11 jan 2017

Vacinas que precisam estar em dia para viajar tranquilo

por
Gabi Miranda

Destaque, Filhos, Saúde

vacinas que precisam estar em dia

Ahhh… chegaram as férias! Época de viajar com a família. Fazemos lista do que levar nas malas, roteiro de viagem e um monte de coisas. Mas será que lembramos de tudo? Para viajar tranquilo mesmo, não podemos esquecer um item fundamental: as vacinas que precisam estar em dia. Todas as pessoas, crianças ou adultos, se vão viajar ou não, devem estar com as vacinas atualizadas. É claro que precisamos dar uma atenção maior para as crianças e cuidar da saúde delas.

Recentemente, recebi o Guia do Viajante, por Dra. Ana Escobar, onde tem várias dicas para viajar tranquilo. Uma dessas dicas é exatamente sobre vacinas. Dra. Ana explica cada uma das doenças e sobre as vacinas. Abaixo, compartilho as informações.

Leia também: Como manter segura a carteira de vacinação do seu filho

Se você vai viajar pelo Brasil, fique atento em estar em dia com as seguintes vacinas:

Tétano

A vacina antitetânica é dada rotineiramente para os bebês a partir de 2 meses de idade. São 5 doses, sendo a última aos 5 anos. A partir daí todos devem receber doses de reforço pelo menos a cada 10 anos.

Se houver um ferimento suspeito, o que pode acontecer em muitas viagens como, por exemplo, machucar-se com um objeto enferrujado, ferir-se em situações de sujeira ou até levar uma mordida ou uma arranhada de um cão ou gato desconhecido, vale fazer um reforço depois de 5 anos da última dose.

Tuberculose

É uma doença que existe em todo Brasil. Passa por contato direto com pessoas que tossem perto de nós e estão contaminadas. A vacina que protege é a BCG, dada ainda na maternidade para todos os bebês.

Uma boa dica para ver se você está protegido é olhar seu braço direito, perto do ombro. Observe se você tem a cicatriz da vacina, que é a marquinha que chamamos de “pega” vacinal. Se houver, tudo certo. Você, provavelmente, está protegido. Se, no entanto, não conseguiu identificar a sua pega vacinal, vale fazer um teste para saber se você está ou não protegido. O teste chama-se PPD e pode ser realizado em clínicas privadas ou em Unidades Básicas de Saúde. Se o seu PPD for positivo, fique tranquilo, pois significa que você não tem a pega mas está protegido. Se o PPD for negativo, considere com seu médico a possibilidade de se vacinar.

Hepatite A

A Hepatite A pode ser transmitida por alimentos ou água contaminas com o vírus. No Brasil, este vírus existe em todo o território nacional e a contaminação pode ser possível em uma viagem, especialmente porque come-se e bebe-se em locais que podem não ter tanta higiene. Praias, rios ou lagoas com condições impróprias para banho também podem ser uma fonte de contágio.

Existe a vacina contra Hepatite A, mas não está disponível na rede pública. Pode ser administradas para crianças a partir de 1 ano de idade. Adolescentes e adultos também podem tomar.

Hepatite B

A primeira dose da vacina contra hepatite B é atualmente dada na maternidade. As outras duas doses necessárias, são dadas no 2º e 6º meses de vida.

Essa doença pode ser transmitida por relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada ou por objetos contaminados como seringas, agulhas, lâminas de babear, alicates, etc. Acomete o fígado e pode se tornar crônica, deixando sequelas graves, podendo relacionar-se a cirrose ou câncer hepático.

Febre amarela

A febre amarela é uma doença causada por um vírus que acomete o fígado, causando a icterícia, que dá aquela cor amarelada na pele. Daí o nome febre amarela. Pode causar também alteração na coagulação do sangue e sangramentos ou hemorragias nas gengivas, nariz, estômago, intestino e urina, que podem ser fatais. Este vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti.

A vacina contra a febre amarela pode ser administrada nas crianças a partir de 9 meses de idade. Tem validade de 10 anos. É importante que todas as pessoas que viajarem para as áreas de risco estejam com suas vacinas em dia. E é preciso ser administrada pelo menos 10 dias antes da viagem para as áreas de risco. Está contra indicada em gestantes, pessoas com imunidade baixa e quem tem alergia ao ovo.

compartilhe!

1

comente!

Uma resposta para “Vacinas que precisam estar em dia para viajar tranquilo”

  1. […] Leia também: vacinas que precisam estar em dia para viajar tranquilo […]

  2. Karina Alves disse:

    É excelente passar essas informações a nós mãezinhas. cuidados com os filhos em primeiro lugar, não é mesmo?

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.