19 dez 2012

Então é Natal…

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Não sou religiosa fiel, mas amo Natal e todo clima envolvente do final de ano. Sinceramente, acho que não precisamos viver a data em sua totalidade religiosa, mas que todos podem gostar e compartilhar dessa comemoração independente da sua religião. Li um texto interessante dia desses, onde a executiva Elisabeth Cornwell, fala que família e amigos são os que criam a celebração dessa época. Fez todo sentido pra mim – que de um lado tenho um pai ateu e do outro a minha mãe que acredita num Deus.

Gosto de acreditar em algo. Acredito nesse mesmo Deus da minha mãe. Nesse que está nas pequenas coisas da vida, nos pequenos gestos, na trilha das formiguinhas que estão preparando sua casa para o inverno, na lagarta que vira borboleta, nesse Deus que está no horizonte infinito do mar, na água quentinha que molha o meu corpo depois de um longo dia, no sorrido do meu filho, nesse Deus que promove o milagre da vida. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

18 dez 2012

Neste Natal…DIY (Do it Yourself = faça você mesmo)

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Amo presentear! Mas chega final de ano se você for presentear todos da sua lista (isso significa: familiares, amigos, colegas de trabalho e professoras dos filhos), esquece! Além do 13º, vai embora o salário do mês, das férias e ainda ficam dívidas para o próximo ano. Tô fora! Esse ano as coisas aqui em casa estão sendo bem diferentes.

Já faz algum tempo adotei a febre do faça você mesmo.  É Páscoa, dias das avós, dias das mães, nasceu o filho de amiga, lá vou eu preparar uma lembrancinha. E não está sendo diferente nesse fim de ano.

De certa forma isso freia o consumo nessas datas comemorativas. Um presentinho aqui outro acolá e quando você vê já gastou todo o 13º. Desde que Benjamin nasceu tenho refletido muito sobre o consumo. Eu sempre fui consumista, confesso. Sempre adorei fazer compras. Houve um tempo em que eu comprava um par de sapatos por mês! Absurdo!!! Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

23 nov 2012

Inspiração de Natal

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Luzes, enfeites, cheirinho do pinheiro, ceia, família reunida, música, correria, trânsito, lojas lotadas, consumo exagerado é Natal! Amo. Amo esse clima de Natal! Não curto a correria, o trânsito, nem o stress da geral – vamos combinar que o povo esquece de colocar em prática aquele sermão de “união, paz e amor no coração, é Natal”. Eu amo ver a cidade enfeitada. Chega essa época e fico ansiosa para ver a 23 de Maio (caminho que fazemos para ir à casa da minha mãe) iluminada.

Tudo tinha perdido um pouco o sentido. Acho que ficamos adultos e alguns detalhes passam despercebidos, algumas datas viram apenas datas comerciais. Mas com a chegada do meu Ben tudo voltou a ter o mesmo gostinho mágico da minha infância. Resgatei minha criança interna. E criança tem esse poder de atribuir magia a tudo.

Minha infância é repleta de lembranças doces dessa época de final de ano. Lembro-me que todo ano minha mãe montava árvore (natural) e enfeitava a casa toda. Já tivemos árvore com bolinhas coloridas, depois só vermelha (minha mãe conta que minha avó enfeitava sempre dessa cor) e depois amarela e vermelha. A véspera de Natal sempre era muito esperada por mim e pela minha irmã Luana. Sempre estávamos reunidas nessa data, exceto quando minha mãe trabalhava e aí tínhamos que ficar com meu pai. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

16 jun 2012

Você veio para enfeitar a minha vida

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Filho, hoje estamos completando um ano. Um ano da sua vida. Um ano da minha vida como mãe. Há um ano, num domingo lindo de sol, quando estávamos saindo da maternidade, enquanto fazíamos o caminho pra casa, fiquei pensando no mundo de coisas e lugares que tinha para apresentar a você. Não passou pela minha cabeça que você, tão pequeno, também me apresentaria ao mundo. Desde então você me faz enxergar a vida com outra expectativa, com olhos de quem vê tudo pela primeira vez.

