14 maio 2013

Você já levou seu filho ao Odontopediatra?

por
Gabi Miranda

Uncategorized

É essencial fazer acompanhamento com um odontopediatra desde cedo para cuidar da saúde bucal dos pequenos. Eu nunca levei Benjamin e descobri que os bebês, assim que nascem seus dentes, devem fazer acompanhamento a cada três meses.

Para evitar cáries usamos pasta dental com flúor, mas as crianças não podem usar creme dental com esse componente. E sabe por que? Porque quanto mais engolem flúor, mais risco correm de ter fluorose – um distúrbio que ocorre na formação dos dentes permanentes causado pela ingestão excessiva de flúor na infância. A fluorose faz com que os dentes permanentes nasçam com manchas brancas e opacas, é um problema de formação e não nasce apenas um dente assim, são vários.

Como nossos pequenos não sabem cuspir, eles ingerem o creme dental e o período de maior risco para o desenvolvimento de fluorose é justamente na primeira infância. Por isso a importância de usar um creme dental sem flúor até os 4 anos de idade.

Estudos indicam que o uso de creme dental com alto teor de flúor antes dos dois anos de idade é responsável por 72% dos casos de fluorose.

Mas como evitar a cárie sem o uso de um creme dental com flúor? No caso das crianças é muito importante usarmos um creme dental sem flúor, mas que proteja das cáries e uma das substâncias que tem ação anticariogênica é o xilitol. Esse componente combate a bactéria Streptococus mutans – principal bactéria causadora de cáries. E é isso que vai proteger os dentes dos nossos pequenos das cáries. E com o creme dental sem flúor, os pequenos também ficarão protegidos do risco de fluorose.

Tudo isso aprendi num evento do Laboratório Daudt com a odontopediatra Dra. Thelma Parada, que faz um trabalho super bacana. Ela desenvolve um projeto voluntário de orientação e prevenção à cárie em escolas da Zona Leste de São Paulo. Você pode conhecê-la através do site Dentista de Criança.

942853_534924293238589_655454486_n

A Dra. nos apresentou várias imagens de bocas de crianças bem pequenas, com manchas e cáries. Foram imagens bem impactantes, eu fiquei bem assustada. Uma coisa surreal que nunca imaginei ser possível. E gente, numa boa, culpa dos pais. Porque criança pequena não tem discernimento do que é certo ou errado, não tem coordenação motora para escovar os dentes sozinhas (e a Dra. confirma que os dentes das crianças devem ser escovados por um adulto até os 10 anos de idade), enfim, quem tem que cuidar?! O responsável pela criança.

É importante escovar os dentes 3 vezes por dia e sabemos que na escolinha essa prevenção não deve ser das melhores por motivos óbvios. Portanto, as duas escovações em casa devem ser feitas pelos pais e tem que ser aquela limpeza. Crianças devem usar fio dental, eu sei, que já é impossível escovar os dentes de uma criança de um ano e pouco, imagina passar fio dental. Mais um motivo para ir ao odontopediatra para ele ensinar essa proeza.

Para os bebês que, como o meu, tomam leite antes de dormir, não precisar acordá-los. Basta caprichar na higienização na manhã seguinte.

Eu como pessoa super encanada que sou, já estou procurando um odontopediatra para meu filho. Ele está prestes a completar dois aninhos e tem a arca dentária completa desde os 11 meses. Só de pensar na possibilidade dele ter cárie me dá um calafrio, eu que sempre morri (e ainda morro) de medo de dentista. Vamos combinar, né?! Acho que o pior tratamento que existe é aquele que nos obriga a sentar na cadeira de um dentista. Temos que cuidar e prevenir que isso aconteça com nossos pequenos. #ficadica

5 passos para prevenir cárie e fluorose

1. Escova de dente ao alcance da criança com supervisão;
2. Visitas precoces e regulares ao odontopediatra;
3. Higiene realizada pelo adulto responsável;
4. Autonomia para realizar escovação após os 10 anos;
5. Escolha correta do gel dental infantil.

