05 jul 2013

Sonhos – by Roberto Piffer

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Todo dia de manhã, Benjamin dorme no trajeto que fazemos de carro, de casa para a escolinha. É irresistível o balanço do carro no caótico trânsito de São Paulo e ele não precisa de mais de 10 ou 20 minutos para pegar no sono… Mas normalmente ele ainda acorda durante esse trajeto, por uma ou duas vezes. Talvez pelo carro que para ou devido a uma posição desconfortável, ele acorda, dá uma choradinha ou resmungada e logo em seguida dorme de novo.

Mas eis que numa manhã dessas, durante uma dessas paradas do trânsito, escuto um suspiro de leve e, quando olho para trás, vejo o pequeno Ben sorridente, ainda com os olhinhos fechados. Ah, com certeza ele estava sonhando… e que sonho bom, pra sorrir daquele jeito!

Logo passei a imaginar o que seria um sonho bom para o Benzinho. Minha primeira visão foi de um lugar amplo, cheio de almofadas coloridas e crianças correndo, brinquedos espalhados e à vontade, enfim, só alegria, no melhor estilo dos cenários do Willy Wonka, da Fábrica de Chocolate. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!

27 mar 2013

Benjamin no país das maravilhas (por Roberto Piffer)

por
Gabi Miranda

Família, Maternidade

Confesso que esse negócio de escrever em blog não é fácil. A arte de escrever e manter este canal diariamente atualizado é admirável. Aliás, pegando carona nessa deixa, aproveito para escrever algumas palavras à Gabi, que se dedica de corpo e alma ao blog e, incondicionalmente, à difícil mas prazerosa incumbência de ser mãe. Já li algumas vezes aqui no blog que sou um bom pai, ótimo marido, que ajudo e tudo mais… E nada mais justo do que exaltar aqui que ela se tornou a melhor mãe do mundo que o Ben poderia ter. Além de que, encarnou perfeitamente este papel principal na nossa família, nossa protagonista também conhecida como mamãe.

país das maravilhas

Mas voltando à dificuldade de escrever no blog. Confesso que logo no meu terceiro dia dessa experiência, já estou ficando sem assunto. Durante o dia de ontem, pensei, pensei e pensei… Mas nada de encontrar um bom motivo para descrever por aqui. Aí, quando eu já estava quase desistindo, lembrei de um sonho que tive na noite passada. Um sonho que, assim como a maioria dos sonhos, foi esquisito, mas que tinha o Ben como personagem principal.
Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!