20 abr 2012

A maternidade me faz melhor

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Afirmo com toda certeza do mundo: eu me tornei uma pessoa melhor! Não que eu não fosse, mas a chegada do Benjamin me transformou (e me transforma) numa pessoa melhor todos os dias. Um exemplo beeeeem bobo: antes ninguém do trabalho me via dar “BOM DIA” com tanto entusiasmo. Uma porque eu não gosto(va) de conversas logo cedo; outra porque eu não sou dessas pessoas que acordam logo cedo de bom humor. Agora eu chego distribuindo bom dia desde a portaria até a minha mesa. E é um BOM DIA entusiasmado pra TODO mundo, sem distinção.

“Bom dia”, “boa noite”, “boa tarde”, “por favor”, “obrigada” viraram palavrinhas naturalmente inevitáveis no meu vocabulário. Vejam bem, elas já faziam parte, mas agora soam natural. Lembro que quando voltei ao trabalho da licença maternidade, escrevi um recadinho e colei no meu computador: “praticar mais gentileza”. Por que no decorrer e correria do dia a dia acontecem tantas coisas que às vezes, sem perceber, faltamos com a gentileza que tem um poder revitalizador em nossas vidas e na do outro. É bem como o profeta Gentileza pregou: GENTILEZA GERA GENTILEZA! Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

19 abr 2012

Organização Festa de Aniversário – Parte 3 (decoração)

por
Gabi Miranda

Festas, Scrap Bossa

Organização Festa de Aniversário

Eita como tem decoração bonita para festas infantis. Eu mudo o tema da festa do Ben umas três vezes por dia e no final fecho com o tema inicial – que eu vou revelar aqui em breve. Adianto que não será nenhum personagem, o que eu acho legal quando a criança já está maiorzinha e já emite a opinião do que quer.

Vi umas decorações bem bacanas: balões compostos com nuvens; corujas (super em alta), não gosto de palhaços mas vi umas decorações de circo que achei o máximo; e as decorações apenas com cores super indicadas para festas de 1 aninho.

Essa produção toda me fez lembrar as minhas festas de aniversário organizadas pela minha mãe. TODAS as minhas festas foram feitas por ela. Minha mãe ficava dias organizando tudo, comprando todo material necessário e um dia antes da festa começava preparar o bolo (sempre de floresta negra), os docinhos (e eu e minha irmã em cima querendo roubar um brigadeiro – o melhor de nossas vidas). Minha mãe não esquecia nenhum detalhe! Nem o mais chato: vestir eu e minha irmã com roupas iguais, mesmo com uma diferença de 4 anos. Não esquecia de nenhum detalhe da decoração que ia das forminhas laminadas dos docinhos até aqueles enfeites, que eu particularmente acho um pouco brega, de isopor (quando muito carregado).
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

17 abr 2012

“Deixa de manha de noite e de dia…”

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Quando são recém nascidos, não acredito que bebês façam manha. Acho algo impossível. Se o bebê chora alguma coisa o incomoda ou sim, ele quer colo. E acho justo dar. A pessoinha fica meses no ventre da mãe, todo quentinho, aí sai pra esse mundão louco e queremos que ele se acostume assim em dias.

Benjamin me surpreendeu porque quando me mostraram pensei: meudeus que cara de bravo. As enfermeiras entravam no quarto dizendo que ele era bravo demais. Fiquei morrendo de medo de levá-lo pra casa. O menino tadinho, super bonzinho, só tinha a cara de bravo (tipo a mãe).

Calmo, só deu trabalho para dormir no primeiro mês. Só queria saber de dormir no colo. Depois de um tempão me dei conta que era inverno, que ele não deu sinal de querer sair da barriga, conclusão: gosta do quentinho. Não era manha. Era frio. Ele precisava sentir o calor do meu corpo. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

16 abr 2012

Uma vida muda tanto a nossa

Nos últimos dias tenho pensando muito na chegada do Benjamin em minha vida. Acho que esse negócio de organizar a festa de um ano dele mexeu comigo. Daqui a pouco meu bebê vai fazer um ano!!! Fico pensando em minha vida há um ano, ou melhor, um ano e 10 meses – porque a partir do momento que me descobri grávida, minha vida mudou totalmente.

Lembro que passei muito mal nos primeiros meses de gestação. Como passei mal!!!! Eu respirava e pronto, colocava os bofes pra fora. Fiquei apavorada pensando que ficaria a gestação inteira daquele jeito. Até o quarto mês não gostei muito de ser gestante, mas depois…ai que saudade. Acho que não tem estado melhor da mulher.

Quando Benjamin não mexia – o que era raro – eu entrava em pânico e comia, comia e comia até que ele desse sinais nítidos de vida. Passei a gravidez inteira com medo de perdê-lo. Talvez porque eu tive um descolamento de placenta logo no início e tive que ficar de repouso, depois porque eu passava muito mal e não comia e quando comia colocava pra fora, também porque eu não bebo leite, não como verduras (e até tentei), legumes e mais um monte de coisas… nisso eu pensava um montão de besteiras. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

12 abr 2012

Livro: Pais inteligentes enriquecem seus filhos

por
Gabi Miranda

Dinheiro, Livros, Maternidade

Eu já li Casais Inteligentes enriquecem juntos e recentemente o marido ganhou de presente de aniversário o Pais Inteligentes enriquecem seus filhos, ambos do autor Gustavo Cerbasi.

Há que não gosta da ideia de ter uma disciplina na escola sobre educação financeira. Embora, eu acho que essa é uma responsabilidade dos pais, acho interessante incluir o tema no currículo escolar das crianças. Afinal, é de pequeno que se aprende.

Os pais devem preparar os filhos para a vida e aprender sobre educação financeira é importante. Dinheiro implica fazer escolhas e é essencial que a criança aprenda isso. Sabemos que dinheiro não traz felicidade, mas ele gera bem estar, qualidade de vida, segurança, tranquilidade, etc.

Gostei muito do livro. Apesar de ainda não estar na época de aplicar as dicas que ele sugere, achei válido para começar a colocar – desde já – em prática algumas sugestões na minha vida de mãe. Porque como bem diz o autor “oferecer conhecimentos sem praticá-los (habilidades) não leva a lugar nenhum. Praticar sem ressaltar sua relevância (atitude) empobrece o aprendizado. Da mesma forma, a prática sem conhecimento induz a erros...”
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

11 abr 2012

Um mimo singelo

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Elas cuidam do meu filho diariamente. Eu sei que ele é bem cuidado. Nada mais justo fazer um agrado sempre que for possível. Eu e o marido fizemos essa lembrancinha para as tias do berçário.

20120411-100134.jpg

Fez o maior sucesso, todas gostaram. Prova de que um simples gesto pode fazer diferença.

20120411-100538.jpg

compartilhe!

1

comente!

Página 167 de 179Primeira...165166167168169170...Última