24 jul 2013

Entrevista especial com uma avó adorável

por
Gabi Miranda

Entrevista, Uncategorized

Ela tem nove netos e ressalta no início da conversa: tem uma cadeira de balanço, adora fazer crochê, tricô e bordar, mas não assumiu a imagem da famosa Dona Benta.

Começa o dia fazendo aula de balé clássico (todos os dias!!!), antes de ir para o computador escrever ou responder perguntas de jornalistas. Depois ela vai trabalhar em seu consultório onde atende até às 19:00 e só depois ela vai para cozinha fazer o jantar e se preparar para o programa da noite (que pode ser um concerto, um futebol ou um jantar entre amigos). Com todos esses afazeres, afirma: não é diferente de muitas outras avós que conhece.

Estou falando da psicanalista Lidia Aratangy Rosenberg, autora do Livro dos Avós – Na casa dos avós é sempre domingo?. Conversamos só por e-mail, mas a empatia foi grande. Lidia é daquelas pessoas que você tem vontade de conhecer e ficar horas proseando (e aprendendo!) com ela. Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

12 jul 2013

Minha mãe é uma peça

por
Gabi Miranda

Uncategorized

peça

Dona Hermínia, mãe de três filhos, Marcelina, Juliano e Garib, resolve dar um basta aos insultos dos filhos e vai passar um tempo na casa de uma tia. Mas como toda mãe amorosa, ela não para de se preocupar e pensar nas crias.

Começa aí uma sucessão de lembranças desde quando os filhos eram pequenos até os dias atuais. Os filhos querem se livrar da chatice da mãe, enquanto ela só pensa em protegê-los.

O filme é sim cheio de piadas, chega a ser um pouco forçado, talvez exagerado, mas garante boas risadas. Vale lembrar, que o filme é baseado em uma peça de teatro cuja linguagem é diferente do cinema.

Inspirado na mãe do próprio autor (e ator) Paulo Gustavo (ótimo!) e quem interpreta Dona Hermínia, o filme narra os conflitos dessa família, mas principalmente da mãe, que cria os filhos sozinha e foi trocada pelo marido (Herson Capri) por uma moça mais jovem (a queridíssima Ingrid Guimarães que merecia mais destaque no filme). Clique e continue lendo!

compartilhe!

2

comente!

21 jun 2013

De verde e amarelo, és mãe gentil #protestomaterno

por
Gabi Miranda

Uncategorized

protesto materno

O povo foi para as ruas. Alguns manifestar, outros para quebrar.

Sinceramente, não sou das que acham que é preciso quebrar para reconstruir. Não, não estou com dó do Itaú com seus vidros quebrados. Mas já vejo o Brasil como um país maltratado demais. Vandalismo nessas horas só piora a situação. Torna-se uma festa pobre e para essa prefiro não ser convidada e desejo que meu filho nunca faça parte.

Sou a favor da manifestação pacífica. Onde adultos, crianças, famílias inteiras podem sair às ruas tranquilos para reivindicar seus direitos. Como foi na última segunda-feira, 17/06.

O Brasil virou capa em diversos lugares do mundo.

As exigências são diversas, de PEC 37 a Estatuto do Nascituro.

Todos querem coisas em comum: transporte público de qualidade, trabalho, educação, saúde, segurança, direitos humanos, o uso correto dos nossos impostos, as pracinhas em boas condições (leite e fraldas num preço mais baixo é bem-vindo também)!

Acho bonito ver as pessoas lutando por seus direitos num país onde a corrupção e o juros altos reinam. Onde a desigualdade social é discrepante. Toda essa droga que já vem malhada antes de eu nascerClique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

03 maio 2013

Tempo de brincar (ou de brinquedo?)

por
Gabi Miranda

Comportamento, Desenvolvimento, Filhos

Nesse feriado fomos conhecer a Casa do Brincar. Sem palavras para descrever meus sentimentos ao entrar naquele lugar. Eu me senti em casa de avó, aquele lugar cheio de coisas permissivas, onde tudo a criança pode pois ninguém vai proibí-la. Andar descalço, mexer (com cuidado) na hortinha, janelas e portas abertas, liberdade para correr e explorar todos os cantos.

Bateu até uma certa nostalgia e cheguei a comentar com o marido “a casa da minha avó é perfeita para produzir um espaço desse”. Cheguei a sonhar acordada com essa (im)possibilidade.

