20 ago 2019

Dá para viajar para a Europa sem falar inglês

por
Gabi Miranda

Destaque, Viagem

Em julho /2019 fiz uma viagem para a Europa com meu pai. Um dos destinos foi Berlin. Uma das minhas preocupações era chegar lá sem falar inglês no meio daquele povo alemão. Será que seria fácil me virar? E uma das perguntas que mais me fizeram nas redes sociais foi: dá para viajar para a Europa sem falar inglês???

O inglês é um bloqueio para muita gente. De acordo com uma pesquisa da British Council, apenas 5% da população brasileira consegue se comunicar nessa língua – e, destes, apenas 1% tem fluência. Acredito que para o mercado de trabalho, isso pode ser um empecilho para muitas pessoas. Mas definitivamente não é para viagens de cunho pessoal.

Viajar para a Europa sem falar inglês

Minha resposta é que dá sim para viajar para a Europa sem falar inglês. Da pra fazer tudo que a gente quiser, com uma dose de coragem. Qualquer viagem internacional acaba sendo um pouco intuitiva. Afinal, tem muitas placas, indicações, mapas, as pessoas falam outras línguas como o espanhol, fazem mímicas… E isso já contribui bastante. Mas além de tudo isso, hoje em dia temos também a internet com  ferramentas rápidas como tradutor, Google maps, etc.

Tem um mundo lá fora esperando a gente se jogar sem desculpas perfeitas.

Tem uma frase boa do Joel Jota que diz assim “troque o torturante por desafiante”. Ou seja, que tal tornar uma viagem um desafio possivelmente incrível?!

Eu acho que muitas vezes o que nos impede de fazer certas coisas é o medo do que vão falar de mim. “O que vão falar de mim se eu disser que não sei falar inglês?”. A gente não tinha que se importar com isso, porém nos importamos. Mais do que deveríamos. Somos apenas uma partícula nesse mundo pra achar que somos o centro do universo e está todo mundo de olho na gente. Não está! Como pudemos perceber no início desse texto, milhões de outras pessoas não falam inglês também e está tudo bem.

O que eu quero dizer com tudo isso é: quantas coisas perdemos ou deixamos de viver porque sentimos medo?! Pode ser que muitas vezes você não se sinta preparado para enfrentar alguma coisa nova – porque o desconhecido causa medo mesmo. Mas cuidado!!! Para não perder o que a vida tem a oferecer fora do seu casulo. Permita-se experimentar coisas novas. E se pintar medo, vai com medo mesmo!

Há vantagens de se falar inglês

A língua inglesa é a mais falada no mundo. Nós visitamos 4 países da Europa e é impressionante: em todo lugar tem alguém que fala inglês.

Claro que se você sabe falar inglês, ajuda muito em vários aspectos. Começa que aumenta a sua capacidade de comunicação. Ou seja, você consegue conversar e tirar dúvidas com mais facilidade.

E uma das coisas para a qual eu mais sinto falta de falar inglês, é para conhecer melhor a história e a cultura dos lugares visitados. Berlin, por exemplo, é uma cidade cheia de histórias e por mais que eu pesquisasse e lesse na internet, não é a mesma coisa que ouvir um guia falando de determinados lugares.

Por isso, eu quero que minhas crianças aprendam esse idioma. Eu sei que nem todo mundo tem condições de pagar um curso de inglês. Nós mesmo não temos. O meu filho mais velho, atualmente estuda numa escola que não é bilíngue, mas tem aula de inglês todo santo dia. De alguma forma ele está se familiarizando e dominará melhor que eu essa língua.

E hoje com a internet, é possível fazer cursos online bem mais em conta ou até mesmo de graça. Acredito mesmo que qualquer aproximação com o idioma já é uma oportunidade positiva para a criança criar uma relação positiva.

compartilhe!

0

comente!

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.