Dica de creme dental. Eu não conhecia profundamente, mas conheci no evento, a linha Malvatrikids:

Malvatrikids Baby 70g (até 4 anos): Malvatrikids® baby gel dental infantil foi desenvolvido especialmente para proteger os dentinhos de bebês e crianças até 4 anos de idade, quando é maior o risco de fluorose pois crianças pequenas tendem a engolir o creme dental durante a escovação. Malvatrikids Baby contém Xilitol, substância anticárie segura e aprovada pelas principais agências de saúde no mundo. Xilitol ajuda a reduzir a formação da placa bacteriana responsável pelas cáries dentais.

Malvatrikids Infantil F 70g (de 4 a 7 anos): Malvatrikids® Infantil F gel dental infantil foi desenvolvido especialmente para proteger os dentes das crianças entre 4 e 7 anos de idade e contém a quantidade ideal de flúor e Xilitol.

Malvatrikids Júnior 70g (acima de 7 anos) – Lançamento!: Malvatrikids® JÚNIOR é um gel dental infantil desenvolvido especialmente para prevenir as cáries e manter uma higiene bucal adequada a partir de 7 anos de idade. Contém flúor e xilitol.

Malvatrikids Júnior Enxaguatório Bucal (acima de 6 anos): Malvatrikids® JÚNIOR enxaguatório infantil foi desenvolvido especialmente para complementar a higiene bucal de crianças acima dos 6 anos. Contém Flúor e Xilitol.

No evento ganhamos esse kit e Benjamin já está usando seu novo creme dental: Malvatrikids.
216387_534923983238620_1601783272_n
Foi mais um evento onde adquiri conhecimentos valiosos e posso compartilhar com outras mães.

E mais uma oportunidade de reencontrar essa turma maravilhosa de mamães blogueiras.

946898_534924313238587_1052164583_n

compartilhe!

5

comente!

tags: , ,

5 respostas para “Você já levou seu filho ao Odontopediatra?”

  1. Nair Cabral disse:

    Sim,levei o meu filho ao odontopediatra mas infelizmente não tive sorte porque logo de início fui a um profissional sem muitas experiências em lidar com crianças que choram durante a consulta.Dali ela qualificou o meu filho como uma criança difícil de lidar e assim realizar qualquer tipo de procedimento, no caso o canal.
    Ele estava com fissuras na gengiva, já havia tomado antibióticos e mesmo assim ela não queria fazer o canal e sim dar mais antibióticos. Será que uma criança de 2 anos e meio pode tomar tanto antibiótico assim?
    Com muita insistência nas perguntas ela disse que só seria possível realizar o canal com sedação!
    Levei em outro profissional e ai sim posso chamar de Dra! Porque esta conseguiu realizar o canal do meu filho sem grandes problemas, e foi um procedimento rápido! Sem anestesia, sem sedação!
    A Dra me disse que chorar toda criança chora! Dor não sentiu, é mais o susto da primeira consulta ter que mexer onde teve o trauma. Qual criança que não chora assim que machuca e chora também depois de um tempo quando temos que fazer algum curativo ou mesmo apenas olhar se está tudo bem, se cicatrizou o machucado…A criança lembra que se machucou!
    Foi horrível esta experiência, pois corri o risco de ter acreditado da necessidade de sedação. Conversei com o neurologista e ele não indica sedação nessa idade.
    Não confie na primeira opinião do profissional, aposte sempre na segunda opinião e às vezes até na terceira.
    Veja a formação e o tempo de experiência na área. A primeira odontopediatra atua a apenas 12 anos e imagino que quer ser prática, que consiga ainda apenas tratar de crianças que a obedeça , que abre a boca e a deixe fazer cirurgias, obturações etc… sem escândalos!
    Já vi até criança de 6 anos morder o dentista, que chora, que não abre a boca! O meu abria porém chorava e como é que pode classificar o meu filho como difícil?
    Vale lembrar que o meu marido e eu colaboramos, participamos de todas as consultas, o meu filho ficou em meu colo.

  2. Andréa Freitas disse:

    Está certo mesmo “escovar os dentes 3 vezes na semana?”

  3. Adorei o post eu tava procurando mesmo uma marca de creme dental sem fluor para comprar!Meu filho tem a mesma idade do seu e ainda não levei no odontopediatra, vou começar a procurar agora!
    Beijos!

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.