A proposta era uma atividade especial: arte coletiva no quintal – crianças brincando à vontade com tinta – e brincadeiras de roda. Benjamin adora música e curtiu à sua maneira, super concentrado na roda de música, porém não interagia. Já havia percebido isso e imaginava que era porque ele era pequeno. Mas agora em casa ele interage muito quando cantamos e propomos brincadeiras, então pensei que já fizesse isso com mais pessoas em volta. Pensei errado. Ele ficou o tempo todo sentado, quieto, prestando atenção, como sempre percebi em todas as vezes que o levei em programas do tipo.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

3

comente!

09 abr 2013

A biblioteca do Benzoca

por
Gabi Miranda

Livros, Livros infantis

Eu amo livros. E de uns tempos pra cá comecei a comprar mais – não que a condição financeira favoreça isso, mas chega uma hora que livros passam a ser um item de primeira necessidade para os amantes da leitura. Gosto do livro físico, nada desse negócio de ler no iPad. Amo cheiro de livros. É quase um vício. Seja velho ou novo.

Um dos meus desejos de mãe é Benjamin gostar de livros tanto quanto eu gosto. E aí me bate uma saudade infinita do meu avô paterno, que amava livros como ninguém. E que curtiria muito esse seu bisneto.

Desde bebê comecei a montar a biblioteca do Benzoca. Deixo alguns livros acessíveis para ele na sala e outros guardados em seu guarda-roupa (até mudarmos para o apartamento e compramos um móvel para colocar todos os seus livros).

blog-fotos6

blog-fotos5

Sempre tentei contar história para ele antes de dormir, mas o menino fica ainda mais aceso. A concentração dele também dura 3,2,1 segundo. Ele demonstra interesse, mas logo sai para fazer outra coisa. Muitas vezes ele também pega um de seus livros, deita de bruços, folheia e aponta para as imagens. Em outros momentos ele traz o livro para nos mostrar algo ou para que contemos a história para ele – que ouve por 3,2,1 segundo. Clique e continue lendo!

compartilhe!

6

comente!

08 abr 2013

Pequeno Príncipe Completa 70 anos

por
Gabi Miranda

Livros

Todo mundo conhece a história do Pequeno Príncipe que vivia no planeta e um belo dia resolveu explorar o mundo. Em cada lugar por onde passava ele se depara com sentimentos: amor, amizades, diferenças, solidão, egoísmo e perda. Criada em 1943 pelo francês Antoine de Saint-Exupéry, a obra completou sábado (06/04), 70 anos e continua tocando corações.

Tenho dois exemplares do referido livro. Um foi presente da minha grande amiga Bruna, outro foi presente do marido – uma edição bem antiga que era dele. Benjamin tem um exemplar em espanhol, o seu primeiro, que compramos em Buenos Aires. Nossa ideia é comprarmos um exemplar a cada viagem diferente que fizermos com Benzoca, montar uma coleção especial para ele, além de ser um método para inspirá-lo a conhecer outras línguas.

Não só em minha opinião, mas de vários profissionais, esse é livro obrigatório para as crianças e, claro, para adultos também – afinal fala também da relação da criança com o adulto. O livro fala de tantas coisas complexas de forma simples e cheio de simbologia, nos faz refletir, mesmo que seja em cima de nossas crises existenciais. Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

23 nov 2012

Inspiração de Natal

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Luzes, enfeites, cheirinho do pinheiro, ceia, família reunida, música, correria, trânsito, lojas lotadas, consumo exagerado é Natal! Amo. Amo esse clima de Natal! Não curto a correria, o trânsito, nem o stress da geral – vamos combinar que o povo esquece de colocar em prática aquele sermão de “união, paz e amor no coração, é Natal”. Eu amo ver a cidade enfeitada. Chega essa época e fico ansiosa para ver a 23 de Maio (caminho que fazemos para ir à casa da minha mãe) iluminada.

Tudo tinha perdido um pouco o sentido. Acho que ficamos adultos e alguns detalhes passam despercebidos, algumas datas viram apenas datas comerciais. Mas com a chegada do meu Ben tudo voltou a ter o mesmo gostinho mágico da minha infância. Resgatei minha criança interna. E criança tem esse poder de atribuir magia a tudo.

