27 ago 2013

Por um mundo melhor #sem trabalho infantil

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Ontem foi realizado o IV Encontro Internacional sobre trabalho Infantil e o Bossa Mãe esteve lá para conferir um dos maiores problemas que afetam o Brasil: o trabalho infantil.

Aberto pela Françoise Trapend, presidente da Fundação Telefônica Vivo, o evento tem como principal objetivo alertar contra o trabalho infantil – “o assunto mais invisível do país”, disse Françoise.

Fiquei super feliz com o convite e principalmente em ter participado. Esse é um tema importante  e que está diretamente ligado com meu desejo de um mundo melhor. Falando de crianças carentes, por exemplo, dói meu coração vê-los serem explorados por adultos, sendo obrigados a trabalharem vendendo balas ou panos de prato nos faróis, em portas de restaurantes.

Comecei a trabalhar muito tarde e talvez porque naquela época nem tinha a opção de Aprendiz, como encontramos em algumas empresas atualmente – adolescente pode trabalhar nessa condição.

O que caracteriza o trabalho infantil? Para a OIT (Organização Internacional do Trabalho), é qualquer atividade econômica  exercida por crianças com menos de 12 anos, bem como funções exercidas por jovens abaixo de 18 anos, enquadradas em tarefas que em geral afetam a saúde mental e física do adolescente. Clique e continue lendo!

compartilhe!

1

comente!