Com você fiquei convicta que a vida é transformação. Sempre tive muito medo do tempo, mas você me faz compreender que ele é também nosso aliado. O tempo resgata nossa história. E mesmo vendo a voracidade com que você cresce, procuro pensar em tudo que vai ficar registrado em minha memória: o cheiro desse tempo, as formas, as músicas, o sabor, o som da sua voz, suas gargalhadas… Além, de não esquecer um minuto sequer que estamos conhecendo um mundo juntos. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

14 maio 2012

O primeiro dia das mães com meu Ben

por
Gabi Miranda

Maternidade

Na sexta-feira passada estava morreeeeeeendo de inveja das mães postando no facebook sobre as festinhas e presentes de dia das mães. Embora já tivesse ganhado (um dia antes) um presente maravilhoso, pensei:

“ah, não vejo a hora de ganhar um presente feito pelo meu Ben ou de participar de uma festinha na escolinha de Dia das Mães…”

Pois bem, na sexta-feira maridão e meu Ben foram me buscar no trabalho e para minha surpresa Benjamin segurava um presente pra mamãe coruja aqui: uma bandeja branca com suas mãozinhas registradas.

dia das mães

No cartão, a seguinte mensagem:

“…então perguntei para o papai do céu: – E se eu tiver medo enquanto estiver na terra?

Ele respondeu: – Não tenha, mandarei um anjo para cuidar de você em todos os momentos.

– Mas como saberei quem é este anjo querido?

– Chame-o simplesmente de MÃE!”

Sério, chorei. Eu sempre dei valor às pequenas coisas. Mas acho que pela primeira vez na vida enxerguei a totalidade da grandeza de um presente singelo como este, o sentido real dos pequenos gestos. Estou aprendendo um bocado de coisas com esse pequeno Benjamin…
Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

31 mar 2012

Organização Festa de Aniversário – Parte 2 (lembrancinhas)

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Já tenho ideia do que vou fazer de lembrancinha para o niver do meu Ben. Foi algo que surgiu faz tempo, mas sabe quando vence o prazo de validade da ideia?! É quando faz tanto tempo que você pensou que você começa achar sem graça.

Então fui pesquisar na internet algumas opções. Incrível como os tipos de lembracinhas se repetem: latinha/garrafinhas com balinha (que agora qualquer site de compras coletivas você encontra mega barato), sachês perfumados, fotos, gira cubo (aquele com fotos, já estou começando achar isso brega pra caramba), caixinha em mdf, etc…

Estava quase desistindo quando encontrei a Maria…. Maria Lembrancinha! É um ateliê onde é produzido mimos charmosos, modernosos, cheio de estilo e pompa. Eu fiquei tão encantada, mas tão encantada…!!! Tem mimos para todo tipo de ocasião: aniversário, batizado, nascimento, agradecimento, para receber bem em casa, tem uns convites pra lá de bossa…

Lá eu encontrei a ideia que eu tinha tido para lembrancinha do niver do meu Ben. De repente a ideia voltou a ser uma coisa original e bacana. E eu mesma vou fazer! Não vou revelar ainda o que é, senão perde toda graça, né?! Até porque eu posso mudar de ideia, pois encontrei lá na Maria Lembrancinha outro mimo que eu achei muuuuuuuito bossa. Mas se eu optar por essa segunda opção, vou comprar lá na Maria porque meus dotes de designer e artes manuais não são lá essas coisas. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

23 mar 2012

Como organizar a festa de aniversário – Parte 1

por
Gabi Miranda

Festas, Organização

Princípios básicos para organizar festa de aniversário:

  •  orçamento x verba que você dispõe para a festa. Monte uma lista com todos os itens que você deseja, os necessários e os supérfluos, tudo! Depois você vai cortando o que achar desnecessário.
  •  lista de convidados (a partir dela vamos definir local da festa, quantidade de convites, lembrancinhas e o menos importante os comes e bebes)

Comece a organizar a festa de 3 a 4 meses antes da festa. Faça uma lista de tudo que precisa resolver:

  •  data da festa;
  •  local da festa (reservar data e horário);
  •  lista de convidados;
  • preparativos: opção 1) vai contratar buffet? ou opção 2) você vai: a) colocar a mão na massa e fazer tudo com o maior amor do mundo para seu filho, b) sabe que vai se estressar, e chorar achando que tudo vai dar errado quando estiver chegando a data, mas vai persistir em preparar cada detalhe com carinho, c) contar com a colaboração do pai, tias e avós, d) todas as alternativas estão corretas? Eu vou de opção 2 e se você também escolheu essa alternativa, siga lendo. Caso tenha escolhido a primeira alternativa, pule três casas;
  • Clique e continue lendo!

compartilhe!

21

comente!