22 fev 2012

Queira ou não queira terminou o carnaval

por
Gabi Miranda

Uncategorized

Meu carnaval não foi como eu imaginava. Meu Ben teve febre alta sábado e domingo – quando decidimos levá-lo ao pronto socorro. Fiquei angustiada porque ele nunca havia tido febre de 39.8 e porque meu Ben não chora, não reclama, não dá sinal de dor! Meu coração de mãe (sim, agora sei que tenho um) gritava que ele tinha alguma coisa. Eu cheguei a falar que podia ser o ouvido. Além de comentar sobre o catarro que ele está há dias e que não passa de jeito nenhum – o que pode causar uma pneumonia. Fomos ao hospital e ele foi diagnosticado com otite e pneumonia.  A médica até perguntou se ele era muito bonzinho. Eu disse sim, até demais. Bebês com a inflamação que ele estava, urram de dor.

Estão dizendo por aí que hoje começa o ano novo. Então esse foi um período de muita reflexão. Parecido mesmo com um fim de ano, quando a gente pensa e faz planos para novo ano que se aproxima. Esses 4 dias de carnaval me fizeram refletir bastante sobre a vida. Inclusive, tomar uma decisão que pode acarretar algumas consequências positivas ou não. Espero mesmo, de coração, que sejam positivas. Clique e continue lendo!

compartilhe!

4

comente!

15 fev 2012

De malas prontas

por
Gabi Miranda

Maternidade, Viagem

Vamos para a cidade maravilhosa no carnaval. Estou ansiosa por essa viagem como criança que espera a noite de Natal ou o aniversário para ver se vai ganhar aquele presente mega esperado. Rio de Janeiro deveria ser minha cidade natal. Simplesmente amo aquele lugar! Meu pai mora lá, então surge um feriado prolongado, vamos pro Rio! E carnaval…sempre foi no Rio! Antes com as amigas, depois com o marido e agora com meu Ben(zinho)! Minha ansiedade se deve porque é: o primeiro carnaval com o Ben, primeiro verão, primeiro transitão, primeira confusão, primeiro feriadão com boa parte da família reunida, todos em clima de festão, alegria, praia, música! Estou ansiosa por levar o Ben para passar alguns dias com o avô, tias, tio, primos e tia avó. Eu valorizo demais o relacionamento familiar. Acho família essencial para o nosso desenvolvimento emocional, nosso caráter, nossa memória afetiva. Fora que o Ben está todo gostoso, interagindo com todo mundo, mais risonho do que nunca e me agrada o fato de poder compartilhar esse momento com os familiares. Clique e continue lendo!

compartilhe!

0

comente!

Página 5 de 512345