07 ago 2014

Encantamento

por
Gabi Miranda

Uncategorized

selo_2anos

Estar gestante é o melhor estado do mundo. Você se sente iluminada. As pessoas ao seu redor te enxergam assim. Isso acontece no trabalho, na rua, no metrô, em reuniões com pessoas que você nunca viu. Você se torna o ser mais especial do mundo. É todo mundo dizendo que você está linda, radiante, iluminada. E as pessoas não dizem para te agradar, de fato você se torna tudo isso e um pouco mais. É inexplicável dizer o que sinto. Mas eu tenho me sentido uma super herói, cheia de força e vitalidade. Toda vez me pego pensando: estou carregando um ser humano dentro de mim. Tem outro ser aqui dentro! Uma pessoinha!!! E como a Dani me disse bem no começo: “agora você tem que se cuidar, pois são dois corações batendo aí dentro”. Sim, são dois, um acelerado que parece bater mais rápido que o meu que agora vive apertado, mas batendo de tanta emoção. E isso dá tanta força. Eu já não penso mais em mim e sim nesse outro serzinho que cresce aqui. O jeito de ver a vida muda. Você passa a viver em estado de graça. E se dá conta de quanta coisa tem para apresentar a quem vai chegar, que pra você pode até ser tudo velho, mas que se tornará tudo novo, encanto, beleza, vida, luz, felicidade, sempre. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

03 jul 2014

Sobre parto

por
Gabi Miranda

Gravidez, Maternidade

parto

Embora eu faça parte do grupo de pessoas mais medrosas do mundo, gostaria muito de ter um parto natural. Por vários motivos. Por ser medrosa demais, eu prefiro sentir dor do que ser cortada de 10 a 15 centímetros sete camadas de tecido da minha barriga. E não me venha com o papo de que hoje a cesárea é a melhor coisa do mundo, não sente dor nenhuma, após o parto é tudo tranquilo, etc. Odeio quando alguém vem com esses papos pra cima de mim. Geralmente, são pessoas que fizeram cesarianas. Ou pessoas que não tem ideia nenhuma do que estão falando (essas me deixam mais puta da vida ainda).

Antes de continuar, vale fazer aqui uma ressalva: sou a favor da cesárea quando se é necessária. Mas atualmente virou convencional. A gestante negocia junto com seu médico a data e hora do parto do seu filho. Os bebês nascem em horários comerciais. E a maioria das mulheres marcam cesárea por comodidade e não necessidade. Elas não querem sentir dor nenhuma. O sexo denominado frágil, mas conhecido por aguentar mais que o homem simplesmente não quer sentir a dor do parto. Contraditório isso.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

27 fev 2014

Benjamin

por
Gabi Miranda

Uncategorized

selo_2anos

Data: Quarta-feira, 06 de abril de 2011, 0h51
De: Alvaro
Para: Gabi

“Gabi,

dá vontade de chorar, às vezes, quando penso que vou ter um neto…. Não caiu a ficha ainda, nem sei dizer, não sei palavras, razão, não sei dizer nada… absolutamente nada! As pessoas falam que é bom ter neto et cetera, mas não sei não, não sei o que elas querem dizer… não sei nada, só sei que é uma coisa boa, parece meio como se eu estivesse “grávido”, grávido do futuro, embora esse futuro não me pertença, embora eu seja o passado… e assim vou na madrugada de ficar no instante de um samba, da contemplação da lua mais perto, do horizonte de apertarmos olhos, de ficar assim miúdo como estou aqui agora, tão ínfimo, tentando palavras e o mais que possível de estender a vida…

Seu pai”

Eu entendo o que você quer dizer, mas também não sei explicar e sinto vontade de chorar. E tenho feito isso. Simplesmente choro…de um sentimento puro, de felicidade. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

05 fev 2014

O dia em que você nasceu

selo_2anos

Acordei. Ainda deitada recebi uma ligação da tia Rosana. Era um dia ensolarado. E acho que foi o primeiro que não havia pensado “será que você nasce hoje?”. No dia anterior estivemos na consulta com o obstetra que mais uma vez confirmou que você ainda estava alto na barriga da mamãe. Eu tinha apenas um centímetro e meio de dilatação. E você, o prazo de mais uma semana para permanecer dentro de mim. Eu queria tanto ter você de parto normal. O Dr. Vicente tentou descolar a bolsa pra ver se, de repente, eu entrava em trabalho de parto nos próximos dias. Mesmo assim tivemos que marcar a cesariana, que ficou para o dia 21 de junho. Era pra ser dia 20, mas não tinha vaga na Maternidade Santa Joana, nem no Pró Matre. É muito estranho ter que escolher uma data para o nascimento do filho. É como se aquela escolha fosse determinar uma vida inteira, o que de certa forma é uma verdade. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

04 fev 2014

2 anos de Bossa Mãe

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Em janeiro, o blog completou dois aninhos! Bossa Mãe nasceu seis meses depois do Benjamin, mas ainda na gestação eu escrevia sobre aquela nova fase.

Dia desses, encontrei alguns textos inéditos para os leitores e pensei “porque não registrar no blog?!”. Além de compartilhar com pessoas queridas, fica o registro para o Benjamin – caso um dia  ele venha a se interessar.

Fiz uma seleção e a partir de hoje postarei no blog. Não será publicado numa sequência, mas será fácil de identificar: os posts levarão a data de quando foi escrito e será acompanhado deste selo comemorativo:

selo_2anos

Foi uma viagem no tempo reler esses textos e lembrar de momentos que foram ficando para trás, atropelados por novos tempos, novas experiências, novas emoções e conquistas.

compartilhe!

0

comente!

23 jul 2012

Porque segunda-feira pode ser doce

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Logo pela manhã, recebi um e-mail da Dani minha amiga mãe-já-de-dois, que adoçou minha segunda-feira. Fotos do dia do nascimento do meu Benzinho – o dia mais feliz da minha vida. E a Dani estava lá. Fotos da câmera dela que eu não tinha visto até então. E vi hoje um ano e 37 dias depois…Fui envolvida por um sentimento tão gostoso….

20120723-162936.jpg

20120723-162947.jpg

20120723-162955.jpg

compartilhe!

0

comente!