28 maio 2018

O poder do abraço e seus benefícios

O poder do abraço: já diz a música do Jota Quest, o melhor lugar do mundo, é dentro dentro de um abraço….

o poder do abraço

Abraço é o melhor remédio. A melhor terapia. A melhor forma de curar uma dor ou demonstrar afeto. Abraço é cura para doenças da alma. Taí um método que deveria virar hábito em todos os lares: abraço todo dia. Porque o poder do abraço é sem limites. Ter dois corações batendo um contra outro traz inúmeros benefícios, assim como o sorriso:

  1. estabelece relação de confiança
  2. contribui para auto estima
  3. reduz a irritação
  4. relaxa os músculos
  5. fortalece o sistema imunológico
  6. equilibra o sistema nervoso
  7. nos traz para o momento presente
  8. rejuvenesce o corpo
  9. reduz pressão arterial
  10. melhora o humor
  11. enfim, contribui para o nosso bem estar e traz felicidade!

Você experimentou o poder do abraço em alguém hoje?

Não vale abraço falso, tem que ser dado de corpo e alma, sincero. Não precisamos abraçar só quem a gente ama ou conhece, pode ser até um desconhecido. Embora, eu acredito também na energia transmitida nesse ato. Por exemplo, abraçar uma pessoa com uma energia não tão favorável, pode ter um efeito contrário. Nossa energia pode ser roubada. Há pesquisas que confirmam: quando não gostamos de determinada pessoa, ao abraçá-la, nosso corpo libera o hormônio do estresse, o cortisol. E um abraço dado com amor e honestidade, nem que seja por breves segundos, tem o poder de diminuir os níveis desse hormônio. Ou seja, contribui para diminuir o estresse.

Acho super válido abraçar desconhecidos e transmitir um pouco da nossa energia, bem como receber também. Às vezes, a única coisa que uma pessoa precisa é de um abraço. E abraçar é um ato de empatia, bondade. Sou dessas que abraça na Av. Paulista pessoas do movimento dos abraços (Free Hugs) grátis. Conhece? Aqui tem muito isso, grupos que se dispõem para abraçar desconhecidos na rua.

Existem pessoas que não gostam do ato em si ou nem tem o hábito de abraçar. Sou uma viciada em abraço. Abraço todo dia, aperto e acredito no poder do abraço. Gosto de contato físico e pra mim é muito difícil me habituar e estranho quando encontro pessoas que não gostam. Precisamos respeitar. Cada um no seu espaço e tempo. As pessoas expressam sentimentos a partir das suas experiências. Há quem não goste nem de abraçar a vida… e tem gente que é tão gostoso de abraçar.

O poder do abraço de mãe

Quando éramos pequenos, qualquer chateação ou arranhão nos fazia correr para o abraço da mãe. O abraço da minha mãe, durante a minha vida toda, tornava as coisas melhores. Qualquer problema que eu pudesse ter, quando minha mãe me abraçava, tudo dissolvia. E quando ela se foi, foram os milhares de abraços de amigos e familiares, naquele dia ensolarado, no cemitério de Congonhas, que a dor, por instantes, evaporava. Como doeu chegar em casa depois de finalizar tudo e não ter mais aqueles abraços todos me amparando. Nessas horas não tem muito o que falar, o abraço é suficiente. Porque nele cabe tudo o que palavras não conseguem descrever. E faz a gente se sentir melhor.

No dia em que minha mãe se foi, lembro que ela e minha irmã estavam aguardando o elevador no andar e eu voltei para lhe dar um abraço. Nunca imaginei que aquele seria nosso último abraço. Por isso, acho que devemos aproveitar todas as oportunidades para abraçar as pessoas que amamos.

o poder do abraço

Pessoas que abraçam todos os dias são mais felizes

Penso que devemos criar o hábito de abraçar mais, todos os dias, nem que seja as pessoas próximas de nós, que moram conosco. Não precisamos de motivo para abraçar. Podemos estar tristes ou alegres, abraço é a melhor coisa do mundo e combina com qualquer ocasião. Abraçar é também celebrar. Se todos se abraçassem mais diariamente e sem motivo aparente, sentiríamos a importância desse ato. E como isso transforma a nossa vida. Pesquisas indicam que pessoas que abraçam todos os dias são até mais felizes.

Abraço cura até birra de filho

A Disciplina Positiva fala em ouvir a criança e delimitar espaço a partir da ternura. Na hora em que estamos em conflito com nossos filhos, só conseguimos pensar em solucionar o problema com castigo. Segundo essa abordagem, que tenho estudado (e por sinal, gostado), o castigo é só uma inquisição do poder para mostrar quem manda. E a birra, em sua maioria das vezes, acontece porque a criança está cansada, com sono ou não sabe como expressar seu sentimento. Nós adultos não sabemos lidar com a situação.

Se um abraço é capaz de reduzir os níveis de cortisol – que contribui para o estresse, o abraço seria o melhor remédio na hora de uma birra.

o poder do abraço

 

Um dos benefícios do abraço, é justamente estabelecer relação de confiança. Durante um abraço, estabelecemos encorajamento, empatia e entendimento. O afeto possui muita importância para o desenvolvimento infantil, a contar desde os primeiros dias de vida. Quanto mais afeto, é possível dizer que melhor a criança se sairá no futuro , tanto em relação a saúde física, quanto a saúde emocional. Durante a infância, o abraço tem grande influência para o desenvolvimento cognitivo, emocional e até das relações sociais.

Pesquisas afirmam que quando a mãe dá colo e abraços em seu bebê, o cérebro é estimulado a construir conexões neuronais que são a base da inteligência e das habilidades sociais. O cérebro registra um abraço como uma emoção positiva. E é mesmo! Por isso devemos abraçar nossos filhos sem moderação. Há quem acredita que colo e muito aconchego vai acostumar mal o bebê. Mas faz sentido isso? Deixar o bebê chorando só causa ansiedade e estresse nele. Enquanto o abraço, faz o bebê se sentir protegido e também é capaz de criar vínculos afetivos.

Os benefícios do abraço são inúmeros. Abraço tem poder. Você já abraçou alguém hoje?

compartilhe!

0

comente!

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.