben aproveitarem a casa nova. Entre um reparo e outro dentro da casa, e arrumação do saldo da bagunça da mudança, fizemos alguns passeios nos arredores do prédio, conhecendo o que o bairro oferece de bom, fomos à pediatra e brincamos bastante. Também não deixamos de ir um dia sequer à piscina. Com direito à boia nova do Woody e enfiar a cabeça debaixo d’água sem chorar. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

09 jan 2014

Herdei da vovó

por
Gabi Miranda

Uncategorized

A casa da minha avó paterna era literalmente casa de avó, lugar cheio de objetos de uma vida inteira dela, netos crescendo no meio daquilo tudo, lugar com cheiro (e até sabores) que não existe igual no mundo. A casa dos meus avós ficava numa vila onde só tinha a casa deles. Ainda existe, ainda é da minha avó, mas ela já não vive mais lá. A casa também já não é e nem contém os objetos, o perfume de antes, a família já não compartilha mais momentos naquele lugar.

Quando a família decidiu que a vovó não viveria mais ali, todos os seus pertences foram compartilhados entre os familiares. Cada um foi lá e pegou um móvel ou um objeto de lembrança. Eu peguei alguns simples objetos que guardo de recordação, mas confesso não ter pego nada que de fato era o que preencheria a lembrança guardada no coração (eu trocaria as poucas coisas que peguei pelos sininhos que ficavam na porta de entrada da casa e que anunciava a chegada de alguém. Fico com a lembrança daquele barulhinho bom). Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

06 jan 2014

Em 2014, inspire-se!

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Todo santo dia recebo no meu e-mail profissional um email de uma pessoa chamada Maurício Seriacopi. Não sei como e porquê passei a receber e-mails dele. Trata-se de mensagens motivacionais – o que às vezes, confesso, acho um saco, mas algumas mensagens dele são bem pertinentes e me levam à reflexões. Por curiosidade, já dei um google no nome do autor e descobri que ele é um palestrante, coach, escritor, gestor e consultor empresarial. Passei até sentir falta quando não recebo e-mail dele, vai vendo…

Recebi dele a primeira mensagem do ano no dia 03 de janeiro e gostaria de compartilhar com vocês. É meio clichê, mas acho que vale sempre renovarmos o pensamento:

“Se deu certo em 2013, continue!
Se não deu, inove, faça diferente!
Se ficou no quase, persista!
Não importa se o “ano novo” é apenas uma divisão cronológica ou um recomeço, o que realmente importa, são as atitudes que teremos para que quando terminar, tenha sido grandioso!”

É isso. Hoje é meu primeiro dia útil de 2014 e acordei super disposta para enfrentar, escolher e viver intensamente – em todos os aspectos, esse ano que começou (e que num piscar de olhos acaba). Meu desejo (pra minha família e para todos os meus leitores) é que 2014 seja um ano de muitas possibilidades, energia, otimismo, inovação, criatividade e inspiração. Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

23 dez 2013

A família Bossa Mãe deseja…

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Queridos leitores, fica aqui, nesse singelo post, nosso agradecimento por mais um ano juntos e nossos votos sinceros para que o próximo ano seja:

Cheio de amor, alegrias, sorrisos, gargalhadas, fraldas, mamadeiras, beijos, abraços, carinho, andar descalço, pisar na areia, deitar na grama, banho de mar, de chuva, de rio, de cachoeira,  saúde, prosperidade, passeios no parque, na fazenda, na praia, viagens, música, dança, cinema, filmes, pipoca, desenhos, descanso, trabalho, tranquilidade, coração e mente abertos, solidariedade, humildade, dias de sol, de chuva, pôr do sol, céu cheio de estrelas, avós, família, amigos, comemorações, brindes, festas, otimismo, paciência, generosidade, sabedoria, fé, choro só se for de alegria e emoção, brincadeiras, chocolate, sorvete, piquenique, verão, primavera, sombra e água fresca, pernas pro ar, bom humor, inovação, inspiração, sucesso, criatividade, boas lembranças, esperança, felicidade… desejamos que os dias que estão por vir sejam radiantes e cheios de Bossa!

 Feliz Natal!

Família

compartilhe!

2

comente!

19 dez 2013

O desfralde noturno, cama compartilhada e a independência

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Há dois meses e meio, marido iniciou o desfralde noturno do Benzoca. Digo o marido porque foi iniciativa dele sem eu nem saber. Foi assim: sem nenhum motivo aparente, Benjamin começou a querer dormir na nossa cama. Ele que dorme a noite inteira desde um mês de vida e no berço, do nada começou a acordar de madrugada chorando e pedindo para ir pra nossa.

Algumas vezes ele dormia na nossa cama e em seguida o colocávamos no berço, mas de repente ele começou a acordar de madrugada berrando. Eu e marido para evitar acordar (eu assumo que a culpa é toda dos pais!), passamos a deixar Benjamin dormir conosco.

Quando eu levava Benjamin para dormir, colocava fralda nele normalmente. O que eu não sabia é que marido não estava colocando (e que corria o risco de acordar toda molhada de xixi). Um dia eu descobri! Ele simplesmente começou o desfralde noturno sem me avisar e teve a ousadia de me revelar seu plano: desfraldar Benjamin sozinho e postar um texto aqui no blog contando seu feito. Posso com isso? Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

18 dez 2013

O arquiteto da mudança e uma despedida

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Há meses tenho tentado organizar nossa vida para mudança. Fiquei planejando, tentando destralhar a casa tudo para que na última hora as coisas fossem tranquilas. Mas você pensa que foi tudo como planejei?! Nada!

Na véspera da mudança ainda tinha muita tralha coisa para encaixotar. Ficamos eu e marido até tarde encaixotando e ainda assim não terminamos. Além de tudo, é muito complicado fazer uma mudança com uma criança de dois anos mexendo em tudo, correndo pra lá e pra cá, solicitando os pais a todo instante.

Nossa, como esse período foi cansativo! Eu ainda estou mega cansada, indisposta e com muito sono. Encosto e sou capaz de dormir em segundos.

Surpreendente foi o marido. Antes da mudança ele estava lá todo tranquilo e sossegado, como de fato ele é. Mas no dia da mudança foi ele quem cuidou de tudo so-zi-nho. Terminou de encaixotar as coisas, instruiu lá a empresa de mudança e acreditem: organizou todo o apartamento na medida do possível. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

12 dez 2013

Desapego – a vez dos brinquedos

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Primeira lição para quem mora em casa e muda para um apartamento:  DESAPEGO!

Apartamentos não são tão espaçosos como casa. Não dá para acumular tranqueiras, coisas desnecessárias, muito menos em excesso.

Pra mim essa é uma lição muito dolorida. Desde junho tenho encarado de frente (e na prática) essa palavrinha de 8 letras e não tem sido fácil. De lá pra cá, já me desfiz de muita coisa, mas não é de tudo que consigo assim tão facilmente. Quando você muda de casa, já passa por uma transformação e desapegar faz parte do processo.

Um exercício que tenho feito é analisar e me perguntar há quanto tempo não uso tal objeto. Muitas vezes nem me lembrava que ele existia. Ou lembrava, mas não usava. Se a resposta for um ano, tenho descartado de cara o objeto, sem pensar muito – porque quando a gente pensa, da margem para aquele argumento “ah, mas posso usar em determinada situação”. E não! você nunca mais vai usar. Clique e continue lendo!

compartilhe!

5

comente!