Minha infância é repleta de lembranças doces dessa época de final de ano. Lembro-me que todo ano minha mãe montava árvore (natural) e enfeitava a casa toda. Já tivemos árvore com bolinhas coloridas, depois só vermelha (minha mãe conta que minha avó enfeitava sempre dessa cor) e depois amarela e vermelha. A véspera de Natal sempre era muito esperada por mim e pela minha irmã Luana. Sempre estávamos reunidas nessa data, exceto quando minha mãe trabalhava e aí tínhamos que ficar com meu pai. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

16 out 2012

Alguém aqui gosta muito de música

por
Gabi Miranda

Uncategorized

12 de outubro, 2012. Feriado. Dia das crianças.

Um bebê de um ano e quatro meses incompletos (até então), se deleita ao som de Palavra Cantada.
Na verdade esse bebezico curte qualquer show, peça teatral, passeio cultural.
E a mãe sempre a fazer uma prece: que se conseve assim, amém.

Ele gosta muito de música.
Tão pequeno e pegou gosto por violão.
Violão desses de verdade, não queiram enganá-lo.
Mas antes disso, ficou encantado por orquestra.
Ele gosta de música clássica.

Ficou encantado ao entrar no OSESP – Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.
Ficou em êxtase ao ver aquele monte de instrumentos no palco.
Ele sempre repetindo os gestos:
De tocar violão
Reger orquestra.

Os pais, empolgados (e encantados), filmaram esse entusiamo.
Ao final, já com vários registros, descobriram que não podiam ter feito.
Ah, mas todo mundo fez.
Mas eles querem divulgar para família e amigos.
Esperam, sinceramete, não serem processados por isso.

(Ele também ficou encantado pela moça ao lado. Será que tão pequeno já encena para conquistar?! Não, a mãe prefere não cogitar essa hipótese)

compartilhe!

0

comente!

07 out 2012

Leia para uma criança

por
Gabi Miranda

Livros

Começou no dia 03/10 a campanha da Fundação Itaú Social de incentivo à leitura para crianças. Você pode receber gratuitamente três volumes da Coleção Itaú para ler para seus filhos, sobrinhos, alunos ou para as crianças de uma instituição que você ajuda.

Os títulos são:

‘Poesia na varanda”, de Sônia Junqueira, Editora Autêntica.
“Lino”, de André Neves, Editora Callis.
“O ratinho, o morango vermelho maduro e o grande urso esfomeado”, de Don e Audrey Wood, Editora Brinque-Book)

Essa iniciativa faz parte do programa Itaú Criança, que integra ações para melhorar a educação e oferecerá gratuitamente 7 milhões dos livros citados. Para receber seus exemplares basta realizar o cadastro no site do programa.

Eu já solicitei a minha coleção. Faça sua escolha e contribua para um mundo melhor: leia para uma criança! Participe você também.

“Ler para uma criança é um gesto simples e muito importante. Por meio dele, contribuímos para a educação, a cultura e o lazer das crianças e ajudamos a mudar para melhor o futuro do Brasil.”

compartilhe!

1

comente!

03 set 2012

A Galinha Pintadinha, o Musical – sorteio

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Quem aí quer assistir o espetáculo “A Galinha Pintadinha, o Musical” põe o dedo aqui!

Nós já assistimos o musical e como disse aqui, ficamos todos encantados. Benjamin, ficou todo empolgado com os personagens, seus olhos brilhavam concentrados do início ao fim da apresentação. Agora basta ouvir uma música da Galinha Pintadinha para começar a cantar “po pó pó pó pó pó”.

A peça brinca com a mistura dos desenhos animados retirados dos DVDs e a presença ao vivo dos personagens que fazem parte do universo da Galinha Pintadinha: o Galo Carijó, o Pintinho Amarelinho, Baratinha, o Sapo, as Borboletinhas, Dona Chica, entre outros. A apresentação conta com 12 clips, numa encenação lúdica, encantadora, envolvente.

A Geo Eventos, realizadora e produtora do espetáculo, presenteou o Bossa Mãe com um par de ingressos para ser sorteado entre os leitores de São Paulo.

O espetáculo ficará em cartaz até o dia 25/11. O vencedor (a) poderá escolher data e horário que quer ir assistir o musical. Crianças até dois anos não pagam. Ou seja: podem ir mãe, pai e duas, três, quatro crianças não pagantes. Se quiser levar mais pessoas pagantes, terá que adquirir ingressos extras. Clique e continue lendo!

compartilhe!

9

comente!

tags: ,