21 ago 2018

Desafio Criativo

desafio criativo

Há 30 dias comecei o Desafio Criativo Carinhas. A proposta é um mês com uma tarefa por dia para estimular a criatividade. E eu diria que o autoconhecimento também.

Bom, comecei meu desafio criativo dia 15 de julho e terminei recentemente. Teve furo no meio do caminho, dias que pulei e consegui correr atrás do tempo perdido. Mas a ideia é realizar o desafio diariamente. E teve o último desafio. Que era criar um texto contando sobre a experiência desses últimos 30 dias de desafio: o que senti, como eu fiz para perseverar e não desistir, como foi a experiência no geral.

Primeiro vale dizer que eu nunca me achei uma pessoa tão criativa. E marido sempre diz que todo mundo é criativo. Outro dia, recebi uma explicação ainda melhor sobre isso. 1. Todo mundo é criativo. 2. A criatividade se revela de forma diferente para cada pessoa. 3. Criatividade é algo que pode ser ensinado e desenvolvido. 4. Mas para a criatividade ser desenvolvida precisa de oportunidade. Ou seja, se as pessoas são expostas a oportunidades que estimulem a criatividade.

Leia também: o milagre da manhã

Acho que o desafio criativo é uma oportunidade não apenas para estimular a criatividade, como também para estimular nosso autoconhecimento. Foi assim que aconteceu comigo nessa jornada criativa. Tive momentos de muitas dúvidas e confusão. Como, por exemplo, no exercício do dia 2: minhas 5 palavras favoritas. Parece tão simples, mas na hora de citar suas palavras preferidas não é.  Separar 10 músicas que adoro e fazer uma playlist também não foi fácil. Na verdade, foram fáceis de fazer. Mas aí que está, foi fácil de mais. E ao ouvir as músicas, nem todas da lista me agradavam tanto como já me agradou um dia. Assim como as palavras, existem várias que amo, mas as que anotei de primeira, não eram as minhas preferidas.

Sem contar a preguiça que dá em alguns momentos. Porque realmente nos coloca diante de questionamentos que não pensamos rotineiramente. Não temos a resposta pronta para muitas das coisas que imaginamos ter. Algumas tarefas são simples demais. Outras já dão um pouquinho mais de trabalho. Mas tira a gente do modus operandi. A ideia do desafio criativo é essa, nos tirar da zona de conforto e nos estimular durante 30 dias. Andei com a lista junto do meu caderno de tarefas profissionais e todo dia de manhã eu consultava a tarefa do dia. Para ser bem sincera eu já consultava na noite anterior. E fazia as anotações nas minhas folhas mesmo.

Leia também: visualização criativa pode mudar sua vida

Mesmo com alguns tropeços, considero finalizado meu desafio criativo. Reconheço meus esforços em seguir com esse projeto até o fim. Durante esse caminho, ficou mais forte a falta de compaixão que temos conosco. É muito comum a gente dizer “eu não consigo”. Perceba, até as crianças falam isso com frequência. Acabamos sendo duros conosco. Quando precisamos mesmo é focar mais nas coisas boas, comemorar as pequenas conquistas.

Se você não conhece, conheça o Carinhas, o site do casal de designers que inventou o Desafio Criativo. Vale muito a pena!

compartilhe!

0

comente!

0 resposta para “Desafio Criativo”

  1. […] energia MARA! Quero eu e marido assim daqui uns 10 anos com a Mirtilo. Por isso, recentemente fiz o Desafio Criativo do casal e não largo mais […]

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.