22 dez 2017

Livros que li em 2017

por
Gabi Miranda

Destaque, Livros

Ano passado fiz um post sobre meus livros lidos em 2016 e fez o maior sucesso. As pessoas entravam em contato comigo me pedindo indicações. Fiquei feliz em perceber que muitas pessoas ainda tem o gosto pela leitura. Não podia deixar de reunir aqui os livros que li em 2017. A ideia do post surgiu porque eu tinha lançado uma meta para ler pelo menos 10 livros em 2016. Naquele ano, acabei lendo 15 e coloquei como meta para 2017 repetir a dose. Afinal, 15 livros no ano, da uma média de 1 livro por mês. Comecei postando no instagram todos os livros que terminava de ler.

O ano está acabando e me surpreendi ao ver a minha lista dos livros que li em 2017. Ao total foram 27 livros, 12 a mais do que tinha colocado como meta. É pouco, claro, mas não para quem é mãe de dois. Principalmente, quando são duas crianças na idade do Ben (6 anos) e Stella (2). O mais gratificante foi perceber que inspirei muitas mães a lerem também. Muitas que já tinham o gosto pela leitura, mas que se diziam sem tempo para ler. Essa é a desculpa comum entre nós mães. E o que percebi depois que me tornei mãe de dois, é que eu nunca mais teria tempo pra nada se eu deixasse me levar pela vida com a maternidade. O que precisamos é de rotina – outra coisa difícil. E como organizamos a rotina? Listando nossas prioridades.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

22 dez 2016

Meus livros em 2016

por
Gabi Miranda

Destaque, Livros

Uma das minhas metas de 2016 era ler pelo menos 10 livros. Acabei superando a meta e li 15. Pode parecer pouco, mas só quem é mãe entende. Antes da maternidade eu lia dois, três livros ao mesmo tempo. Quando o Benjamin nasceu, o ritmo caiu bastante e um ano depois consegui voltar a ler um pouco mais. Quando a Stella nasceu vi que ter dois filhos era vida louca. Foi quando me coloquei essa meta. Muita gente pergunta: como você consegue ler com dois filhos, trabalhando fora, mantendo o blog?

Eu consigo ler porque desde que voltei a trabalhar da licença maternidade da Stella, passei a andar de condução. Pensei que isso seria um sofrimento pra mim, mas de início comecei a pensar o lado positivo e de cara veio a leitura. Meu momento de leitura é no metrô. Quando esqueço meus livros, confesso é meio chato. Mas quando tenho um livro na bolsa, a viagem se torna agradável. Algumas vezes li antes de dormir – o que eu fazia muito antes da maternidade. Mas agora, eu deito e durmo mesmo, raramente leio. Então a resposta para a pergunta acima é: leio meus livros só andando de metrô!
Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!