14 ago 2018

Criança não namora

criança não namora

Já faz algum tempo que recebi essas fotos da campanha “Criança não namora“. Na época, salvei as imagens justamente para fazer um post aqui para o blog. Porque sempre pensei nessa coisa dos adultos intitular algum amiguinho como namorado. Isso sempre me incomodou quando eu era mãe só do Benjamin. Sempre tinha alguém perguntando se ele tinha namoradinha. Com a chegada da Stella, o foco mudou. E sempre achei ridícula e de mal gosto aquela piadinha “agora você é fornecedor”.

Criança não tem namorado. A relação que existe entre crianças é de amizade. E porque não falamos disso com elas? Não explicamos o quanto é valiosa e importante a amizade. Insistir nesse negócio de namoro na infância é incentivar que elas virem adultas antes do tempo. E já basta a indústria fazer isso o tempo todo. São brinquedos, roupas, assessórios e até cosméticos investindo na adultização infantil.

Leia também: o poder do discurso materno


Lembro de uma vez que estávamos num parque aquático e uma menina, no máximo de 7 anos, estava usando um biquíni com bojo. Eu me espantei! Biquíni para criança com bojo??? Outro dia li que misturar os dois mundos, infantil com lo adulto, é cair no erro da erotização precoce. Precisamos tomar cuidado com isso.

criança não namora

Não é engraçadinho, nem bonitinho uma criança com roupa de adulto, nem ter namoradinho ou dar beijinhos. E não é incomum as crianças chegarem da escola dizendo que tem um namorado (a). E acho mesmo que se isso acontece, devemos levar o caso à escola. Porque é nosso dever como pais e adultos, cortar o mal pela raiz. E não adianta vir com esse papo de que é “namoro de brincadeirinha”. Não tem essa!

E se você não sabe como reagir se acontece isso em sua casa, sugiro o diálogo. É sempre a melhor ferramenta. Conversar com a escola e com a criança. Seja lá de onde surgir a “brincadeira”. Geralmente, as crianças reproduzem o que vêem ou são incentivadas. Portanto, é nosso papel dar o exemplo e falar o que é certo e errado. O certo é crianças terem amigos. E errado é ter namorado. Porque criança não namora.

Leia também: é proibido proibir a entrada de meninos em banheiros

criança não namora

Não precisamos ter pressa para pular as fases da vida. Uma criança não tem nem discernimento para saber o que é namoro, logo são os adultos que colocam isso na cabeça delas. E mesmo sem saber o que é, elas replicam, porque são incentivadas. É natural, por exemplo, as crianças acharem nojento o beijo entre adultos. Isso porque elas não tem compreensão do aquilo significa, o que envolve os relacionamentos entre os adultos.

Diferentemente, as crianças sabem o que significa um abraço e um beijo no rosto do amiguinho. Elas sabem que é uma demonstração de afeto. Mas o que acontece muito é que os meninos são incentivados a terem namoradinhas. Enquanto as meninas, são incentivadas a serem boazinhas.

Leia também: 15 sugestões para educar crianças feministas

criança não namora

NÃO! Meninos e meninas precisam ser boas pessoas, mas não devem ser boazinhas e jamais fazerem o que mandam. Porque quando ensinamos que elas sejam boazinhas, estamos falando para serem submissas e aceitarem tudo o que quiserem fazer com elas. E não, precisamos falar que ninguém pode, por exemplo, tocar nas partes íntimas delas. Somos responsáveis por ensinar isso também.

criança não namora

Criança tem que brincar! E nós adultos não podemos ficar projetando expectativas antes do tempo. Para que ter pressa de ver a criança namorando? Ou usar esmalte. Ou sapato alto. Ou sutiã. Ou sutiã com bojo… tudo acontece ao seu tempo. Portanto, não precisamos ter pressa para pular etapas.

criança não namora

criança não namora

criança não namora

criança não namora

criança não namora

compartilhe!

0

comente!

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.