12 ago 2012

Dia dos Pais – por Roberto Piffer (o marido)

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Hoje, dias dos pais, e algumas palavras para explicar como eu me sinto. Logo de início transcrevo o trechinho de um texto que recebi nesta semana, por e-mail, e que fez muito sentido para mim: “Você sabe que se tornou um pai de verdade quando percebe que todo mundo pode ter um filho, mas é preciso muito esforço, mas muito esforço, todos os dias, para ser um Pai, e você está super feliz com isso.”

Pode soar pessimista por causa do “muito esforço”, e não deixa de ser verdade. Mas é um esforço pra lá de gratificante. Aliás, esforço, responsabilidade, dedicação e várias outras coisas mais…

E porque vale tão a pena? Todo mundo pode imaginar e pode até parecer piegas demais repetir tudo isso, mas aí vai: um sorriso, um abraço recebido, um carinho, um bocejo, uma espreguiçada, ou até mesmo um punzinho que seja do seu filho, já faz ver o dia de forma diferente. Hoje de manhã, por exemplo, quando ele acordou não fui eu quem pegou-o no berço, como de costume. Mas quando ele me viu, esticou seus bracinhos e quis vir comigo… ah!, já ganhei o dia! Acho que foi o jeito que ele encontrou de dizer “feliz dia dos pais”.

Agora mesmo ele saiu de frente da TV, passando um de seus DVDs preferidos, para ver o que eu fazia no computador. Que privilégio ter um serzinho tão lindo no meu colo, me atrapalhando acompanhando a escrever um pequeno texto sobre nossas vidas. Agora mesmo ele está soluçando, acho que o Ben ficou emocionado.

Ainda estou no meu 2º dia dos pais, então sei que ainda não tenho muito o que contar, mas já estou gostando muito disso, ou super feliz com isso, como diz o texto do e-mail dessa semana.

E só pra finalizar, gostaria de registrar que a imagem mais impressionante que vi na vida, até hoje, foi a 1ª vez em que vi o Ben, no momento em que ele saiu da barriga. Lembro que fiquei literalmente bobo, tão feliz e impressionado, que até soltei um comentário digno de uma criança: “e não é que tinha um bebê aí dentro mesmo!”

Aproveito para agradecer à autora deste blog, que me deu este lindo menino. Ao Ben, que já me recompensa diariamente pela função pai. E um feliz dia dos pais para todos que exercem esta função!

compartilhe!

1

comente!

Uma resposta para “Dia dos Pais – por Roberto Piffer (o marido)”

  1. Daniela Maio disse:

    Um punzinho do filho pode mesmo mudar nosso dia….rs Só você Roberto…hahahah. Parabéns pelo dia de hoje e pelo pai maravilhoso que posso dar testemunho ver você ser para o seu pimpolho Benjamin. Que venham muitos anos dessa comemoração e outros pequenos pifferzinhos pra alegrar mais ainda a vida desta família figura!!!

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.