21 jul 2015

Hora de parir: o que fazer com o filho mais velho?

Chegou a hora do parto! O que fazer com o filho mais velho?

filho mais velho

Desde o início da gravidez, decidi envolver o Benjamin em tudo relacionado ao bebê. Então, ele me acompanha em todas as consultas, exames, desde o início quando eu passava muito mal. Sinto-me melhor tendo ele por perto e acredito que ele sente o mesmo. Acho que como filho mais velho, pra ele é importante participar para não se sentir abandonado ou menos querido com a chegada do bebê. Por isso, desde o começo não passou pela minha cabeça ser diferente quando chegasse a hora do bebê nascer.

Em muitas maternidades é possível ter o filho mais velho por perto, porém é preciso considerar alguns fatores: 1. se terá um adulto disponível e de confiança para ficar com a criança na maternidade enquanto os pais estão na sala de parto; 2. a idade da criança; 3. o interesse que a criança tem em assistir o parto.

Em nenhum instante pensei no Benjamin acompanhando o parto de perto, mesmo que seja através do vidro. Acho ele muito novinho para entender a circunstância: hospital, mãe deitada com soro, dor, sangue…isso tudo pode assustá-lo ao invés de parecer uma experiência bonita e positiva. O que planejei é ele estar perto a partir do primeiro dia após o nascimento do bebê. Não quero que ele se sinta abandonado ou qualquer sentimento parecido porque está na casa de alguém. Quero a família toda reunida, pelo menos durante o dia.

Algumas famílias, dependendo do tamanho do quarto da maternidade, acabam ficando todos juntos: mãe, pai e filho. Outras optam por ficar o dia todo na maternidade e ao anoitecer vão embora: pai e criança, voltando na manhã seguinte – o que acredito ser até mais confortável para todos (mãe, pai e filho podem descansar melhor).

Como estamos esperando parto normal, não tem muito o que programar. O que fizemos foi montar uma malinha para o Benjamin também para o caso de ter que sair correndo. Na mala tem algumas peças de roupas e alguns brinquedos. Mas o que acho importante mesmo, é a criança se sentir segura, confiante e amada pelos pais. Quanto mais próxima e envolvida na situação ela estiver, melhor para enfrentar a transição que será a chegada de mais um membro na casa. 😉

 

E o Benjamin foi Promovido a irmão mais velho e desempenha muito bem o papel

compartilhe!

3

comente!

3 respostas para “Hora de parir: o que fazer com o filho mais velho?”

  1. Maria disse:

    Oi! Queria um auxílio! Você coloca que muitas maternidades o filho mais velho pode acompanhar o parto! Você pode me dizer quais? Estou em São Paulo e não consigo achar nenhuma!! 🙁

  2. Fabiana disse:

    Gabys, preocupação genuína e a forma como estão conduzindo é a mais amorosa possível.
    Venha logo bebê 2 <3

    Beijos

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.